WhatsUP - UP Consórcios
07/2022

Dicas para cuidar melhor das finanças e investimentos

Dicas para cuidar melhor das finanças e investimentos

Ótimo momento para pensar em sua vida financeira. Neste artigo, listamos algumas dicas para você cuidar melhor das finanças e investimentos. Boa leitura! 

Ótimo momento para pensar em sua vida financeira. Neste artigo, listamos algumas dicas para você cuidar melhor das finanças e investimentos. Boa leitura! 

Em qualquer país do mundo, para qualquer especialista que se preze, um bom investimento sempre vem acompanhado de uma boa gestão das finanças pessoais. Isso não significa que, enquanto consumidor, você deva abrir mão de tudo o que você gosta. Mas sim organizar melhor sua vida financeira. 

Você sabe como o jogo do orçamento é jogado. É a renda menos as despesas na busca por mais dinheiro no final do mês. No entanto, apesar de suas muitas tentativas de seguir um orçamento, às vezes você sente vontade de jogar a toalha. Você promete que desta vez você se encarregará de suas finanças.

5 Dicas para cuidar das finanças e investimentos

Na teoria, cuidar das finanças e investimentos parece ser simples, certo?

O desafio não é criar um orçamento. O desafio é gerenciar o orçamento depois de fazê-lo. Então, se você esqueceu há muito tempo as promessas orçamentárias que fez a si mesmo, por que não pegar a bola e tentar novamente? O ponto é ficar com ele. Veja como:

Dicas para cuidar melhor das finanças e investimentos

1. Use um aplicativo móvel para finanças e investimentos

Quem tem tempo para rastrear cada centavo? Existem vários aplicativos gratuitos para seu celular que rastreiam quanto você está gastando. Alguns permitem que você defina limites de gastos pessoais por categoria. Além disso, pode até rastrear automaticamente suas contas bancárias e de cartão de crédito e colocar seus gastos nos ‘’lugares’’ apropriados, alertando você antes de sair dos limites.

Revise seus gastos regularmente

Não pare por aí. Seu aplicativo de orçamento não é uma desculpa para desengajar. Revise seus gastos a cada dois dias, com mais frequência, se necessário. Tenha em mente o seguinte:

  • Você está gastando seu dinheiro com prudência?
  • Encontrou o melhor preço?
  • Os serviços e lojas que você usa são congruentes com seus recursos financeiros?
  • Suas despesas estão indo para as categorias apropriadas?

Você deve se sentir bem com suas decisões de gastos. Se você encontrar áreas que precisam de trabalho, tome nota e faça ajustes. Você ainda está no jogo.

2. Defina suas metas financeiras

Conheça o 'Porquê'. Embora o orçamento seja o lugar onde você começa a cuidar das finanças, é importante que você saiba por que está orçando. Talvez você esteja economizando para sua primeira casa. Talvez seja para se libertar da dívida do cartão de crédito. Ou talvez você só queira respirar um pouco mais fácil no final do mês.

Com metas, fica mais fácil manter um orçamento. Escreva-os. Torne-os específicos. Por exemplo, se você deseja pagar uma dívida, precisa de um plano para quando isso ocorrer. Seu objetivo também deve indicar o tempo em que você resolverá a dívida.

3. Pague-se primeiro

Se a menor despesa inesperada o fizer pegar seu cartão de crédito, você precisa de um plano de jogo melhor. Quaisquer que sejam seus objetivos, a economia deve ser uma prioridade. Antes de comprar um chiclete, pense nas parcelas do consórcio.

É popular hoje em dia lançar críticas à marca de aconselhamento financeiro “desista do seu café com leite”. Perder o Starbucks, um maço de cigarros ou um Big Mac não o tornará rico. No entanto, uma série de pequenos sacrifícios pode ajudá-lo a construir uma almofada de poupança que simplifica sua vida financeira. Seja criativo também. Você poderia negociar um melhor plano de celular ou pacote de cabo?

Os especialistas recomendam que você reserve pelo menos R$1000 em um fundo de emergência. Isso é cerca de R$ 20 por semana durante um ano. Se você não pode gerenciar R$ 20, então vá para R$ 10. Use os dados de gastos do seu aplicativo financeiro para encontrar as áreas em que você pode reduzir seu orçamento.

4. Seja um consumidor financeiro inteligente

Você trabalha duro e merece coisas boas. Sem dúvida. Mas quando você paga suas contas mensais e se pergunta por que diabos gastou dinheiro com isso, pode ser útil reformular seu pensamento sobre gastos.

Se você tem dificuldade em dizer não às indulgências, pense em tudo o que consome em termos de meio ambiente. Antes de comprar, pergunte-se se você realmente precisa. Se sim, você poderia encontrá-lo usado? Você pode pegar emprestado?

E, da próxima vez que você estiver podando suas posses, pergunte a si mesmo se seus descartes podem ser reutilizados, vendidos, reciclados, reparados ou doados. É certo que você pode não ficar rico dessa maneira, mas isso aumentará acentuadamente sua consciência, tornando-o mais grato pelo que você tem. Você pode se encontrar automaticamente tomando melhores decisões em relação ao dinheiro e como aproveitá-lo ao máximo.

5. Reconheça as necessidades versus desejos - e gaste com consciência

É do seu interesse estar atento à diferença entre “necessidades” e “desejos”. Necessidades são coisas que você precisa ter para sobreviver: comida, abrigo, saúde, transporte, uma quantidade razoável de roupas. Também é importante reservar dinheiro todo mês para economizar, embora isso dependa muito mais de suas outras necessidades serem atendidas primeiro.

Por outro lado, desejos são coisas que você gostaria de ter, mas não precisa para sobreviver. Esses custos podem estar enraizados em nossas vidas diárias, de modo que podem parecer necessidades. Seja uma assinatura de streaming que não é necessária para a sobrevivência ou pular uma guloseima matinal que agora faz parte de sua rotina diária, desejos são itens que não são essenciais.

Esta linha entre "quer" e "necessita" é borrada para o essencial quando não há um nível definido de ambos. Um carro é um bom exemplo. Dependendo do transporte público da sua cidade, você pode argumentar que um carro é um "desejo". No entanto, para muitos de nós que consideram uma "necessidade", que tipo de carro é apropriado? Qual é o equilíbrio adequado entre um pagamento de carro mais alto e um veículo melhor?

Suas necessidades devem ter prioridade máxima em seu orçamento pessoal. Somente depois que suas necessidades forem atendidas, você deve alocar qualquer renda discricionária para os desejos. Novamente, se você tiver dinheiro sobrando a cada semana ou a cada mês depois de pagar pelas coisas que você realmente precisa, você não precisa gastar tudo.

Economizar dinheiro para o futuro é uma necessidade, desde que suas necessidades físicas atuais (comida, abrigo, transporte) sejam atendidas. 

Agora que chegamos ao fim deste artigo, que tal investir com segurança e tranquilidade? 

O consórcio é um aliado de quem quer programar investimentos, afinal, você paga parcelas que cabem no seu bolso para alcançar bens de alto valor. 

No UP Consórcios, você encontra as melhores oportunidades do mercado. Então não perca mais tempo: faça uma simulação

Outras matérias relacionadas

04/2022

Consorcio facil para quem está cansado de tanta burocracia

Temos notado mudanças no comportamento financeiro de todos nos últimos anos. Até os jovens estão prestando mais atenção aos gastos e investimentos. Leia mais!

03/2022

O que você precisa saber sobre consórcio para intercâmbio

De uma vez por todas: consórcio é mesmo um investimento muito versátil. Acesse e saiba o que você precisa saber sobre consórcio para intercâmbio!

03/2022

Transferência de consórcio: Entenda como funciona

Pode ocorrer que em algum momento, alguém queira ou precise transferir o consórcio para outra pessoa. Saiba como funciona a Transferência de Consórcio!

Dicas para cuidar melhor das finanças e investimentos

Dicas para cuidar melhor das finanças e investimentos

Ótimo momento para pensar em sua vida financeira. Neste artigo, listamos algumas dicas para você cuidar melhor das finanças e investimentos. Boa leitura! 

Em qualquer país do mundo, para qualquer especialista que se preze, um bom investimento sempre vem acompanhado de uma boa gestão das finanças pessoais. Isso não significa que, enquanto consumidor, você deva abrir mão de tudo o que você gosta. Mas sim organizar melhor sua vida financeira. 

Você sabe como o jogo do orçamento é jogado. É a renda menos as despesas na busca por mais dinheiro no final do mês. No entanto, apesar de suas muitas tentativas de seguir um orçamento, às vezes você sente vontade de jogar a toalha. Você promete que desta vez você se encarregará de suas finanças.

5 Dicas para cuidar das finanças e investimentos

Na teoria, cuidar das finanças e investimentos parece ser simples, certo?

O desafio não é criar um orçamento. O desafio é gerenciar o orçamento depois de fazê-lo. Então, se você esqueceu há muito tempo as promessas orçamentárias que fez a si mesmo, por que não pegar a bola e tentar novamente? O ponto é ficar com ele. Veja como:

Dicas para cuidar melhor das finanças e investimentos

1. Use um aplicativo móvel para finanças e investimentos

Quem tem tempo para rastrear cada centavo? Existem vários aplicativos gratuitos para seu celular que rastreiam quanto você está gastando. Alguns permitem que você defina limites de gastos pessoais por categoria. Além disso, pode até rastrear automaticamente suas contas bancárias e de cartão de crédito e colocar seus gastos nos ‘’lugares’’ apropriados, alertando você antes de sair dos limites.

Revise seus gastos regularmente

Não pare por aí. Seu aplicativo de orçamento não é uma desculpa para desengajar. Revise seus gastos a cada dois dias, com mais frequência, se necessário. Tenha em mente o seguinte:

  • Você está gastando seu dinheiro com prudência?
  • Encontrou o melhor preço?
  • Os serviços e lojas que você usa são congruentes com seus recursos financeiros?
  • Suas despesas estão indo para as categorias apropriadas?

Você deve se sentir bem com suas decisões de gastos. Se você encontrar áreas que precisam de trabalho, tome nota e faça ajustes. Você ainda está no jogo.

2. Defina suas metas financeiras

Conheça o 'Porquê'. Embora o orçamento seja o lugar onde você começa a cuidar das finanças, é importante que você saiba por que está orçando. Talvez você esteja economizando para sua primeira casa. Talvez seja para se libertar da dívida do cartão de crédito. Ou talvez você só queira respirar um pouco mais fácil no final do mês.

Com metas, fica mais fácil manter um orçamento. Escreva-os. Torne-os específicos. Por exemplo, se você deseja pagar uma dívida, precisa de um plano para quando isso ocorrer. Seu objetivo também deve indicar o tempo em que você resolverá a dívida.

3. Pague-se primeiro

Se a menor despesa inesperada o fizer pegar seu cartão de crédito, você precisa de um plano de jogo melhor. Quaisquer que sejam seus objetivos, a economia deve ser uma prioridade. Antes de comprar um chiclete, pense nas parcelas do consórcio.

É popular hoje em dia lançar críticas à marca de aconselhamento financeiro “desista do seu café com leite”. Perder o Starbucks, um maço de cigarros ou um Big Mac não o tornará rico. No entanto, uma série de pequenos sacrifícios pode ajudá-lo a construir uma almofada de poupança que simplifica sua vida financeira. Seja criativo também. Você poderia negociar um melhor plano de celular ou pacote de cabo?

Os especialistas recomendam que você reserve pelo menos R$1000 em um fundo de emergência. Isso é cerca de R$ 20 por semana durante um ano. Se você não pode gerenciar R$ 20, então vá para R$ 10. Use os dados de gastos do seu aplicativo financeiro para encontrar as áreas em que você pode reduzir seu orçamento.

4. Seja um consumidor financeiro inteligente

Você trabalha duro e merece coisas boas. Sem dúvida. Mas quando você paga suas contas mensais e se pergunta por que diabos gastou dinheiro com isso, pode ser útil reformular seu pensamento sobre gastos.

Se você tem dificuldade em dizer não às indulgências, pense em tudo o que consome em termos de meio ambiente. Antes de comprar, pergunte-se se você realmente precisa. Se sim, você poderia encontrá-lo usado? Você pode pegar emprestado?

E, da próxima vez que você estiver podando suas posses, pergunte a si mesmo se seus descartes podem ser reutilizados, vendidos, reciclados, reparados ou doados. É certo que você pode não ficar rico dessa maneira, mas isso aumentará acentuadamente sua consciência, tornando-o mais grato pelo que você tem. Você pode se encontrar automaticamente tomando melhores decisões em relação ao dinheiro e como aproveitá-lo ao máximo.

5. Reconheça as necessidades versus desejos - e gaste com consciência

É do seu interesse estar atento à diferença entre “necessidades” e “desejos”. Necessidades são coisas que você precisa ter para sobreviver: comida, abrigo, saúde, transporte, uma quantidade razoável de roupas. Também é importante reservar dinheiro todo mês para economizar, embora isso dependa muito mais de suas outras necessidades serem atendidas primeiro.

Por outro lado, desejos são coisas que você gostaria de ter, mas não precisa para sobreviver. Esses custos podem estar enraizados em nossas vidas diárias, de modo que podem parecer necessidades. Seja uma assinatura de streaming que não é necessária para a sobrevivência ou pular uma guloseima matinal que agora faz parte de sua rotina diária, desejos são itens que não são essenciais.

Esta linha entre "quer" e "necessita" é borrada para o essencial quando não há um nível definido de ambos. Um carro é um bom exemplo. Dependendo do transporte público da sua cidade, você pode argumentar que um carro é um "desejo". No entanto, para muitos de nós que consideram uma "necessidade", que tipo de carro é apropriado? Qual é o equilíbrio adequado entre um pagamento de carro mais alto e um veículo melhor?

Suas necessidades devem ter prioridade máxima em seu orçamento pessoal. Somente depois que suas necessidades forem atendidas, você deve alocar qualquer renda discricionária para os desejos. Novamente, se você tiver dinheiro sobrando a cada semana ou a cada mês depois de pagar pelas coisas que você realmente precisa, você não precisa gastar tudo.

Economizar dinheiro para o futuro é uma necessidade, desde que suas necessidades físicas atuais (comida, abrigo, transporte) sejam atendidas. 

Agora que chegamos ao fim deste artigo, que tal investir com segurança e tranquilidade? 

O consórcio é um aliado de quem quer programar investimentos, afinal, você paga parcelas que cabem no seu bolso para alcançar bens de alto valor. 

No UP Consórcios, você encontra as melhores oportunidades do mercado. Então não perca mais tempo: faça uma simulação

Últimas Postagens

Conheça os tipos de frotas

Não é segredo que empresas, corporações e organizações de todos os tipos dependem de frotas de veículos para serviços de entrega. Leia e saiba como funciona

Pé na estrada: dicas de cuidados que você deve ter ao viajar

Se está planejando sua próxima viagem e está se perguntando como viajar com segurança, confira nossas 15 dicas de segurança para uma viagem segura. Boa leitura!

Onde encontro um consultor de consórcio?

Antes de escolher um grupo para participar, o maior conselho que podemos dar é tirar dúvidas e obter informações de um consultor de consórcio. Saiba mais!

Tudo sobre Consórcio Digital com UP

Se você ainda tem dúvidas, aqui é o lugar certo para saber tudo sobre consórcio digital. Nos acompanhe nesta leitura que preparamos e saiba mais!

A carta de crédito é entregue em dinheiro?

É possível receber uma carta de crédito em dinheiro? Afinal, as pessoas compram cotas com um objetivo claro: comprar um bem ou serviço específico. Saiba mais!

Quantos sorteios de consórcio acontecem no mês?

Os sorteios de consórcio acontecem para dar o verdadeiro sentido a um consórcio. A explicação para isso é simples: uma rede de apoio em busca de algo em comum.
Facebook - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Instagram - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Twitter - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Linkedin - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Youtube - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Deezer - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Spotify - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis