Voltar
10/2020

Como declarar consórcio não contemplado no Imposto de Renda?

O Carnaval (saudades…) passou, Março chegou. E junto com ele, mais especificamente no dia 02, começaram as entregas da Declaração do Imposto de Renda 2020, ano calendário 2019. Pois é, ano começou de verdade.

Não se engane, mesmo que você não tenha tido seu consórcio não contemplado deve incluir esta informação na declaração de Imposto de Renda

Principalmente devido ao crescimento de participantes de consórcios. Uma das respostas para esse crescimento pode ser o fato de que o consórcio não está limitado à consórcio de imóvel e veículo, e o número de pessoas que tomam consciência disso só cresce, principalmente entre os jovens, que encontram condições excelentes para fazer uma viagem, comprar uma casa, comprar um carro, e outros serviços que você nem imagina.. 

O motivo acima torna nosso artigo muito especial. Afinal, queremos que todos estejam alertas sobre esse assunto que causa ‘meeeedo’ em muita gente. Aproveita!!!


Leia também: Benefícios do intercâmbio: Confira 4 bons motivos

Como declarar consórcio não contemplado no Imposto de Renda

Todas as informações que você vai precisar preencher na ficha "Bens e Direitos" são enviadas pelo administrador do consórcio por meio do informe anual do Imposto de Renda.

Detalhamos melhor abaixo! Veja! 

Consórcio não contemplado no Imposto de Renda

O primeiro passo é incluir na “Tabela de Bens e Serviços” sob o código 95, que é a categoria “Consórcios Não Contemplados”.

Para você que entrou no consórcio no ano (2019), deixe o campo “Situação em 31/12/2018” em branco e preencha apenas o “Situação em 31/12/2019” com a soma do valor das parcelas pagas.

Por outro lado, se o consórcio for mais antigo, ambos campos devem ser preenchidos, com os valores das parcelas pagas até o final dos respectivos anos.

Em outro campo, “Discriminação”, deve informar os dados da administradora, como nome  e CNPJ.

Por fim, o participante deve informar qual é o bem do seu consórcio (carro, viagem ou imóvel), o número de parcelas e as que vão vencer.

Conquiste o que quiser: faça um consórcio com o  UP Consórcios 

A cada ano que passa os brasileiros têm considerado mais o consórcio para realizar a compra de um bem de alto valor. O consórcio é uma possibilidade de investir em um bem de forma parcelada. Ao contrário do que acontece com o financiamento, você não adquire o bem assim que o contrata. 

Pelo consórcio, você entra em um grupo em que vários outros consorciados investem mensalmente. Esse valor conjunto é aplicado para financiar os bens escolhidos. 

A empresa de consórcio fica responsável pela formação, administração e entrega das cartas de crédito, que corresponde ao valor total do bem escolhido. Essas entregas são feitas nas assembleias, via sorteio ou lance.

Pelo consórcio, você pode investir em:


  • Automóveis: pode ser um carro zero km ou seminovo (com até 10 anos de uso, com aprovação via vistoria)
  • Imóveis: casa, apartamento, imóvel na planta, terrenos, empreendimento. Pode ser novo ou de um proprietário.
  • Serviços: categoria que inclui viagens, estudos, reforma, cirurgias, festas e casamento.


Sem juros, entrada ou parcelas intermediárias

Diferentemente do que acontece com o financiamento, o consórcio não realiza cobrança de juros. Todas as empresas de consórcio, porém, realizam a cobrança da taxa de administração, que a remunera por seus serviços de formação de grupos e entrega das cartas. Esse valor não ultrapassa 20% do total do bem.

O UP, porém, só realiza a cobrança da taxa de administração após a contemplação. Isso significa que, ao contratar uma carta de consórcio de automóveis, por exemplo, de R$ 50 mil, em 50 meses, você paga R$ 1 mil por mês. 

Ao ser sorteado nas assembleias, o valor da taxa de administração é diluído nas parcelas restantes. Caso você invista em um consórcio de imóveis, por exemplo, não precisa se preocupar com parcelas intermediárias ou em ter que pagar um alto valor de entrada - lembrando que as instituições financeiras cobram cerca de 5% de entrada para investir em uma casa ou apartamento.

Mensalidade de acordo com o seu orçamento 

A primeira etapa para contratar um consórcio é fazer uma simulação. Nela, você insere o valor total do seu bem (carta de crédito) e a quantidade de parcelas que deseja pagar.

O simulador dá total possibilidade de ajustar os valores de acordo com o seus rendimentos mensais. 

O ideal é que essa faixa não ultrapasse 30% dos rendimentos mensais, para evitar contratempos.

Organize-se para contemplação

Consórcio é a melhor forma de ter uma compra planejada. Além de participar dos sorteios realizados nas assembleias, o consorciado pode fazer a oferta de um lance para antecipar a compra de um bem.

O lance funciona da seguinte forma: você registra, antes da assembleia, um valor a mais que daria para ter o bem. Esse valor pode representar uma boa quantidade de parcelas restantes ou completar o que falta da carta de crédito

Se o seu valor for o maior, você é contemplado. Mas, como o Up só realiza a cobrança da taxa de administração após a contemplação, vale a pena esperar. Afinal, o valor não é retroativo, ou seja, não se cobra taxas de parcelas que já foram quitadas.

Portanto, não perca mais tempo! Faça já uma simulação no UP e invista no seu sonho.

Simule seu consórcio agora mesmo!

Tem mais alguma dúvida sobre o assunto? Deixe seus questionamentos nos comentários! Ou entre em contato conosco

Simule seu consórcio agora mesmo!

Simule agora

Outras matérias relacionadas

10/2020

O que significa uma empresa ser S.A?

Você sabe o que significa uma Empresa S.A? Acesse nossa postagem e tire suas dúvidas sobre empresas S. A. (Sociedades Anônimas) e Ltda. (Limitadas)!

10/2020

Como economizar na compra online

Comprar em loja virtual é uma ação em crescimento desde antes da pandemia do coronavírus. Acesse nossa postagem e saiba como economizar na compra online!

10/2020

Como obter aprovação da carta contemplada com restrição no nome

Saiba como obter aprovação da carta contemplada com restrição no nome.

Como declarar consórcio não contemplado no Imposto de Renda?

Como declarar consórcio não contemplado no Imposto de Renda?

Não se engane, mesmo que você não tenha tido seu consórcio não contemplado deve incluir esta informação na declaração de Imposto de Renda

Principalmente devido ao crescimento de participantes de consórcios. Uma das respostas para esse crescimento pode ser o fato de que o consórcio não está limitado à consórcio de imóvel e veículo, e o número de pessoas que tomam consciência disso só cresce, principalmente entre os jovens, que encontram condições excelentes para fazer uma viagem, comprar uma casa, comprar um carro, e outros serviços que você nem imagina.. 

O motivo acima torna nosso artigo muito especial. Afinal, queremos que todos estejam alertas sobre esse assunto que causa ‘meeeedo’ em muita gente. Aproveita!!!


Leia também: Benefícios do intercâmbio: Confira 4 bons motivos

Como declarar consórcio não contemplado no Imposto de Renda

Todas as informações que você vai precisar preencher na ficha "Bens e Direitos" são enviadas pelo administrador do consórcio por meio do informe anual do Imposto de Renda.

Detalhamos melhor abaixo! Veja! 

Consórcio não contemplado no Imposto de Renda

O primeiro passo é incluir na “Tabela de Bens e Serviços” sob o código 95, que é a categoria “Consórcios Não Contemplados”.

Para você que entrou no consórcio no ano (2019), deixe o campo “Situação em 31/12/2018” em branco e preencha apenas o “Situação em 31/12/2019” com a soma do valor das parcelas pagas.

Por outro lado, se o consórcio for mais antigo, ambos campos devem ser preenchidos, com os valores das parcelas pagas até o final dos respectivos anos.

Em outro campo, “Discriminação”, deve informar os dados da administradora, como nome  e CNPJ.

Por fim, o participante deve informar qual é o bem do seu consórcio (carro, viagem ou imóvel), o número de parcelas e as que vão vencer.

Conquiste o que quiser: faça um consórcio com o  UP Consórcios 

A cada ano que passa os brasileiros têm considerado mais o consórcio para realizar a compra de um bem de alto valor. O consórcio é uma possibilidade de investir em um bem de forma parcelada. Ao contrário do que acontece com o financiamento, você não adquire o bem assim que o contrata. 

Pelo consórcio, você entra em um grupo em que vários outros consorciados investem mensalmente. Esse valor conjunto é aplicado para financiar os bens escolhidos. 

A empresa de consórcio fica responsável pela formação, administração e entrega das cartas de crédito, que corresponde ao valor total do bem escolhido. Essas entregas são feitas nas assembleias, via sorteio ou lance.

Pelo consórcio, você pode investir em:


  • Automóveis: pode ser um carro zero km ou seminovo (com até 10 anos de uso, com aprovação via vistoria)
  • Imóveis: casa, apartamento, imóvel na planta, terrenos, empreendimento. Pode ser novo ou de um proprietário.
  • Serviços: categoria que inclui viagens, estudos, reforma, cirurgias, festas e casamento.


Sem juros, entrada ou parcelas intermediárias

Diferentemente do que acontece com o financiamento, o consórcio não realiza cobrança de juros. Todas as empresas de consórcio, porém, realizam a cobrança da taxa de administração, que a remunera por seus serviços de formação de grupos e entrega das cartas. Esse valor não ultrapassa 20% do total do bem.

O UP, porém, só realiza a cobrança da taxa de administração após a contemplação. Isso significa que, ao contratar uma carta de consórcio de automóveis, por exemplo, de R$ 50 mil, em 50 meses, você paga R$ 1 mil por mês. 

Ao ser sorteado nas assembleias, o valor da taxa de administração é diluído nas parcelas restantes. Caso você invista em um consórcio de imóveis, por exemplo, não precisa se preocupar com parcelas intermediárias ou em ter que pagar um alto valor de entrada - lembrando que as instituições financeiras cobram cerca de 5% de entrada para investir em uma casa ou apartamento.

Mensalidade de acordo com o seu orçamento 

A primeira etapa para contratar um consórcio é fazer uma simulação. Nela, você insere o valor total do seu bem (carta de crédito) e a quantidade de parcelas que deseja pagar.

O simulador dá total possibilidade de ajustar os valores de acordo com o seus rendimentos mensais. 

O ideal é que essa faixa não ultrapasse 30% dos rendimentos mensais, para evitar contratempos.

Organize-se para contemplação

Consórcio é a melhor forma de ter uma compra planejada. Além de participar dos sorteios realizados nas assembleias, o consorciado pode fazer a oferta de um lance para antecipar a compra de um bem.

O lance funciona da seguinte forma: você registra, antes da assembleia, um valor a mais que daria para ter o bem. Esse valor pode representar uma boa quantidade de parcelas restantes ou completar o que falta da carta de crédito

Se o seu valor for o maior, você é contemplado. Mas, como o Up só realiza a cobrança da taxa de administração após a contemplação, vale a pena esperar. Afinal, o valor não é retroativo, ou seja, não se cobra taxas de parcelas que já foram quitadas.

Portanto, não perca mais tempo! Faça já uma simulação no UP e invista no seu sonho.

Simule seu consórcio agora mesmo!

Tem mais alguma dúvida sobre o assunto? Deixe seus questionamentos nos comentários! Ou entre em contato conosco

Últimas Postagens

Guia sobre o Consórcio Imobiliário

Tudo o que você precisa saber sobre consórcio imobiliário.

Quer pagar sua Cirurgia Plástica aos poucos e todo mês? Saiba como!

Quer fazer sua cirurgia plástica, mas não tem o valor e nem crédito? Com consórcio você pode pagar todos os meses com parcelas que cabem no seu bolso.

Como funciona o processo de Descontemplação da carta de crédito

Existe a opção de descontemplação de crédito? Sim, existe. E te explicamos como funciona.

Estou desempregado! Posso fazer um consórcio de imóvel?

Com a situação atual, muitas pessoas acabaram se vendo numa situação de desemprego. A pergunta é: ainda assim posso fazer um consórcio de imóvel?

Dicas para ganhar dinheiro sem sair de casa

Nada melhor do que ganhar dinheiro sem sair de casa, não é mesmo? Te damos algumas dicas de como conseguir multiplicar a renda.

O que é Criolipólise? Conheça o tratamento de beleza mais procurado no Brasil

Conhece o procedimento não invasivo que pode te ajudar a ter o corpo dos sonhos? Entenda o que é Criolipóse.
Próximo
1 / 60
Facebook - UP Consórcios
Instagram - UP Consórcios
Twitter - UP Consórcios
Linkedin - UP Consórcios
Youtube - UP Consórcios
Deezer - UP Consórcios
Spotify - UP Consórcios