WhatsUP - UP Consórcios
07/2021

Como o Coronavírus Impacta na Economia

Nessa altura do campeonato você já deve estar bem informado sobre o assunto do momento: coronavírus. E de fato, precisamos falar sobre isso.

Sabemos que o surto da doença causada pelo novo CORONAVÍRUS (COVID-19) é classificado como uma emergência de saúde pública global que pode ser transmitida de pessoa para pessoa pelo simples contato. A origem de tudo isso se deu em em Wuhan, na China. A pandemia começou em 31 de dezembro de 2019, quando o primeiro caso foi registrado. 

Diante de todo esse cenário, o que também está em pauta é o impacto no mercado de produtos de consumo ao redor do mundo. Em outros momentos de pandemia a sociedade aprendeu algumas questões importantes sobre esse assunto.


 Algumas mudanças de comportamento são essenciais nesse momento, como: 


  1. Compras proativas para a saúde;
  2. Gestão de saúde reativa;
  3. Planejamento da Despensa;
  4. Preparação para a vida em distanciamento social;
  5. Estar aberto para uma vida mais restrita; 
  6. Encarar tudo isso com o máximo possível de normalidade.


Neste artigo vamos apresentar as principais transformações que envolvem o impacto do coronavírus na economia.

Como o Coronavírus impacta na economia

Mudanças nos hábitos dos consumidores

  1. Aumento do interesse por produtos para a manutenção geral da saúde e bem-estar;
  2. Prioridade aos produtos indispensáveis para a contenção do vírus, saúde e segurança pública;
  3. Armazenamento de alimentos e uma vasta gama de produtos de saúde;
  4. Aumento das compras online e diminuição ou total restrição de ida ao comércio;
  5. Com a proibição das viagens de compras, vem a preocupação com o aumento dos preços;
  6. Mudança de hábito de grande parte da população que, mesmo quando retornar à rotina diária, irá manter cautela redobrada com a saúde.

Eventos relacionados ao COVID-19

  1. Casos localizados mínimos de COVID-19 geralmente ligados à chegada de um outro país infectado;
  2. Primeira transmissão local sem ligação a outro local + primeiras mortes relacionadas ao COVID-19;
  3. Casos múltiplos de transmissão local e mortes múltiplas relacionadas ao COVID-19;
  4. Ações de emergência localizadas de COVID-19. A porcentagem de pessoas diagnosticadas continua a aumentar.
  5. Casos massivos de COVID-19. Cidades são fechadas.
  6. As quarentenas COVID-19 são cumpridas e a vida começa a voltar ao normal.


COVID-19: Impacto no consumo brasileiro

Regiões brasileiras se encontram nesse momento em diferentes etapas em relação ao COVID-19, e isso reflete no comportamento de consumo. Enquanto São Paulo e Rio de Janeiro, categorizados como os Estados com maior incidência de casos,  já se preparam para uma ação de guerra contra o vírus, as demais localidades se encontram em outras fases do combate.

Destacamos abaixo as principais mudanças em segmentos diversos de Fevereiro a 08 Março/20, em comparação ao mesmo período de 2019 e a evolução semanal após o anúncio do primeiro caso do vírus.


VARIAÇÃO VALOR DE VENDAS | Período do COVID-19 vs. mesmo período do ano anterior


3,1% - Total Brasil 

7,6%  - Total Brasil - C&C

5,8 - Total Brasil As + C&C


TOP CATEGORIAS - CRESCIMENTO


Var. Vendas | Semana Pós 1o Caso

Semana 01/Mar vs Semana 23/Fev |


Antisséptico para Mãos: +623%

Software (Programas): +389%

Filtros de Ar: +100%

Álcool: +85%

Limpeza Geral: +58%

Sabão Líquido: - +33%

Amaciantes: - +30%

Curativos: - +29%


CRESCIMENTO DE VENDAS | Semanas Pós 1° Caso | AS+C&C

Var. semanas 01/Mar vs. 23/Fev e 08/Mar vs. 01/Mar | 2020


Limpeza: 20% - 21%

Commodities: 17% - 31%

Higiene e Limpeza: 12% - 25% 

Mercearia: 8% - 18%

Medicamentos: 2% - 13% 

Perecíveis (Industrializados): 1% - 11% 

Consumo Local: 1% - 7%

Outros:  0 % - 10%

Eletrônicos: 0% - 17%

Perecíveis (Frescos): -2% - 10%

Sazonais: -3% - 31%

Bazar: -5% - 16%

Têxtil: -7% - 14%

Tabaco: -14% - 4%

Bebidas: -31% - -1%

COVID-19: Impacto no consumo ao redor do mundo

China

Aprendizados SARS*: crescimento de vendas de desinfetantes e bebidas de leite saudáveis após SARS na China (2004 vs. 2003)


Desinfetante: 29%:

Cuidados Pessoais & Higiene: 22%

Antisséptico: +19%

Iogurte: +40%

Leite Líquido: +20%

Suco: +22%

Itália 

  • Prevenção e efeito sobre a saúde


Farmacêuticos: +112%

Higiene Pessoal: +15%

Suplementos: +17%


  • Efeito de estoque


Arroz: +33%

Macarrão: +25%

Enlatados Animais: +29%

USA

4 maneiras com as quais os consumidores se preparam para o COVID-19:


  • Aumento da demanda por produtos de saúde:


Gel antibacteriano;

Protetores bucais; 

Termômetros;

Aerossóis desinfetantes;

Produtos para limpeza doméstica.


Consumidores já passam a estocar produtos essenciais, gerando incrementos em: Água, Aveia, Grãos Crus, Bebidas Energéticas, Toalhas Molhadas e Suplementos.

Consumidores estão avaliando o que pode ser armazenado por períodos mais longos, gerando picos de vendas em produtos não perecíveis e congelados.


Consumidores estão se abastecendo em categorias relacionadas a Cuidados Pessoais


Fraldas;

Descartáveis;

Desodorizantes;

Alimentos;

Produtos para Bebés.

Canadá

  • Crescimento nas categorias de Cuidados Pessoais é evidente:


Álcool Gel: +166%

Kits de Primeiros Socorros: +30%

Termômetros: +29%


  • Ao mesmo tempo, as vendas de produtos de Home Care estão aumentando:


Produtos de limpeza: +15%

Luvas de Cozinha: +14%

Detergente de louça: +13%

Países baixos

  • Antecipando suas compras antes de uma possível crise. Categorias com maior crescimento: 


Sabonete: +202%

Grãos não processados: +79%

Papel Higiênico: +25%

Lenços faciais: +83%

Arroz: +46%

Leite: +29%

Coreia do Sul 

Após o alerta do governo sobre o COVID-19, a venda dos produtos de consumo massivo foram afetadas de forma generalizada, mas as seguintes categorias foram beneficiadas


Sabonete para as mãos: +229%

Limpadores de superfícies: +32%

Vitaminas: +56%

Comida instantânea:+48%

Singapura

Suplementos: +29%

Cuidado pessoal: +16%

Limpeza doméstica: +21%

Cuidados com a saúde: +13%

Vietnã

Sabonetes: +45%

Lenços faciais: +35%

Enxaguatório bucal: +78%

Comida Congelada: +40%


No Vietnã, uma grande parte de famílias declarou estar abastecendo seus lares com mais comida e reduzindo seu consumo fora do lar. Eles também declararam que as visitas aos pontos de venda físicos diminuíram e as compras online aumentaram.


95%: consumidores estão preocupados, mas não acreditam que o risco de disseminação do

vírus seja alto no Vietnã.

70%: tiveram que reavaliar seus planos de viagem.

60%: mudaram suas atividades de entretenimento

65%: seguem as notícias atualizadas sobre o COVID -19 várias vezes ao dia


Top 3 Canais de Informação


1. Redes Sociais

2. Ministério de Saúde

3. Notícias na TV

Colômbia

No final da nona semana de 2020 (24 de fevereiro a 1 de março), ainda não havia um caso confirmado de COVID-19 no país, no entanto, no Autosserviço, houve aumento no volume de vendas em comparação com a primeira semana do ano nas seguintes categorias:


  • Cuidado Pessoal

Sabonete: +35%

Lenços umedecidos: +44%

Lenços faciais: +32%

Papel Higiênico: +26%


  • Limpeza doméstica

Limpadores Líquidos: +31%

Limpa vidros: +29%

Detergente de louça: +28%


  • Alimentos

Enlatados: +19%

Lácteos: +12%

Congelados: +3%

Chile

  • Após a cobertura jornalística do COVID-19, as vendas aumentaram em valor de:


Álcool Gel: +29%

Máscaras: +854%

Quais são os próximos capítulos do coronavírus na economia

Em muitos casos, o abastecimento da despensa simplesmente irá adiantar as compras futuras, o que pode gerar um ponto mínimo de vendas a médio prazo, a medida que esses produtos vão sendo consumidos gradualmente. No entanto, sobretudo em relação aos alimentos, os produtos podem chegar a experimentar uma expansão sustentável, já que os lares passam a consumir mais em casa do que normalmente fariam.

O consumidor irá aprender com a crise e desenvolver hábitos de saúde, nutrição e saneamento, o que representa uma oportunidade para que os fabricantes fortaleçam ainda mais a consciência dos consumidores sobre estes temas e, assim, captar e ampliar suas demandas a longo prazo. 

Outra tendência é a importância do canal online,diante disso, torna-se prioridade desenhar uma estratégia adequada para esse canal de acesso. Além disso, esse panorama é um lembrete sobre a necessidade de seguir impulsionando as cadeias de suprimento e logística, de modo a contar com flexibilidade suficiente para responder às mudanças do comportamento de consumo mediante a eventos como o COVID-19.

Por outro lado, os momentos de quarentena e em família propiciam a retomada do consumo de meios de comunicação tradicionais. É também uma prioridade examinar as capacidades das nossas diversas plataformas e otimizar estratégias para impulsionar a nossa comunicação com os consumidores e o seu compromisso com as nossas marcas.


Conquiste o que quiser ao fazer consórcio pela UP 

O UP Consórcios é uma fintech da Embracon que ajuda as pessoas a atingirem seus objetivos com planejamento financeiro. Mais que moderno e digital, o UP é um consórcio transparente e o único consórcio sem nenhuma taxa até a contemplação. 

Outro diferencial do UP é a recompra garantida para a cota contemplada, onde você pode pegar as parcelas pagas corrigidas pelo índice oficial da Poupança e em dinheiro! 

Com o UP Consórcio você pode adquirir bens (carros e imóveis) e contratar serviços (festas, viagens, cursos, reformas, estética, e tantos outros que você nem imagina), com planos entre 20 e 180 parcelas.

No UP Consórcios você encontra as menores parcelas do mercado. Simule, compare e compre. E o melhor: sem juros, sem taxas de adesão e sem fundo reserva.

Ah! E a taxa administrativa é só depois da a contemplação.

Como oferecemos um consórcio 100% livre de taxas? Não temos intermediários! Aqui a tecnologia trabalha a seu favor, oferecendo autonomia na contratação, sem pressão e com liberdade de escolha!


Por esses e outros tantos motivos podemos afirmar que REINVENTAMOS O CONSÓRCIO!

Fala com a gente e entenda melhor como podemos ajudar você!

Até a próxima!

Outras matérias relacionadas

07/2021

Quantas pessoas são contempladas por mês no UP Consórcios?

Você tem dúvida sobre quantas pessoas são contempladas por mês no consórcio? Então pode ficar tranquilo, porque preparamos esse artigo para você.

07/2021

Diferenciais do consórcio para investir na crise

O consórcio é um conjunto de maravilhosidades e vou te provar! Entenda quais são os diferenciais do consórcio para investir na crise.

07/2021

Se a vida fosse um reality show, o consórcio não seria cancelado

E se o consórcio fosse um reality show? Você já parou para analisar todos os benefícios do consórcio? Com certeza ele não seria cancelado. Confira!

Como o Coronavírus Impacta na Economia

Como o Coronavírus Impacta na Economia

Sabemos que o surto da doença causada pelo novo CORONAVÍRUS (COVID-19) é classificado como uma emergência de saúde pública global que pode ser transmitida de pessoa para pessoa pelo simples contato. A origem de tudo isso se deu em em Wuhan, na China. A pandemia começou em 31 de dezembro de 2019, quando o primeiro caso foi registrado. 

Diante de todo esse cenário, o que também está em pauta é o impacto no mercado de produtos de consumo ao redor do mundo. Em outros momentos de pandemia a sociedade aprendeu algumas questões importantes sobre esse assunto.


 Algumas mudanças de comportamento são essenciais nesse momento, como: 


  1. Compras proativas para a saúde;
  2. Gestão de saúde reativa;
  3. Planejamento da Despensa;
  4. Preparação para a vida em distanciamento social;
  5. Estar aberto para uma vida mais restrita; 
  6. Encarar tudo isso com o máximo possível de normalidade.


Neste artigo vamos apresentar as principais transformações que envolvem o impacto do coronavírus na economia.

Como o Coronavírus impacta na economia

Mudanças nos hábitos dos consumidores

  1. Aumento do interesse por produtos para a manutenção geral da saúde e bem-estar;
  2. Prioridade aos produtos indispensáveis para a contenção do vírus, saúde e segurança pública;
  3. Armazenamento de alimentos e uma vasta gama de produtos de saúde;
  4. Aumento das compras online e diminuição ou total restrição de ida ao comércio;
  5. Com a proibição das viagens de compras, vem a preocupação com o aumento dos preços;
  6. Mudança de hábito de grande parte da população que, mesmo quando retornar à rotina diária, irá manter cautela redobrada com a saúde.

Eventos relacionados ao COVID-19

  1. Casos localizados mínimos de COVID-19 geralmente ligados à chegada de um outro país infectado;
  2. Primeira transmissão local sem ligação a outro local + primeiras mortes relacionadas ao COVID-19;
  3. Casos múltiplos de transmissão local e mortes múltiplas relacionadas ao COVID-19;
  4. Ações de emergência localizadas de COVID-19. A porcentagem de pessoas diagnosticadas continua a aumentar.
  5. Casos massivos de COVID-19. Cidades são fechadas.
  6. As quarentenas COVID-19 são cumpridas e a vida começa a voltar ao normal.


COVID-19: Impacto no consumo brasileiro

Regiões brasileiras se encontram nesse momento em diferentes etapas em relação ao COVID-19, e isso reflete no comportamento de consumo. Enquanto São Paulo e Rio de Janeiro, categorizados como os Estados com maior incidência de casos,  já se preparam para uma ação de guerra contra o vírus, as demais localidades se encontram em outras fases do combate.

Destacamos abaixo as principais mudanças em segmentos diversos de Fevereiro a 08 Março/20, em comparação ao mesmo período de 2019 e a evolução semanal após o anúncio do primeiro caso do vírus.


VARIAÇÃO VALOR DE VENDAS | Período do COVID-19 vs. mesmo período do ano anterior


3,1% - Total Brasil 

7,6%  - Total Brasil - C&C

5,8 - Total Brasil As + C&C


TOP CATEGORIAS - CRESCIMENTO


Var. Vendas | Semana Pós 1o Caso

Semana 01/Mar vs Semana 23/Fev |


Antisséptico para Mãos: +623%

Software (Programas): +389%

Filtros de Ar: +100%

Álcool: +85%

Limpeza Geral: +58%

Sabão Líquido: - +33%

Amaciantes: - +30%

Curativos: - +29%


CRESCIMENTO DE VENDAS | Semanas Pós 1° Caso | AS+C&C

Var. semanas 01/Mar vs. 23/Fev e 08/Mar vs. 01/Mar | 2020


Limpeza: 20% - 21%

Commodities: 17% - 31%

Higiene e Limpeza: 12% - 25% 

Mercearia: 8% - 18%

Medicamentos: 2% - 13% 

Perecíveis (Industrializados): 1% - 11% 

Consumo Local: 1% - 7%

Outros:  0 % - 10%

Eletrônicos: 0% - 17%

Perecíveis (Frescos): -2% - 10%

Sazonais: -3% - 31%

Bazar: -5% - 16%

Têxtil: -7% - 14%

Tabaco: -14% - 4%

Bebidas: -31% - -1%

COVID-19: Impacto no consumo ao redor do mundo

China

Aprendizados SARS*: crescimento de vendas de desinfetantes e bebidas de leite saudáveis após SARS na China (2004 vs. 2003)


Desinfetante: 29%:

Cuidados Pessoais & Higiene: 22%

Antisséptico: +19%

Iogurte: +40%

Leite Líquido: +20%

Suco: +22%

Itália 

  • Prevenção e efeito sobre a saúde


Farmacêuticos: +112%

Higiene Pessoal: +15%

Suplementos: +17%


  • Efeito de estoque


Arroz: +33%

Macarrão: +25%

Enlatados Animais: +29%

USA

4 maneiras com as quais os consumidores se preparam para o COVID-19:


  • Aumento da demanda por produtos de saúde:


Gel antibacteriano;

Protetores bucais; 

Termômetros;

Aerossóis desinfetantes;

Produtos para limpeza doméstica.


Consumidores já passam a estocar produtos essenciais, gerando incrementos em: Água, Aveia, Grãos Crus, Bebidas Energéticas, Toalhas Molhadas e Suplementos.

Consumidores estão avaliando o que pode ser armazenado por períodos mais longos, gerando picos de vendas em produtos não perecíveis e congelados.


Consumidores estão se abastecendo em categorias relacionadas a Cuidados Pessoais


Fraldas;

Descartáveis;

Desodorizantes;

Alimentos;

Produtos para Bebés.

Canadá

  • Crescimento nas categorias de Cuidados Pessoais é evidente:


Álcool Gel: +166%

Kits de Primeiros Socorros: +30%

Termômetros: +29%


  • Ao mesmo tempo, as vendas de produtos de Home Care estão aumentando:


Produtos de limpeza: +15%

Luvas de Cozinha: +14%

Detergente de louça: +13%

Países baixos

  • Antecipando suas compras antes de uma possível crise. Categorias com maior crescimento: 


Sabonete: +202%

Grãos não processados: +79%

Papel Higiênico: +25%

Lenços faciais: +83%

Arroz: +46%

Leite: +29%

Coreia do Sul 

Após o alerta do governo sobre o COVID-19, a venda dos produtos de consumo massivo foram afetadas de forma generalizada, mas as seguintes categorias foram beneficiadas


Sabonete para as mãos: +229%

Limpadores de superfícies: +32%

Vitaminas: +56%

Comida instantânea:+48%

Singapura

Suplementos: +29%

Cuidado pessoal: +16%

Limpeza doméstica: +21%

Cuidados com a saúde: +13%

Vietnã

Sabonetes: +45%

Lenços faciais: +35%

Enxaguatório bucal: +78%

Comida Congelada: +40%


No Vietnã, uma grande parte de famílias declarou estar abastecendo seus lares com mais comida e reduzindo seu consumo fora do lar. Eles também declararam que as visitas aos pontos de venda físicos diminuíram e as compras online aumentaram.


95%: consumidores estão preocupados, mas não acreditam que o risco de disseminação do

vírus seja alto no Vietnã.

70%: tiveram que reavaliar seus planos de viagem.

60%: mudaram suas atividades de entretenimento

65%: seguem as notícias atualizadas sobre o COVID -19 várias vezes ao dia


Top 3 Canais de Informação


1. Redes Sociais

2. Ministério de Saúde

3. Notícias na TV

Colômbia

No final da nona semana de 2020 (24 de fevereiro a 1 de março), ainda não havia um caso confirmado de COVID-19 no país, no entanto, no Autosserviço, houve aumento no volume de vendas em comparação com a primeira semana do ano nas seguintes categorias:


  • Cuidado Pessoal

Sabonete: +35%

Lenços umedecidos: +44%

Lenços faciais: +32%

Papel Higiênico: +26%


  • Limpeza doméstica

Limpadores Líquidos: +31%

Limpa vidros: +29%

Detergente de louça: +28%


  • Alimentos

Enlatados: +19%

Lácteos: +12%

Congelados: +3%

Chile

  • Após a cobertura jornalística do COVID-19, as vendas aumentaram em valor de:


Álcool Gel: +29%

Máscaras: +854%

Quais são os próximos capítulos do coronavírus na economia

Em muitos casos, o abastecimento da despensa simplesmente irá adiantar as compras futuras, o que pode gerar um ponto mínimo de vendas a médio prazo, a medida que esses produtos vão sendo consumidos gradualmente. No entanto, sobretudo em relação aos alimentos, os produtos podem chegar a experimentar uma expansão sustentável, já que os lares passam a consumir mais em casa do que normalmente fariam.

O consumidor irá aprender com a crise e desenvolver hábitos de saúde, nutrição e saneamento, o que representa uma oportunidade para que os fabricantes fortaleçam ainda mais a consciência dos consumidores sobre estes temas e, assim, captar e ampliar suas demandas a longo prazo. 

Outra tendência é a importância do canal online,diante disso, torna-se prioridade desenhar uma estratégia adequada para esse canal de acesso. Além disso, esse panorama é um lembrete sobre a necessidade de seguir impulsionando as cadeias de suprimento e logística, de modo a contar com flexibilidade suficiente para responder às mudanças do comportamento de consumo mediante a eventos como o COVID-19.

Por outro lado, os momentos de quarentena e em família propiciam a retomada do consumo de meios de comunicação tradicionais. É também uma prioridade examinar as capacidades das nossas diversas plataformas e otimizar estratégias para impulsionar a nossa comunicação com os consumidores e o seu compromisso com as nossas marcas.


Conquiste o que quiser ao fazer consórcio pela UP 

O UP Consórcios é uma fintech da Embracon que ajuda as pessoas a atingirem seus objetivos com planejamento financeiro. Mais que moderno e digital, o UP é um consórcio transparente e o único consórcio sem nenhuma taxa até a contemplação. 

Outro diferencial do UP é a recompra garantida para a cota contemplada, onde você pode pegar as parcelas pagas corrigidas pelo índice oficial da Poupança e em dinheiro! 

Com o UP Consórcio você pode adquirir bens (carros e imóveis) e contratar serviços (festas, viagens, cursos, reformas, estética, e tantos outros que você nem imagina), com planos entre 20 e 180 parcelas.

No UP Consórcios você encontra as menores parcelas do mercado. Simule, compare e compre. E o melhor: sem juros, sem taxas de adesão e sem fundo reserva.

Ah! E a taxa administrativa é só depois da a contemplação.

Como oferecemos um consórcio 100% livre de taxas? Não temos intermediários! Aqui a tecnologia trabalha a seu favor, oferecendo autonomia na contratação, sem pressão e com liberdade de escolha!


Por esses e outros tantos motivos podemos afirmar que REINVENTAMOS O CONSÓRCIO!

Fala com a gente e entenda melhor como podemos ajudar você!

Até a próxima!

Últimas Postagens

Apartamento com varanda gourmet: dicas de decoração

Além das vantagens por si só, um apartamento com varanda gourmet pode ser ainda mais otimizado. Neste artigo te daremos algumas dicas de decoração.

Quais são os tipos de consórcio para abrir um negócio?

O consórcio para abrir um negócio é uma excelente alternativa para quem está pensando e em concretizar novos planos! Podemos te ajudar no processo.

Quanto custa um apartamento no Consórcio?

Você sabe quanto custa um apartamento no consórcio? O sistema de consórcios oferece planos e vantagens exclusivas para você programar a sua compra. Confira!

5 razões para comprar apartamento de luxo como investimento

Comprar um apartamento de luxo é equivalente a comprar uma fatia valiosa da cidade. Quer saber como fazer para ter um apartamento como investimento? Confira!

Financiamento de caminhão é uma boa escolha?

Além disso, os trâmites para financiamento de caminhão são complexos, haja burocracia…Neste artigo te explicamos o porquê e a solução para isso.

Financiamento de carro: qual a melhor modalidade de compra?

Muitos consumidores costumam ficar em dúvida sobre qual opção escolher: financiamento de carro ou consórcio? Calma que estamos aqui para te ajudar na escolha.
Facebook - UP Consórcios
Instagram - UP Consórcios
Twitter - UP Consórcios
Linkedin - UP Consórcios
Youtube - UP Consórcios
Deezer - UP Consórcios
Spotify - UP Consórcios