10/2019

O que é consórcio de carro?

Quando se fala em comprar um carro, o consórcio é tido como a melhor forma de pagamento, por ser mais flexível e muito mais em conta.

A conquista do carro é um dos maiores sonhos do brasileiro. Seja na hora de comprar o primeiro seminovo ou trocar pelo tão sonhado zero km, o automóvel ainda é sinônimo de conforto e praticidade no dia a dia.

E, quando se fala em comprar um carro, o consórcio é tido como a melhor forma de pagamento.

Diferente do financiamento, em que são cobrados altos valores de juros após um rigoroso processo de aprovação de crédito por parte do banco, o consórcio é mais flexível e sai muito mais em conta.

A seguir, vamos explicar como funciona essa modalidade e por que é a melhor opção para você.

Como funciona o consórcio de automóveis

A contratação do consórcio de carro é bem simples. Primeiramente, você faz uma simulação no site da administradora de consórcio.

Para isso, tenha um modelo de carro em mente. Verifique o valor de seu preço na Tabela Fipe, por exemplo, e selecione este valor como a carta de crédito.

Após essa etapa, ajuste a quantidade de parcelas e/ou valor da mensalidade. Leve em consideração a renda familiar mensal, para que a parcela não represente um peso no seu orçamento. O ideal é que a mensalidade não ultrapasse 30% da sua renda.

Quanto a isso, não se preocupe. O UP não faz análise inicial de crédito para que você pague o consórcio – diferentemente do financiamento, em que o gerente confere toda a sua receita mensal antes de conceder crédito para a compra do carro.

Como é o consórcio de carro no UP

Após fazer a simulação, um especialista do UP entra em contato com você, para tirar todas as dúvidas e fechar o contrato.

Depois disso, você participa de um grupo com outros consorciados que investem em um bem semelhante ao seu.

Por oferecer um modelo inovador de consórcio, o UP procede de forma diferente de outras administradoras.

Quando você seleciona o valor total da carta de crédito, começa pagando inicialmente o valor integral da carta.

Digamos que você selecionou um automóvel de R$ 40 mil, dividido em 40 meses. Nesse período, você paga a mensalidade de R$ 1 mil, sem nenhuma taxa adicional até a contemplação.

Ou seja, só depois de ter o bem em mãos você passa a pagar a taxa de administração, que remunera o UP pela formação dos grupos, realização dos sorteios e manutenção cotas de consórcio.

Após o período de pagamento da cota, sua carta de crédito é corrigida pelos valores inflacionários. Isso significa que você não perde o poder de compra durante a aquisição do carro.

Por que o consórcio é a melhor opção

Além de não ter que pagar valor de entrada ou juros, o consórcio é mais flexível que o financiamento.

Você pode alterar o valor da carta de crédito enquanto paga as mensalidades, por exemplo.

Se o valor da carta for menor que o carro que deseja comprar, pode completar com os seus próprios recursos.

Mas, se o valor for maior, pode usar até 10% da carta para pagar despesas com documentação e demais tributos.

E, se mesmo assim ainda sobrar, pode usar o valor reminiscente para pagar as mensalidades restantes.

Ainda tem dúvidas de que o consórcio é a melhor forma para adquirir seu novo carro? Faça uma simulação no UP e veja você mesmo o quanto pode economizar.

Simule seu consórcio agora mesmo!

Simule agora

Outras matérias relacionadas

10/2019

Conquiste a independência financeira antes dos 30

Saiba como conquistar sua independência com planejamento e economia de recursos.

06/2019

Saiba o que é inteligência financeira

Inteligência financeira é a capacidade de saber usar bem o dinheiro. Saiba como.

10/2019

Saiba como comprar um imóvel na planta

O imóvel na planta é a opção mais procurada para quem quer ter um patrimônio.

O que é consórcio de carro?

O que é consórcio de carro?

A conquista do carro é um dos maiores sonhos do brasileiro. Seja na hora de comprar o primeiro seminovo ou trocar pelo tão sonhado zero km, o automóvel ainda é sinônimo de conforto e praticidade no dia a dia.

E, quando se fala em comprar um carro, o consórcio é tido como a melhor forma de pagamento.

Diferente do financiamento, em que são cobrados altos valores de juros após um rigoroso processo de aprovação de crédito por parte do banco, o consórcio é mais flexível e sai muito mais em conta.

A seguir, vamos explicar como funciona essa modalidade e por que é a melhor opção para você.

Como funciona o consórcio de automóveis

A contratação do consórcio de carro é bem simples. Primeiramente, você faz uma simulação no site da administradora de consórcio.

Para isso, tenha um modelo de carro em mente. Verifique o valor de seu preço na Tabela Fipe, por exemplo, e selecione este valor como a carta de crédito.

Após essa etapa, ajuste a quantidade de parcelas e/ou valor da mensalidade. Leve em consideração a renda familiar mensal, para que a parcela não represente um peso no seu orçamento. O ideal é que a mensalidade não ultrapasse 30% da sua renda.

Quanto a isso, não se preocupe. O UP não faz análise inicial de crédito para que você pague o consórcio – diferentemente do financiamento, em que o gerente confere toda a sua receita mensal antes de conceder crédito para a compra do carro.

Como é o consórcio de carro no UP

Após fazer a simulação, um especialista do UP entra em contato com você, para tirar todas as dúvidas e fechar o contrato.

Depois disso, você participa de um grupo com outros consorciados que investem em um bem semelhante ao seu.

Por oferecer um modelo inovador de consórcio, o UP procede de forma diferente de outras administradoras.

Quando você seleciona o valor total da carta de crédito, começa pagando inicialmente o valor integral da carta.

Digamos que você selecionou um automóvel de R$ 40 mil, dividido em 40 meses. Nesse período, você paga a mensalidade de R$ 1 mil, sem nenhuma taxa adicional até a contemplação.

Ou seja, só depois de ter o bem em mãos você passa a pagar a taxa de administração, que remunera o UP pela formação dos grupos, realização dos sorteios e manutenção cotas de consórcio.

Após o período de pagamento da cota, sua carta de crédito é corrigida pelos valores inflacionários. Isso significa que você não perde o poder de compra durante a aquisição do carro.

Por que o consórcio é a melhor opção

Além de não ter que pagar valor de entrada ou juros, o consórcio é mais flexível que o financiamento.

Você pode alterar o valor da carta de crédito enquanto paga as mensalidades, por exemplo.

Se o valor da carta for menor que o carro que deseja comprar, pode completar com os seus próprios recursos.

Mas, se o valor for maior, pode usar até 10% da carta para pagar despesas com documentação e demais tributos.

E, se mesmo assim ainda sobrar, pode usar o valor reminiscente para pagar as mensalidades restantes.

Ainda tem dúvidas de que o consórcio é a melhor forma para adquirir seu novo carro? Faça uma simulação no UP e veja você mesmo o quanto pode economizar.

Últimas Postagens

Entre investir seu dinheiro e adquirir um bem, escolha as duas opções.

Saiba como investir em uma alternativa financeira sem juros e sem taxa de adesão

Descubra como usar seu FGTS no Consórcio de Imóveis

Confira como aproveitar o FGTS na aquisição da sua carta de crédito

Como planejar uma viagem em família?

Confira algumas dicas e planeje-se para viajar tranquilamente com a família

Descubra o Consórcio de Equipamentos

Investir no consórcio é a melhor alternativa para quem precisa de equipamentos.

Cinco mitos e verdades sobre consórcio

Confira as incertezas mais comuns em torno do consórcio e tire suas dúvidas.

Serviços mais contratados pelo consórcio

O UP oferece um consórcio que atende todas as demandas solicitadas.
Próximo
1 / 13