Voltar
10/2019

O que é consórcio de carro?

Quando se fala em comprar um carro, o consórcio é tido como a melhor forma de pagamento, por ser mais flexível e muito mais em conta.

A conquista do carro é um dos maiores sonhos do brasileiro. Seja na hora de comprar o primeiro seminovo ou trocar pelo tão sonhado zero km, o automóvel ainda é sinônimo de conforto e praticidade no dia a dia.

E, quando se fala em comprar um carro, o consórcio é tido como a melhor forma de pagamento.

Diferente do financiamento, em que são cobrados altos valores de juros após um rigoroso processo de aprovação de crédito por parte do banco, o consórcio é mais flexível e sai muito mais em conta.

A seguir, vamos explicar como funciona essa modalidade e por que é a melhor opção para você.

Como funciona o consórcio de automóveis

A contratação do consórcio de carro é bem simples. Primeiramente, você faz uma simulação no site da administradora de consórcio.

Para isso, tenha um modelo de carro em mente. Verifique o valor de seu preço na Tabela Fipe, por exemplo, e selecione este valor como a carta de crédito.

Após essa etapa, ajuste a quantidade de parcelas e/ou valor da mensalidade. Leve em consideração a renda familiar mensal, para que a parcela não represente um peso no seu orçamento. O ideal é que a mensalidade não ultrapasse 30% da sua renda.

Quanto a isso, não se preocupe. O UP não faz análise inicial de crédito para que você pague o consórcio – diferentemente do financiamento, em que o gerente confere toda a sua receita mensal antes de conceder crédito para a compra do carro.

Como é o consórcio de carro no UP

Após fazer a simulação, um especialista do UP entra em contato com você, para tirar todas as dúvidas e fechar o contrato.

Depois disso, você participa de um grupo com outros consorciados que investem em um bem semelhante ao seu.

Por oferecer um modelo inovador de consórcio, o UP procede de forma diferente de outras administradoras.

Quando você seleciona o valor total da carta de crédito, começa pagando inicialmente o valor integral da carta.

Digamos que você selecionou um automóvel de R$ 40 mil, dividido em 40 meses. Nesse período, você paga a mensalidade de R$ 1 mil, sem nenhuma taxa adicional até a contemplação.

Ou seja, só depois de ter o bem em mãos você passa a pagar a taxa de administração, que remunera o UP pela formação dos grupos, realização dos sorteios e manutenção cotas de consórcio.

Após o período de pagamento da cota, sua carta de crédito é corrigida pelos valores inflacionários. Isso significa que você não perde o poder de compra durante a aquisição do carro.

Por que o consórcio é a melhor opção

Além de não ter que pagar valor de entrada ou juros, o consórcio é mais flexível que o financiamento.

Você pode alterar o valor da carta de crédito enquanto paga as mensalidades, por exemplo.

Se o valor da carta for menor que o carro que deseja comprar, pode completar com os seus próprios recursos.

Mas, se o valor for maior, pode usar até 10% da carta para pagar despesas com documentação e demais tributos.

E, se mesmo assim ainda sobrar, pode usar o valor reminiscente para pagar as mensalidades restantes.

Ainda tem dúvidas de que o consórcio é a melhor forma para adquirir seu novo carro? Faça uma simulação no UP e veja você mesmo o quanto pode economizar.

Simule seu consórcio agora mesmo!

Simule agora

Outras matérias relacionadas

12/2019

Fuja das taxas e cobranças de consórcio: conheça a proposta do UP

Saiba como o UP reinventou o consórcio e oferece um plano diferenciado pra você.

10/2019

Serviços mais contratados pelo consórcio

O UP oferece um consórcio que atende todas as demandas solicitadas.

10/2019

Melhores praias do Brasil para conhecer

Com quilômetros de litoral, fica difícil escolher a melhor praia.

O que é consórcio de carro?

O que é consórcio de carro?

A conquista do carro é um dos maiores sonhos do brasileiro. Seja na hora de comprar o primeiro seminovo ou trocar pelo tão sonhado zero km, o automóvel ainda é sinônimo de conforto e praticidade no dia a dia.

E, quando se fala em comprar um carro, o consórcio é tido como a melhor forma de pagamento.

Diferente do financiamento, em que são cobrados altos valores de juros após um rigoroso processo de aprovação de crédito por parte do banco, o consórcio é mais flexível e sai muito mais em conta.

A seguir, vamos explicar como funciona essa modalidade e por que é a melhor opção para você.

Como funciona o consórcio de automóveis

A contratação do consórcio de carro é bem simples. Primeiramente, você faz uma simulação no site da administradora de consórcio.

Para isso, tenha um modelo de carro em mente. Verifique o valor de seu preço na Tabela Fipe, por exemplo, e selecione este valor como a carta de crédito.

Após essa etapa, ajuste a quantidade de parcelas e/ou valor da mensalidade. Leve em consideração a renda familiar mensal, para que a parcela não represente um peso no seu orçamento. O ideal é que a mensalidade não ultrapasse 30% da sua renda.

Quanto a isso, não se preocupe. O UP não faz análise inicial de crédito para que você pague o consórcio – diferentemente do financiamento, em que o gerente confere toda a sua receita mensal antes de conceder crédito para a compra do carro.

Como é o consórcio de carro no UP

Após fazer a simulação, um especialista do UP entra em contato com você, para tirar todas as dúvidas e fechar o contrato.

Depois disso, você participa de um grupo com outros consorciados que investem em um bem semelhante ao seu.

Por oferecer um modelo inovador de consórcio, o UP procede de forma diferente de outras administradoras.

Quando você seleciona o valor total da carta de crédito, começa pagando inicialmente o valor integral da carta.

Digamos que você selecionou um automóvel de R$ 40 mil, dividido em 40 meses. Nesse período, você paga a mensalidade de R$ 1 mil, sem nenhuma taxa adicional até a contemplação.

Ou seja, só depois de ter o bem em mãos você passa a pagar a taxa de administração, que remunera o UP pela formação dos grupos, realização dos sorteios e manutenção cotas de consórcio.

Após o período de pagamento da cota, sua carta de crédito é corrigida pelos valores inflacionários. Isso significa que você não perde o poder de compra durante a aquisição do carro.

Por que o consórcio é a melhor opção

Além de não ter que pagar valor de entrada ou juros, o consórcio é mais flexível que o financiamento.

Você pode alterar o valor da carta de crédito enquanto paga as mensalidades, por exemplo.

Se o valor da carta for menor que o carro que deseja comprar, pode completar com os seus próprios recursos.

Mas, se o valor for maior, pode usar até 10% da carta para pagar despesas com documentação e demais tributos.

E, se mesmo assim ainda sobrar, pode usar o valor reminiscente para pagar as mensalidades restantes.

Ainda tem dúvidas de que o consórcio é a melhor forma para adquirir seu novo carro? Faça uma simulação no UP e veja você mesmo o quanto pode economizar.

Últimas Postagens

Entenda o que é Alienação Fiduciária no consórcio

Saiba como o recurso traz segurança ao consorciado e à administradora.

É possível mudar o valor da carta de crédito?

Saiba como ajustar a sua carta de crédito, seja para um valor maior ou menor.

Saiba como comprar um terreno com Consórcio de Imóveis

Um terreno possibilita construir um imóvel do jeito que você sempre desejou.

Tire suas dúvidas sobre a oferta de lance no consórcio

Lance é o valor ofertado pelo cliente para aumentar as chances de contemplação.

Aproveite a chegada de um novo ano para mudar seus hábitos financeiros

Poupar parte dos rendimentos é a porta de entrada para uma mudança nas finanças

13º salário: uma porta de entrada para novas conquistas

Aproveite a renda extra para buscar equilíbrio financeiro e novas conquistas
Próximo
1 / 14