Voltar
03/2021

UP Consórcios x financiamento: qual o melhor?

Para quem deseja comprar um carro ou casa, mas quer fugir dos juros do financiamento, o UP Consórcios é a melhor opção, sem taxa de administração até a contemplação.

Antes de iniciar a compra de um bem, como automóvel, imóvel ou a contratação de serviços (viagem, estudos, cirurgias, reformas, festas e casamento), é comum surgir a pergunta: qual a melhor forma de pagar? Afinal, estamos falando de valores altos, muitas vezes divididos em uma grande quantidade de parcelas.

A melhor forma de realizar a compra de um bem é à vista. Entretanto, poucos têm um montante suficiente para adquirir um carro 0 km ou um apartamento, por exemplo.

Por isso, muitos recorrem a duas formas de parcelamento: consórcio e financiamento. A seguir, vamos explicar como cada um deles funciona para que você possa escolher o melhor para você.

Como funciona o financiamento

Nessa modalidade, o interessado se dirige a uma instituição financeira - pode ser um banco público ou privado, por exemplo - e pega o valor ‘emprestado’ para a compra do seu bem.

Para isso, é necessário ter uma boa linha de crédito e não pode estar negativado. Quem procura o financiamento está sujeito à análise financeira, que vai determinar a quantia total que pode ou não ser suficiente para a compra do bem.

O interessado não chega a ter o dinheiro em mãos para efetuar a compra. O banco ‘paga’ pelo seu bem, e faz a cobrança por mensalidades. Na maioria dos casos, é exigido um valor de entrada de pelo menos 10% do bem (principalmente se for um imóvel).

Quanto menor o valor inicial, maior a quantidade de parcelas e, consequentemente, maior o percentual dos juros sobre as parcelas - tanto que, na maioria dos casos, o consumidor acaba pagando a prazo mais de duas vezes o valor do bem.

Como funciona o UP

Considerada a evolução do consórcio, o UP tem como diferenciais a ausência de taxa de administração (até a contemplação) e  facilidade na contratação.

É possível investir em um automóvel, imóvel ou serviço pelo UP da mesma forma que um consórcio comum, ou seja, sem pagar entrada e sem juros nas parcelas. Só que a cobrança da taxa de administração no UP só ocorre após a contemplação do bem.

Além disso, não é preciso arcar com o fundo de reserva, valor praticado na modalidade comum pelas administradoras para proteger o funcionamento do grupo, com o objetivo de cobrir prováveis inadimplências.

Qual é o melhor: UP ou financiamento?

Se você tem pressa para adquirir o seu novo bem, talvez um consórcio tradicional, no qual vale a pena ofertar um lance, seja melhor opção. Ou, até mesmo, o financiamento. Mas, saiba de antemão: no empréstimo bancário, você deverá arcar com um valor a prazo muito superior ao bem que escolheu, devido aos juros e outras taxas cobradas pelos bancos.

Com o UP, você tem a possibilidade de programar a compra do seu bem. Não é preciso pagar entrada ou taxas intermediárias (comum em financiamento de imóveis, por exemplo).

Antes da contemplação, você paga exatamente o valor integral da carta de crédito dividido pelas parcelas. Por exemplo, ao investir em uma carta de R$ 100 mil, em 100 parcelas, a mensalidade fica R$ 1.000 até a contemplação. Só após receber o bem a taxa de administração passa a ser cobrada - algo em torno de 15% do valor total da carta de crédito, já estipulado em contrato.

Além disso, no UP a sua carta de crédito permanece em um fundo mantido pela administradora. Até a contemplação, o valor investido é corrigido por índices e, no final, a sua carta de crédito chega a um valor superior ao que foi inicialmente contratado. Por isso, o UP é considerado um investimento.

Gostou de conhecer as diferenças entre o UP e o financiamento? Faça uma simulação e contrate já a modalidade mais inovadora de consórcio.

Simule seu consórcio agora mesmo!

Simule agora

Outras matérias relacionadas

03/2021

Com o Consórcio de Viagem você vai chegar no país que quiser!

Já pensou em fazer uma viagem mas nunca conseguiu guardar dinheiro para isso? Conheça o Consórcio de Viagem do UP e faça a viagem que você sempre quis!

03/2021

Posso entrar em mais de um consórcio ao mesmo tempo?

Será que é possível fazer mais que um consórcio? Saiba tudo o que precisa para conseguir até duas cartas de crédito para realizar seu sonho.

03/2021

Carros Uber: melhores modelos para o trabalho

Confira os melhores modelos de carro para quem deseja ser motorista do Uber.

UP Consórcios x financiamento: qual o melhor?

UP Consórcios x financiamento: qual o melhor?

Antes de iniciar a compra de um bem, como automóvel, imóvel ou a contratação de serviços (viagem, estudos, cirurgias, reformas, festas e casamento), é comum surgir a pergunta: qual a melhor forma de pagar? Afinal, estamos falando de valores altos, muitas vezes divididos em uma grande quantidade de parcelas.

A melhor forma de realizar a compra de um bem é à vista. Entretanto, poucos têm um montante suficiente para adquirir um carro 0 km ou um apartamento, por exemplo.

Por isso, muitos recorrem a duas formas de parcelamento: consórcio e financiamento. A seguir, vamos explicar como cada um deles funciona para que você possa escolher o melhor para você.

Como funciona o financiamento

Nessa modalidade, o interessado se dirige a uma instituição financeira - pode ser um banco público ou privado, por exemplo - e pega o valor ‘emprestado’ para a compra do seu bem.

Para isso, é necessário ter uma boa linha de crédito e não pode estar negativado. Quem procura o financiamento está sujeito à análise financeira, que vai determinar a quantia total que pode ou não ser suficiente para a compra do bem.

O interessado não chega a ter o dinheiro em mãos para efetuar a compra. O banco ‘paga’ pelo seu bem, e faz a cobrança por mensalidades. Na maioria dos casos, é exigido um valor de entrada de pelo menos 10% do bem (principalmente se for um imóvel).

Quanto menor o valor inicial, maior a quantidade de parcelas e, consequentemente, maior o percentual dos juros sobre as parcelas - tanto que, na maioria dos casos, o consumidor acaba pagando a prazo mais de duas vezes o valor do bem.

Como funciona o UP

Considerada a evolução do consórcio, o UP tem como diferenciais a ausência de taxa de administração (até a contemplação) e  facilidade na contratação.

É possível investir em um automóvel, imóvel ou serviço pelo UP da mesma forma que um consórcio comum, ou seja, sem pagar entrada e sem juros nas parcelas. Só que a cobrança da taxa de administração no UP só ocorre após a contemplação do bem.

Além disso, não é preciso arcar com o fundo de reserva, valor praticado na modalidade comum pelas administradoras para proteger o funcionamento do grupo, com o objetivo de cobrir prováveis inadimplências.

Qual é o melhor: UP ou financiamento?

Se você tem pressa para adquirir o seu novo bem, talvez um consórcio tradicional, no qual vale a pena ofertar um lance, seja melhor opção. Ou, até mesmo, o financiamento. Mas, saiba de antemão: no empréstimo bancário, você deverá arcar com um valor a prazo muito superior ao bem que escolheu, devido aos juros e outras taxas cobradas pelos bancos.

Com o UP, você tem a possibilidade de programar a compra do seu bem. Não é preciso pagar entrada ou taxas intermediárias (comum em financiamento de imóveis, por exemplo).

Antes da contemplação, você paga exatamente o valor integral da carta de crédito dividido pelas parcelas. Por exemplo, ao investir em uma carta de R$ 100 mil, em 100 parcelas, a mensalidade fica R$ 1.000 até a contemplação. Só após receber o bem a taxa de administração passa a ser cobrada - algo em torno de 15% do valor total da carta de crédito, já estipulado em contrato.

Além disso, no UP a sua carta de crédito permanece em um fundo mantido pela administradora. Até a contemplação, o valor investido é corrigido por índices e, no final, a sua carta de crédito chega a um valor superior ao que foi inicialmente contratado. Por isso, o UP é considerado um investimento.

Gostou de conhecer as diferenças entre o UP e o financiamento? Faça uma simulação e contrate já a modalidade mais inovadora de consórcio.

Últimas Postagens

Qual o lance mínimo no consórcio de Auto?

É essencial ter uma estratégia para calcular o tamanho da oferta e aumentar as chances de contemplação. Vamos te falar mais sobre o lance mínimo.

O que é consórcio de tratores?

O consórcio atende pessoas que planejam comprar máquinas agrícolas com mais tecnologia e segurança, resultando em mais lucratividade. Faça já o seu!

5 benefícios de fazer um consórcio de moto

Através do grupo de consórcio, é possível comprar uma moto nova ou usada, e a melhor parte é que você pode adequar as parcelas conforme suas condições.

Características do novo lançamento Fiat Cronos

Podemos dizer que o novo Fiat é o modelo mais expressivo entre os lançamentos anteriores. Falamos um pouco mais sobre esse carro incrível nesse artigo.

Como fugir das burocracias do financiamento de automóvel?

Burocracia? Já foi o tempo, não é verdade? Ninguém quer mais se desgastar com burocracia do financiamento de automóvel. Por isso nós vamos te ajudar!!

Oportunidade de consórcio: comprar máquinas agrícolas sem entrada

Preparamos esse artigo para você tirar todas as suas dúvidas sobre comprar máquinas agrícolas com consórcio. O consórcio como aliado nos negócios!
Próximo
1 / 82
Facebook - UP Consórcios
Instagram - UP Consórcios
Twitter - UP Consórcios
Linkedin - UP Consórcios
Youtube - UP Consórcios
Deezer - UP Consórcios
Spotify - UP Consórcios