WhatsUP - UP Consórcios
03/2022

Como definir um bom planejamento financeiro pessoal

Como definir um bom planejamento financeiro pessoal

Trouxemos para você um guia para que você consiga criar um planejamento financeiro pessoal e ajudar a colocar seu dinheiro em ordem. Acesse e leia o conteúdo.

Quando se trata de seu dinheiro e de seus planos, pode ser difícil equilibrar desejos que são de curto prazo e sonhos a longo prazo e aqueles eventos inesperados que estão fora de seu controle.

Desde os mantimentos que você precisa, até a aposentadoria que você deseja e a conta do conserto do carro que está se aproximando, pode ser difícil descobrir como lidar com as contas ao mesmo tempo em que planeja o futuro.

Trouxemos para você um guia para que você consiga criar um planejamento financeiro pessoal e ajudar a colocar seu dinheiro em ordem. 

Tudo bem se você já iniciou algumas dessas etapas. Também está tudo bem se você não tiver dado o passo inicial. Basta começar com uma tarefa e continuar. Ou apenas enfrente a coisa toda em um fim de semana longo e chuvoso com um grande bule de café e um cachorro aos seus pés. 

8 Dicas para definir um planejamento financeiro pessoal 

1) Estabeleça metas financeiras

É sempre bom ter uma ideia clara de por que você está economizando seu dinheiro suado. Pense nisso usando nossa planilha de metas financeiras (PDF) .

2) Crie um orçamento

Considere este o seu fluxo de caixa mensal e plano de poupança/investimento. Dê a si mesmo permissão para decidir para onde e como enviar seu dinheiro com nossa planilha de orçamento (PDF).

Como definir um bom planejamento financeiro pessoal

3) Plano de impostos

Pode ajudar bastante a manter mais do seu dinheiro no próximo ano. Nossa planilha de planejamento te ajudará a pensar em possíveis créditos e deduções de imposto de renda.

4) Construir um fundo de emergência 

Todo o planejamento do mundo não ajudará se a vida lhe der uma bola curva e você não estiver preparado financeiramente. É aí que um fundo de emergência vem a calhar. Nosso questionário ajudará você a decidir quando usar essas economias.

5) Gerenciar dívida 

Compreender e gerenciar a dívida é uma parte fundamental da criação de um planejamento financeiro pessoal. Use sempre nossa planilha de gerenciamento de dívidas para registrar seus números e encontrar o equilíbrio certo.

6) Plano para aposentadoria 

Mesmo que esteja longe, pense no que você quer que seu dinheiro faça por você quando se aposentar e crie um plano para que isso aconteça. Nossa lista de verificação de poupança para aposentadoria te ajudará muito nesse momento.

7) Crie um plano imobiliário 

Você não precisa ser rico, velho, casado ou pai para precisar de um plano imobiliário, que também define quem toma as decisões financeiras e de saúde para você, se você não puder tomá-las sozinho. Com um planejamento financeiro pessoal bem definido, será possível alcançar grandes conquistas. 

8) Gerencie seu dinheiro

Administrar o próprio dinheiro não precisa ser algo chato. Não é ciência de foguetes e você não precisa ser de origem financeira. Você só precisa ter um pouco de compromisso. 

Qual a importância em definir um bom planejamento financeiro pessoal?

Decidir poupar é o primeiro passo para uma boa gestão do dinheiro. Poupar dinheiro pode ser um passo poderoso para uma maior independência financeira. Imagine pedir emprestado a um amigo para aquela visita urgente ao médico! 

Caso você não tenha amigos, talvez seja necessário passar o cartão de crédito. E você sabe que o cartão de crédito é a forma mais cara de dívida. Repita isso mais algumas vezes e você acabará em uma armadilha da dívida antes mesmo de perceber isso. 

Você pode ter muitos objetivos financeiros em sua mente. Como comprar um veículo ou o mais recente smartphone ou acumulação de riqueza. Em todas essas situações, você precisa de dinheiro. Mas de onde virá? Você tem que ter a sua própria economia! 

Economizar dinheiro ajuda a evitar cair nas armadilhas da dívida. Não apenas isso, mas a poupança sistemática em uma base regular pode torná-lo rico. Você pode atingir seus objetivos financeiros em um tempo curto. Agora você pode estar se perguntando como economizar? E ainda mais importante quanto economizar? 

Assim que você receber seu salário, comece a colocá-lo sob várias cabeças. Essas cabeças podem ser despesas, EMIs, investimentos e economias.

Garanta que você economize um mínimo de 10% de sua renda todos os meses. Pode ser assim tão simples! Mas não o coloque em um cofrinho. Dinheiro ocioso em um cofrinho não cresce. Mesmo a conta bancária de poupança pode não obter retornos mais altos. 

A dica UP é que você faça um consórcio é a melhor maneira de investir seu dinheiro com segurança. Você pode entrar num grupo de consórcio de imóvel, para investir e aumentar seu patrimônio, ou utilizar o consórcio de automóvel para comprar maquinários, aumentar frotas e afins. Confira agora nossas dicas para seu planejamento financeiro pessoal dar certo: 

Regule suas despesas com sabedoria

Se você está vivendo de salário em salário e se encontra lutando por dinheiro mesmo antes do mês terminar, é provável que esteja vivendo muito além de seus meios. Talvez haja um monte de despesas não planejadas! Estes podem estar deixando você sem dinheiro para as necessidades. Mas há uma saída para isso. 

Experimente preparar um orçamento. A menos que você tenha um orçamento, você não poderá controlar seus fluxos de caixa. Um orçamento simplesmente mostra quanto dinheiro você está entrando e como esses fundos são gastos. 

Comece categorizando suas despesas em fixas e variáveis; urgentes e não urgentes; necessidades e luxo; evitáveis ​​e inevitáveis. Dessa forma, você criará um inventário completo de despesas à sua frente. Quanto mais você converter as coisas de abstratas para físicas, melhor você as dominará. 

Você pode criar uma hierarquia de necessidades e decidir quais abordar primeiro. É tudo uma questão de priorização. Você precisa aceitar que tem recursos limitados e desejos ilimitados. Mas você tem que gerenciar seus recursos. Quanto mais cedo você aceita esse fato, melhor poderá controlar seus impulsos para gastos evitáveis. 

Depois de tratar de todas as despesas necessárias, você pode alocar algum dinheiro para entretenimento e lazer. Para evitar gastos excessivos, você pode criar uma lista de mantimentos antes de visitar a loja de departamentos. Você também pode atribuir um dia sem gastos na semana. 

Certifique-se de se comprometer com o seu orçamento. Considere isso como um compromisso em vez de um fardo e mantenha os limites.

Mantenha um balanço pessoal

Ter um balanço pessoal ajuda a saber o que você possui e o que deve! É uma ferramenta muito poderosa para levar suas finanças para o próximo nível. Isso tem tudo a ver com responsabilidade ao elaborar seu planejamento financeiro pessoal. É uma declaração em que você pode anotar seus ativos e passivos. A diferença entre seus ativos e passivos mostra seu patrimônio líquido pessoal. 

Antes de começar, reúna seus extratos bancários e outras provas do passivo. Em seguida, liste seus ativos, como saldo bancário, investimentos, valor da casa e valor de outros ativos. Pegue uma soma de todos os ativos para chegar ao valor total de seus ativos. 

Além disso, liste seus passivos, como empréstimo de carro, empréstimo à habitação, saldos de cartão de crédito e saldos restantes em outros empréstimos. A soma de todos os passivos mostrará o valor do dinheiro que você deve. 

Idealmente, seu patrimônio líquido precisa ser positivo, o que significa que o dinheiro que você possui é maior do que o dinheiro que você deve. Não desanime se for negativo. À medida que você continua pagando seus empréstimos, seu patrimônio líquido aumentará gradualmente. 

No entanto, outra coisa crítica no gerenciamento de ativos é que tipo de ativos você precisa possuir. Você deve sempre tentar possuir os ativos que aumentam de valor e envolvem menor custo de manutenção. No final, é tudo sobre o quanto você pode realmente usar. Simplesmente acumular coisas que você não precisa leva a bloquear dinheiro em coisas improdutivas. Será sábio estar ciente do que você realmente usa e do que pode se livrar.

Planejamento financeiro pessoal para aumentar seu patrimônio

Acredite ou não! Cada um de nós tem uma propriedade. Seja seu veículo ou sua casa; o dinheiro que se encontra na sua conta corrente e poupança, cada ativo constitui uma propriedade. É sua responsabilidade decidir o que acontece com eles quando chegar a hora. 

Você precisa garantir que o ativo certo seja atribuído ao indivíduo apropriado da maneira correta. Em última análise, você precisa pensar sobre o planejamento imobiliário. Muitas vezes, os indivíduos interpretam erroneamente que o planejamento imobiliário é destinado apenas aos ricos. No entanto, a realidade é totalmente oposta. É relevante para todas as pessoas que não podem deixar seus bens nas mãos do indesejado depois que ele não está por perto. 

A maioria de nós pode nunca ter pensado em fazer um planejamento imobiliário. Alguns de nós podem estar adiando para uma data posterior. Mas esta é uma abordagem errada. Você pode começar o planejamento imobiliário assim que começar a acumular ativos. Você pode começar preparando um inventário dos ativos que possui. Crie uma lista de beneficiários e proporção de ativos que deseja alocar a cada um deles. 

Prepare um testamento que pode ser o melhor favor para seus entes queridos. Isso garantirá que os beneficiários não tenham que enfrentar desafios para obter a propriedade dos ativos. Caso você não saiba como fazer as coisas, consulte um advogado experiente.

Faça sua simulação aqui no UP Consórcios para aplicar seu dinheiro corretamente. Aqui no UP você encontra as melhores condições do mercado para ter um ótimo planejamento financeiro.

Outras matérias relacionadas

03/2022

Como fazer Consórcio de Dinheiro

O Consórcio de Dinheiro funciona basicamente da mesma forma que o de um automóvel ou imóvel, por exemplo. Confira nossa postagem e saiba mais!

03/2022

Consórcio em andamento: veja como funciona!

O consórcio é uma modalidade de compra de bens e serviços que está conquistando a confiança de brasileiros. Acesse e veja como funciona consórcio em andamento!

03/2022

Como Conquistar a Casa Própria em 2022?

Embora possuir uma casa seja um grande passo que exige altos custos iniciais, há muitas vantagens no consórcio para simplificar esse processo. Leia mais aqui!

Como definir um bom planejamento financeiro pessoal

Como definir um bom planejamento financeiro pessoal

Quando se trata de seu dinheiro e de seus planos, pode ser difícil equilibrar desejos que são de curto prazo e sonhos a longo prazo e aqueles eventos inesperados que estão fora de seu controle.

Desde os mantimentos que você precisa, até a aposentadoria que você deseja e a conta do conserto do carro que está se aproximando, pode ser difícil descobrir como lidar com as contas ao mesmo tempo em que planeja o futuro.

Trouxemos para você um guia para que você consiga criar um planejamento financeiro pessoal e ajudar a colocar seu dinheiro em ordem. 

Tudo bem se você já iniciou algumas dessas etapas. Também está tudo bem se você não tiver dado o passo inicial. Basta começar com uma tarefa e continuar. Ou apenas enfrente a coisa toda em um fim de semana longo e chuvoso com um grande bule de café e um cachorro aos seus pés. 

8 Dicas para definir um planejamento financeiro pessoal 

1) Estabeleça metas financeiras

É sempre bom ter uma ideia clara de por que você está economizando seu dinheiro suado. Pense nisso usando nossa planilha de metas financeiras (PDF) .

2) Crie um orçamento

Considere este o seu fluxo de caixa mensal e plano de poupança/investimento. Dê a si mesmo permissão para decidir para onde e como enviar seu dinheiro com nossa planilha de orçamento (PDF).

Como definir um bom planejamento financeiro pessoal

3) Plano de impostos

Pode ajudar bastante a manter mais do seu dinheiro no próximo ano. Nossa planilha de planejamento te ajudará a pensar em possíveis créditos e deduções de imposto de renda.

4) Construir um fundo de emergência 

Todo o planejamento do mundo não ajudará se a vida lhe der uma bola curva e você não estiver preparado financeiramente. É aí que um fundo de emergência vem a calhar. Nosso questionário ajudará você a decidir quando usar essas economias.

5) Gerenciar dívida 

Compreender e gerenciar a dívida é uma parte fundamental da criação de um planejamento financeiro pessoal. Use sempre nossa planilha de gerenciamento de dívidas para registrar seus números e encontrar o equilíbrio certo.

6) Plano para aposentadoria 

Mesmo que esteja longe, pense no que você quer que seu dinheiro faça por você quando se aposentar e crie um plano para que isso aconteça. Nossa lista de verificação de poupança para aposentadoria te ajudará muito nesse momento.

7) Crie um plano imobiliário 

Você não precisa ser rico, velho, casado ou pai para precisar de um plano imobiliário, que também define quem toma as decisões financeiras e de saúde para você, se você não puder tomá-las sozinho. Com um planejamento financeiro pessoal bem definido, será possível alcançar grandes conquistas. 

8) Gerencie seu dinheiro

Administrar o próprio dinheiro não precisa ser algo chato. Não é ciência de foguetes e você não precisa ser de origem financeira. Você só precisa ter um pouco de compromisso. 

Qual a importância em definir um bom planejamento financeiro pessoal?

Decidir poupar é o primeiro passo para uma boa gestão do dinheiro. Poupar dinheiro pode ser um passo poderoso para uma maior independência financeira. Imagine pedir emprestado a um amigo para aquela visita urgente ao médico! 

Caso você não tenha amigos, talvez seja necessário passar o cartão de crédito. E você sabe que o cartão de crédito é a forma mais cara de dívida. Repita isso mais algumas vezes e você acabará em uma armadilha da dívida antes mesmo de perceber isso. 

Você pode ter muitos objetivos financeiros em sua mente. Como comprar um veículo ou o mais recente smartphone ou acumulação de riqueza. Em todas essas situações, você precisa de dinheiro. Mas de onde virá? Você tem que ter a sua própria economia! 

Economizar dinheiro ajuda a evitar cair nas armadilhas da dívida. Não apenas isso, mas a poupança sistemática em uma base regular pode torná-lo rico. Você pode atingir seus objetivos financeiros em um tempo curto. Agora você pode estar se perguntando como economizar? E ainda mais importante quanto economizar? 

Assim que você receber seu salário, comece a colocá-lo sob várias cabeças. Essas cabeças podem ser despesas, EMIs, investimentos e economias.

Garanta que você economize um mínimo de 10% de sua renda todos os meses. Pode ser assim tão simples! Mas não o coloque em um cofrinho. Dinheiro ocioso em um cofrinho não cresce. Mesmo a conta bancária de poupança pode não obter retornos mais altos. 

A dica UP é que você faça um consórcio é a melhor maneira de investir seu dinheiro com segurança. Você pode entrar num grupo de consórcio de imóvel, para investir e aumentar seu patrimônio, ou utilizar o consórcio de automóvel para comprar maquinários, aumentar frotas e afins. Confira agora nossas dicas para seu planejamento financeiro pessoal dar certo: 

Regule suas despesas com sabedoria

Se você está vivendo de salário em salário e se encontra lutando por dinheiro mesmo antes do mês terminar, é provável que esteja vivendo muito além de seus meios. Talvez haja um monte de despesas não planejadas! Estes podem estar deixando você sem dinheiro para as necessidades. Mas há uma saída para isso. 

Experimente preparar um orçamento. A menos que você tenha um orçamento, você não poderá controlar seus fluxos de caixa. Um orçamento simplesmente mostra quanto dinheiro você está entrando e como esses fundos são gastos. 

Comece categorizando suas despesas em fixas e variáveis; urgentes e não urgentes; necessidades e luxo; evitáveis ​​e inevitáveis. Dessa forma, você criará um inventário completo de despesas à sua frente. Quanto mais você converter as coisas de abstratas para físicas, melhor você as dominará. 

Você pode criar uma hierarquia de necessidades e decidir quais abordar primeiro. É tudo uma questão de priorização. Você precisa aceitar que tem recursos limitados e desejos ilimitados. Mas você tem que gerenciar seus recursos. Quanto mais cedo você aceita esse fato, melhor poderá controlar seus impulsos para gastos evitáveis. 

Depois de tratar de todas as despesas necessárias, você pode alocar algum dinheiro para entretenimento e lazer. Para evitar gastos excessivos, você pode criar uma lista de mantimentos antes de visitar a loja de departamentos. Você também pode atribuir um dia sem gastos na semana. 

Certifique-se de se comprometer com o seu orçamento. Considere isso como um compromisso em vez de um fardo e mantenha os limites.

Mantenha um balanço pessoal

Ter um balanço pessoal ajuda a saber o que você possui e o que deve! É uma ferramenta muito poderosa para levar suas finanças para o próximo nível. Isso tem tudo a ver com responsabilidade ao elaborar seu planejamento financeiro pessoal. É uma declaração em que você pode anotar seus ativos e passivos. A diferença entre seus ativos e passivos mostra seu patrimônio líquido pessoal. 

Antes de começar, reúna seus extratos bancários e outras provas do passivo. Em seguida, liste seus ativos, como saldo bancário, investimentos, valor da casa e valor de outros ativos. Pegue uma soma de todos os ativos para chegar ao valor total de seus ativos. 

Além disso, liste seus passivos, como empréstimo de carro, empréstimo à habitação, saldos de cartão de crédito e saldos restantes em outros empréstimos. A soma de todos os passivos mostrará o valor do dinheiro que você deve. 

Idealmente, seu patrimônio líquido precisa ser positivo, o que significa que o dinheiro que você possui é maior do que o dinheiro que você deve. Não desanime se for negativo. À medida que você continua pagando seus empréstimos, seu patrimônio líquido aumentará gradualmente. 

No entanto, outra coisa crítica no gerenciamento de ativos é que tipo de ativos você precisa possuir. Você deve sempre tentar possuir os ativos que aumentam de valor e envolvem menor custo de manutenção. No final, é tudo sobre o quanto você pode realmente usar. Simplesmente acumular coisas que você não precisa leva a bloquear dinheiro em coisas improdutivas. Será sábio estar ciente do que você realmente usa e do que pode se livrar.

Planejamento financeiro pessoal para aumentar seu patrimônio

Acredite ou não! Cada um de nós tem uma propriedade. Seja seu veículo ou sua casa; o dinheiro que se encontra na sua conta corrente e poupança, cada ativo constitui uma propriedade. É sua responsabilidade decidir o que acontece com eles quando chegar a hora. 

Você precisa garantir que o ativo certo seja atribuído ao indivíduo apropriado da maneira correta. Em última análise, você precisa pensar sobre o planejamento imobiliário. Muitas vezes, os indivíduos interpretam erroneamente que o planejamento imobiliário é destinado apenas aos ricos. No entanto, a realidade é totalmente oposta. É relevante para todas as pessoas que não podem deixar seus bens nas mãos do indesejado depois que ele não está por perto. 

A maioria de nós pode nunca ter pensado em fazer um planejamento imobiliário. Alguns de nós podem estar adiando para uma data posterior. Mas esta é uma abordagem errada. Você pode começar o planejamento imobiliário assim que começar a acumular ativos. Você pode começar preparando um inventário dos ativos que possui. Crie uma lista de beneficiários e proporção de ativos que deseja alocar a cada um deles. 

Prepare um testamento que pode ser o melhor favor para seus entes queridos. Isso garantirá que os beneficiários não tenham que enfrentar desafios para obter a propriedade dos ativos. Caso você não saiba como fazer as coisas, consulte um advogado experiente.

Faça sua simulação aqui no UP Consórcios para aplicar seu dinheiro corretamente. Aqui no UP você encontra as melhores condições do mercado para ter um ótimo planejamento financeiro.

Últimas Postagens

Dicas para investir em imóveis através do consórcio

A seguir, você vai conferir resumidamente 4 dicas úteis para quem busca investir em imóveis por meio de um consórcio. Leia o artigo completo e saiba mais!

Existe prazo de recompra após a contemplação?

Foi contemplado e quer saber se existe prazo de recompra da sua carta de crédito? Então fique ligado, que aqui você vai tirar todas as dúvidas sobre o assunto.

Consigo fazer reativação da cota excluída?

Quer saber como fazer a reativação da cota excluída, mas não sabe como? Leia o artigo completo que preparamos para você e faça sua ativação - Infracommerce

Como funciona o consórcio de terreno?

Em um consórcio de terreno, um grupo de pessoas se reúne para alcançar o objetivo em comum. Quer saber como funciona? Continue a leitura que preparamos!

Use o FGTS para comprar seu carro

Quer saber como usar seu FGTS para comprar seu carro? Então leia este artigo que preparamos para você, tire suas dúvidas e conquiste a compra do seu automóvel.

Motivos que comprovam que o UP é o melhor consórcio nacional

Não perca mais tempo e conquiste seus objetivos com o melhor consórcio nacional, o UP! Quer saber os motivos? Então, continue lendo e comprove!
Facebook - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Instagram - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Twitter - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Linkedin - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Youtube - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Deezer - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Spotify - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis