WhatsUP - UP Consórcios
05/2022

Conheça o perfil dos consorciados brasileiros

Conheça o perfil dos consorciados brasileiros

Você está para entrar em um consórcio ou já está em um, é importante saber qual o principal perfil dos consorciados brasileiros. Veja se você se encaixa nessa!Boa leitura!

Você está para entrar em um consórcio ou já está em um, é importante saber qual o principal perfil dos consorciados brasileiros. Veja se você se encaixa nessa!
Boa leitura!

O consórcio foi criado há 60 anos como um produto financeiro essencialmente brasileiro e, quando surgiu, veio para contribuir com as famílias recém-chegadas a Brasília (ela mesma, a capital federal). 

O contexto era um país com disponibilidade de crédito muito limitada em uma época em que quase não existia. Desde então, o consórcio permaneceu resiliente a todas as crises. Por exemplo, a participação do modelo de negócios no Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil no primeiro semestre deste ano foi de 7,3%, o equivalente a 3,4 trilhões de reais, segundo o Banco Central.

No início, o consórcio era focado em aquisições de automóveis, e adquiriu novas opções na década de 70, com a aprovação do Decreto 70.951/72, que passou a tratar isso de forma mais geral. Ao longo dos anos, as mudanças aconteceram até chegar ao leque de opções de consórcio: imobiliário, automóveis, motocicletas, máquinas/equipamentos agrícolas e serviços diversos. Em 2008, ocorreu um marco no sistema de consórcios da Lei 11.795, que trouxe melhorias e benefícios a todos por meio das regras da Lei de Defesa do Consumidor.

Ao longo dos anos, o perfil do consorciado também mudou. Atualmente são 7 milhões e 630 mil consorciados ativos, de acordo com a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcio (Abac). Quer saber mais sobre o assunto? Fica ligadinho que vamos te contar. 

Conheça o perfil dos consorciados brasileiros

Qual o perfil dos consorciados brasileiros? 

Para não fugir da ordem cronológica que iniciamos acima. Vale também considerar que o perfil dos consorciados em 2015, por exemplo, sentiu mais uma mudança, pois a classe C despontava predominância com 44% e o público masculino com 60% de participação. 

Entre 2016 e 2017, os participantes casados ​​chegaram a 69%, fortalecendo a base familiar do consórcio. A categoria C seguiu predominante com 46%. Em 2018, o perfil dos consorciados continuou sendo masculina, com os homens representando 67%; e, mais familiarmente, 65% dos casados ​​voltaram a dominar a base familiar. No mesmo período, houve mais participantes nas categorias C e D, 73%, 39% na C e 34% na D. O consórcio é acessível a todos, independentemente das condições sociais.

Perfil dos consorciados em 2022

A expectativa é que o consórcio seja uma modalidade ainda mais propensa à expansão. Em 2020, o sistema alcançou resultados notáveis para demonstrar que o consórcio está indo muito mais além do que nos anos anteriores. 

285.450 ações foram vendidas em janeiro, um aumento de 48,9% em relação ao mesmo período de 2019. Além disso, na comparação com janeiro de 2019 e janeiro de 2020, o número de consorciados ativos atingiu 7,19 milhões, que se manteve estável; as operações de crédito ultrapassaram 12,4 bilhões de reais, um aumento de 59,9%; mais de 106,6 mil pessoas, um aumento de 3,1%; 4,30 bilhões de reais é a quantidade de crédito disponível, alta de 23%. O modelo vendeu 1,21 milhão de novas ações no final do ano, com uma subscrição total de 2,77 milhões de ações de janeiro de 2020 a novembro de 2020.

Embora o perfil dos consorciados tenha mudado de ano para ano, essa forma de negócio tem se mostrado resiliente durante a crise, pois é um caminho alternativo diante da alta inflação e da baixa taxa básica de juros [SELIC] - responsável por orientar a lucratividade das empresas com renda fixa, quase não há renda no momento. O cenário de pandemia acirrou a busca dos consumidores por uma melhor qualidade de vida, por meio de reformas residenciais ou imóveis maiores que tragam mais conforto às residências e até mesmo veículos para possibilitar o deslocamento para longe das aglomerações urbanas.

Como funciona o consórcio? 

O consórcio é um investimento regulamentado pelo Banco Central. Hoje, a poupança já não é mais um diferencial para quem quer segurança ao comprar bens de alto valor. Com isso, o consórcio tornou-se a maneira mais segura de poupar e aumentar patrimônio. O dinheiro fica bem guardado durante todo o processo, passa por reajustes e, ao final, o consorciado vai receber sua recompensa na forma do bem almejado.

Outra questão a considerar é que a carta contemplada, porém não utilizada, fica em um fundo de investimento de curto prazo, oferecendo rendimentos mensais. A grande sacada aqui é que o consorciado tem rendimentos sobre o crédito contratado, ou seja, se ele foi contemplado em uma carta de 200 mil, por exemplo, e pagou apenas 40 mil reais, ainda assim os rendimentos são sobre o crédito disponível. Imagine tirar aqueles 40 mil investidos em um fundo, usar como lance em uma carta de 200 mil e passar a receber rendimentos sobre os 200 mil? Ainda acha que consórcio não é investimento seguro?

Dessa forma, o que acontece no consórcio é isso: é possível poupar e receber o dinheiro poupado ao final de tudo, seja na forma de um bem, seja na forma de dinheiro (apenas a taxa administrativa não é devolvida).

Como receber a carta de crédito no consórcio? 

Conquistar a carta de crédito é a parte mais esperada quando se entra no consórcio. Para recebê-la é necessário passar pelos sorteios, a finalidade ali é decidir quem fica com o crédito para a compra do bem - os sorteios são feitos entre os membros do grupo. Contribuindo até o final do prazo estabelecido, mesmo após serem contemplados, todos conseguem conquistar seu objetivo, uns antes outros depois. 

Esta é a explicação básica. Porém, em um consórcio vamos bem além disso. Reunindo um bom número de pessoas, temos saldo suficiente para contemplar diversas cotas e não somente uma via sorteio. Realizados durante as assembleias mensais, esse processo proporciona chances iguais a todos os participantes que estejam com os pagamentos em dia. 

Outra alternativa, que possibilita antecipar a contemplação, é ofertar lance com um percentual do valor do crédito. Saiba que a quantidade de cotas contempladas via lance depende da administradora e da quantidade do saldo disponível no grupo.

Os meses passam e, junto a essa condição, as chances de ser contemplado por lance sempre aumentam, isso ocorre porque os participantes que já receberam a carta de crédito não concorrem mais na disputa. Cada administradora de consórcio tem uma forma de realizar as premiações, aqui no UP Consórcios nos baseamos nos números extraídos no sorteio da Loteria Federal. 

Não perca mais tempo! No UP Consórcios você encontra as melhores condições do mercado de consórcio do Brasil Faça uma simulação e comprove! 

Outras matérias relacionadas

03/2022

Principais cuidados na hora de comprar carro usado

Está pensando em fazer a compra de um seminovo? Revelamos os principais cuidados na hora de comprar carro usado.

03/2022

Semana das Crianças: dicas de atividades com crianças na quarentena

Semana das Crianças: Acesse nossa postagem e confira as melhores dicas de atividades com crianças na quarentena. UP Consórcios - O Novo Consórcio!

03/2022

Solucionamos as principais dúvidas sobre Consórcio de Auto

Comprar o primeiro carro ou trocar o atual é o desejo de muita gente, não é mesmo? Nós solucionamos as principais dúvidas sobre Consórcio de Auto. Confira!

Conheça o perfil dos consorciados brasileiros

Conheça o perfil dos consorciados brasileiros

Você está para entrar em um consórcio ou já está em um, é importante saber qual o principal perfil dos consorciados brasileiros. Veja se você se encaixa nessa!
Boa leitura!

O consórcio foi criado há 60 anos como um produto financeiro essencialmente brasileiro e, quando surgiu, veio para contribuir com as famílias recém-chegadas a Brasília (ela mesma, a capital federal). 

O contexto era um país com disponibilidade de crédito muito limitada em uma época em que quase não existia. Desde então, o consórcio permaneceu resiliente a todas as crises. Por exemplo, a participação do modelo de negócios no Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil no primeiro semestre deste ano foi de 7,3%, o equivalente a 3,4 trilhões de reais, segundo o Banco Central.

No início, o consórcio era focado em aquisições de automóveis, e adquiriu novas opções na década de 70, com a aprovação do Decreto 70.951/72, que passou a tratar isso de forma mais geral. Ao longo dos anos, as mudanças aconteceram até chegar ao leque de opções de consórcio: imobiliário, automóveis, motocicletas, máquinas/equipamentos agrícolas e serviços diversos. Em 2008, ocorreu um marco no sistema de consórcios da Lei 11.795, que trouxe melhorias e benefícios a todos por meio das regras da Lei de Defesa do Consumidor.

Ao longo dos anos, o perfil do consorciado também mudou. Atualmente são 7 milhões e 630 mil consorciados ativos, de acordo com a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcio (Abac). Quer saber mais sobre o assunto? Fica ligadinho que vamos te contar. 

Conheça o perfil dos consorciados brasileiros

Qual o perfil dos consorciados brasileiros? 

Para não fugir da ordem cronológica que iniciamos acima. Vale também considerar que o perfil dos consorciados em 2015, por exemplo, sentiu mais uma mudança, pois a classe C despontava predominância com 44% e o público masculino com 60% de participação. 

Entre 2016 e 2017, os participantes casados ​​chegaram a 69%, fortalecendo a base familiar do consórcio. A categoria C seguiu predominante com 46%. Em 2018, o perfil dos consorciados continuou sendo masculina, com os homens representando 67%; e, mais familiarmente, 65% dos casados ​​voltaram a dominar a base familiar. No mesmo período, houve mais participantes nas categorias C e D, 73%, 39% na C e 34% na D. O consórcio é acessível a todos, independentemente das condições sociais.

Perfil dos consorciados em 2022

A expectativa é que o consórcio seja uma modalidade ainda mais propensa à expansão. Em 2020, o sistema alcançou resultados notáveis para demonstrar que o consórcio está indo muito mais além do que nos anos anteriores. 

285.450 ações foram vendidas em janeiro, um aumento de 48,9% em relação ao mesmo período de 2019. Além disso, na comparação com janeiro de 2019 e janeiro de 2020, o número de consorciados ativos atingiu 7,19 milhões, que se manteve estável; as operações de crédito ultrapassaram 12,4 bilhões de reais, um aumento de 59,9%; mais de 106,6 mil pessoas, um aumento de 3,1%; 4,30 bilhões de reais é a quantidade de crédito disponível, alta de 23%. O modelo vendeu 1,21 milhão de novas ações no final do ano, com uma subscrição total de 2,77 milhões de ações de janeiro de 2020 a novembro de 2020.

Embora o perfil dos consorciados tenha mudado de ano para ano, essa forma de negócio tem se mostrado resiliente durante a crise, pois é um caminho alternativo diante da alta inflação e da baixa taxa básica de juros [SELIC] - responsável por orientar a lucratividade das empresas com renda fixa, quase não há renda no momento. O cenário de pandemia acirrou a busca dos consumidores por uma melhor qualidade de vida, por meio de reformas residenciais ou imóveis maiores que tragam mais conforto às residências e até mesmo veículos para possibilitar o deslocamento para longe das aglomerações urbanas.

Como funciona o consórcio? 

O consórcio é um investimento regulamentado pelo Banco Central. Hoje, a poupança já não é mais um diferencial para quem quer segurança ao comprar bens de alto valor. Com isso, o consórcio tornou-se a maneira mais segura de poupar e aumentar patrimônio. O dinheiro fica bem guardado durante todo o processo, passa por reajustes e, ao final, o consorciado vai receber sua recompensa na forma do bem almejado.

Outra questão a considerar é que a carta contemplada, porém não utilizada, fica em um fundo de investimento de curto prazo, oferecendo rendimentos mensais. A grande sacada aqui é que o consorciado tem rendimentos sobre o crédito contratado, ou seja, se ele foi contemplado em uma carta de 200 mil, por exemplo, e pagou apenas 40 mil reais, ainda assim os rendimentos são sobre o crédito disponível. Imagine tirar aqueles 40 mil investidos em um fundo, usar como lance em uma carta de 200 mil e passar a receber rendimentos sobre os 200 mil? Ainda acha que consórcio não é investimento seguro?

Dessa forma, o que acontece no consórcio é isso: é possível poupar e receber o dinheiro poupado ao final de tudo, seja na forma de um bem, seja na forma de dinheiro (apenas a taxa administrativa não é devolvida).

Como receber a carta de crédito no consórcio? 

Conquistar a carta de crédito é a parte mais esperada quando se entra no consórcio. Para recebê-la é necessário passar pelos sorteios, a finalidade ali é decidir quem fica com o crédito para a compra do bem - os sorteios são feitos entre os membros do grupo. Contribuindo até o final do prazo estabelecido, mesmo após serem contemplados, todos conseguem conquistar seu objetivo, uns antes outros depois. 

Esta é a explicação básica. Porém, em um consórcio vamos bem além disso. Reunindo um bom número de pessoas, temos saldo suficiente para contemplar diversas cotas e não somente uma via sorteio. Realizados durante as assembleias mensais, esse processo proporciona chances iguais a todos os participantes que estejam com os pagamentos em dia. 

Outra alternativa, que possibilita antecipar a contemplação, é ofertar lance com um percentual do valor do crédito. Saiba que a quantidade de cotas contempladas via lance depende da administradora e da quantidade do saldo disponível no grupo.

Os meses passam e, junto a essa condição, as chances de ser contemplado por lance sempre aumentam, isso ocorre porque os participantes que já receberam a carta de crédito não concorrem mais na disputa. Cada administradora de consórcio tem uma forma de realizar as premiações, aqui no UP Consórcios nos baseamos nos números extraídos no sorteio da Loteria Federal. 

Não perca mais tempo! No UP Consórcios você encontra as melhores condições do mercado de consórcio do Brasil Faça uma simulação e comprove! 

Últimas Postagens

Tabela de consórcio: o que é e como funciona?

A tabela de consórcio é um documento que contém todas as informações sobre valores de união. Essa é uma informação básica e você deve ficar atento a ela!

Consórcio de Van para quem quer empreender

Já pensou em um consórcio de van para abrir seu próprio negócio? Nos acompanhe na leitura e veja os benefícios deste investimento. Boa leitura!

Rendimento melhor que poupança

Quer investir seu dinheiro, mas em algo com um rendimento melhor que poupança? Nos acompanhe na leitura que preparamos e descubra as vantagens do consórcio.

Invista em Consorcios no pós pandemia

Invista em consórcio! Confira, neste artigo, os benefícios desta modalidade de investimento, mesmo em meio a crise deixada pela pandemia. Saiba mais!

No UP Consórcios o que importa é a experiência do cliente

Tornar a experiência do cliente positiva não é tarefa fácil. Muitas vezes envolve uma mudança de perspectiva, estratégia, cultura e liderança da empresa.

Meu Consórcio Digital é UP!

Sabe aquela satisfação em afirmar "meu consórcio é UP"? Se você não sabe, é porque ainda não contratou nossos serviços. Leia e saiba como funciona!
Facebook - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Instagram - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Twitter - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Linkedin - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Youtube - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Deezer - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Spotify - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis