WhatsUP - UP Consórcios
07/2021

Conheça o UP: Consórcio sem taxa de administração

O consórcio não cobra juros ou entrada para fornecer o crédito. A empresa de consórcio é remunerada pela taxa de administração, que no UP consórcio só é cobrada após a contemplação.

Quando foi implementado, a ideia era impulsionar o mercado automobilístico, que apresentava altas taxas de crescimento no país após a política de modernização do presidente Juscelino Kubitschek.

Com a dificuldade da liberação de crédito das instituições financeiras, o consórcio possibilitou a muitos brasileiros realizarem o sonho do carro novo

Desde o seu surgimento, o consórcio mostrou-se a melhor opção para quem deseja realizar uma compra planejada.

Vale ressaltar que nenhum consórcio cobra juros ou entrada para liberar o crédito. A administradora de consórcio é remunerada pela taxa de administração que é fixa e diluída nas parcelas. O primeiro e grande diferencial aqui no UP Consórcios é que só cobramos taxa após a contemplação após a contemplação. 

Cálculo das taxas de Consórcio no UP

Nas empresas convencionais de consórcio, a taxa de administração já é inclusa a partir da primeira mensalidade, assim como o fundo de reserva.

O UP, porém, é mais prático e econômico. Primeiramente, não cobramos fundo de reserva em nenhum momento do plano.

Já a taxa de administração, só é cobrada a partir da contemplação. Ou seja, enquanto você estiver pagando as mensalidades sem ter o crédito disponível para compra, você tem o desconto de 100% da taxa de administração.

O melhor de tudo é que este valor não é cobrado de forma retroativa, clarooooo!

Bora exemplificar: 

Uma cota de auto R$ 50 mil em 50 meses no UP:

50 meses de R$ 1.000,00

Após a contemplação e a parcela tem o acréscimo da taxa administrativa de 0,35% sobre o crédito, ou seja, R$175,00.

Se a contemplação por sorteio acontecer no décimo mês, por exemplo, o cliente vai pagar:

10 meses de R$ 1.000,00 +

40 meses de R$ 1.175,00

Se a contemplação acontecer na última parcela, o cliente não vai pagar nada, NADINHA de taxa e ainda vai receber as atualizações do crédito (IPCA).

Já uma cota de auto de R$ 50 mil em 50 meses no consórcio tradicional:

50 meses de R$ 1.250,00 (em média) e, independentemente da data ou forma de contemplação, o consorciado vai pagar o mesmo valor de taxa.

Qualquer lance ofertado que seja suficiente para contemplar a cota, vai abater no saldo devedor, diminuindo o prazo ou o valor das parcelas. Segue um exemplo, considerando a mesma carta de crédito de 50 mil em 50 meses:

No UP consórcios: 

50 parcelas de R$ 1.000,00 até e contemplação e R$ 1.175,00 após.

Um lance de R$ 15 mil vai abater 15 parcelas (o lance é calculado sobre as parcelas sem taxa neste caso)

No consórcio tradicional:

50 parcelas de R$ 1.250,00.

Um lance de 15 mil vai abater apenas 12 parcelas (o lance é calculado sobre as parcelas já com taxa).

Todos os valores e comparativos estão disponíveis no nosso simulador. Essa transparência permite que o consorciado possa planejar a longo prazo o investimento em um bem de alto valor.

Mas você deve estar se perguntando: Como consegue oferecer um consórcio livre de taxas até a contemplação?

Investimos em tecnologia para oferecer uma jornada de compra e atendimento 100% digitais e, sem intermediários comissionados, conseguimos oferecer o menor custo para você. Mas, se precisar de ajuda, nossa equipe de Uppers está sempre disponível para esclarecer todas as suas dúvidas mas sem tirar sua autonomia na hora de escolher a parcela e o plano que você preferir!

Cálculo das taxas de Consórcio

Assim como o imóvel, a taxa de administração para o consórcio de automóveis no UP também é de 0,35%. O percentual só passa a incidir nas parcelas após a contemplação.

Em resumo, o cálculo da taxa de administração funciona da seguinte forma:

Crédito / Prazo restante = valor + 0.35% (imóvel e automóvel) ou valor + 0.45% (serviço).

E o consórcio tradicional? Como funciona?

O Consórcio surgiu no Brasil há muito tempo. O objetivos foi impulsionar o mercado automobilístico, que apresentava altas taxas de crescimento no país após a política de modernização do presidente Juscelino Kubitschek. Com a dificuldade da liberação de crédito das instituições financeiras, o consórcio  permitiu que muitos brasileiros realizassem o sonho do carro novo

Desde o seu surgimento, o consórcio mostrou-se a uma excelente opção para quem deseja fazer uma compra planejada e livre de juros

Consorcio sem Taxa de Administração, só UP Consórcios!

Sem cobrança de juros e de entrada, os consórcios se tornaram a grande aposta para investir em um bem com parcelas que se ajustam seu orçamento.

Desde o seu surgimento, o sucesso foi tão grande, que não demorou para o consórcio oferecer outras possibilidades de créditos. De videocassetes (lembra deles?) à casa própria, o consórcio ajudou muitas famílias e consumidores a se planejarem melhor, principalmente para compras de alto valor. 

Tanto que, mesmo com  um aumento na oferta de crédito por parte dos bancos e demais instituições financeiras, o consórcio se mantém como uma modalidade de crédito que só cresce no Brasil e tem ajudado muitas pessoas a se planejar conquistar todo tipo de objetivo, como automóveis e imóveis

Nos últimos anos, a categoria tem se reinventado ainda mais, adicionando ao portfólio o segmento de  serviços. Com cartas de crédito de menor valor, também é possível investir em viagens, cursos, cirurgias estéticas, festas, reformas e até mesmo na festa de casamento.

Consorcio funciona assim: ao investir em uma carta de crédito, o consorciado ingressa em um grupo, que reúne outros consorciados com interesses parecidos, por exemplo a compra de um automóvel.

Antes disso, é preciso escolher o bem em que se quer investir. 

Cada bem tem uma faixa de carta de crédito: por exemplo, consórcio automotivo possui cartas a partir de R$ 30 mil, que seria correspondente ao valor total de um carro (novo ou seminovo); já o consórcio imobiliário opera com uma faixa mais elevada, a partir de R$ 120 mil, e em até 180 parcelas.

A escolha da carta de crédito é feita pelo cliente consumidor. É possível fazer uma simulação online a partir do valor da carta e a quantidade de mensalidades que deseja pagar. Isso permite ajustar a mensalidade do consórcio ao seu orçamento. 

O ideal é que as parcelas não ultrapassem 30% dos seus rendimentos mensais.

Porém, em busca de oferecer um serviço mais ajustado às necessidades do consumidor moderno, o UP oferece uma modalidade de consórcio bem diferente do tradicional. Já te contamos que reinventamos o consórcio para uma modalidade mais justa e acessível?!

Consórcio não tem juros, nem o UP nem o Tradicional

Diferentemente do financiamento, o nenhum consórcio não cobra juros ou entrada para a compra do bem. 

A administradora empresa de consórcio é remunerada pelo acréscimo da taxa de administração nas parcelas. Ela serve para suprir os custos com a gestão dos grupos, remunerar a gestão das cartas, a formação dos grupos e a realização das assembleias mensais, estrutura de atendimento e assessoria entre tantas outras despesas que envolvem a operação e, claro remunerar a empresa, em que são sorteados os bens aos integrantes do grupo, estrutura de atendimento e assessoria entre tantas outras despesas que envolvem a operação e, claro remunerar a empresa.

Além disso, é comum que as empresas de consórcio façam a cobrança do fundo de reserva, para cobrir custos com a inadimplências dos consorciados. E, como opção, cobram um adicional de seguro de, opcional para eventuais quebras de garantias, seguro de vida e seguro-desemprego., caso o consorciado perca o emprego.

Entenda melhor sobre o que é Taxa de Administração no Consorcio.

Consórcio sem Taxa de Administração - UP Consorcios

Qual a diferença da taxa de administração e dos juros no Consórcio?

Muitas pessoas têm dúvidas a respeito do consórcio e acabam comparando a taxa de administração aos juros, que são comuns em financiamento.

Ao optar por financiar um carro ou casa pela instituição financeira, além do valor de entrada, o consumidor deve arcar com altas taxas de juros, que são cobradas mensal e anualmente. 

Tanto que é comum alguns compradores pagarem o dobro ou até mais pelo bem do que ele realmente vale por meio do financiamento.

Quando se trata de financiar um apartamento na planta, por exemplo, você não paga juros inicialmente, mas o consumidor também deve estar atento às parcelas intermediárias, que são cobradas semestralmente e anualmente e podem comprometer o seu orçamento mensal. Na entrega do imóvel ele deverá ingressar em um financiamento convencional.

A taxa de administração é um valor já definido no momento em que se fecha o consórcio. Ela é em média 23% total do bem e é diluída nas parcelas.

Com o UP, há uma vantagem adicional: a taxa de administração só passa a ser cobrada depois da contemplação.

Quanto mais você demorar para receber o bem, menos terá que pagar de taxa de administração. E, como já explicamos, esse valor não é cobrado de forma retroativa.

Por isso, o UP é a solução mais adequada para quem deseja realizar a compra de um imóvel, automóvel ou diversos serviços de forma planejada. 

Sem pressa e com mensalidades que se ajustam ao seu orçamento, você pode aumentar seu patrimônio de forma tranquila, com a segurança da operação de uma das empresas de consórcio mais admiradas do segmento: a Embracon.

Outras matérias relacionadas

07/2021

O que vale mais a pena: alugar ou comprar imóvel?

Alugar ou comprar imóvel: o que é melhor financeiramente? Essa questão realmente não é tão fácil de resolver assim. Acesse nossa postagem e saiba mais!

07/2021

Como frear o consumo na quarentena

Com esse artigo você vai descobrir: Como frear o consumo na quarentena. Confira e use essas dicas para economizar e se planejar financeiramente neste tempo!

10/2021

Consórcio agropecuário: como a compra parcelada pode te auxiliar

O consórcio agropecuário é ideal para quem precisa adquirir crédito no campo, neste artigo, apresentaremos todas as vantagens desse negócio.

Conheça o UP: Consórcio sem taxa de administração

Conheça o UP: Consórcio sem taxa de administração

Quando foi implementado, a ideia era impulsionar o mercado automobilístico, que apresentava altas taxas de crescimento no país após a política de modernização do presidente Juscelino Kubitschek.

Com a dificuldade da liberação de crédito das instituições financeiras, o consórcio possibilitou a muitos brasileiros realizarem o sonho do carro novo

Desde o seu surgimento, o consórcio mostrou-se a melhor opção para quem deseja realizar uma compra planejada.

Vale ressaltar que nenhum consórcio cobra juros ou entrada para liberar o crédito. A administradora de consórcio é remunerada pela taxa de administração que é fixa e diluída nas parcelas. O primeiro e grande diferencial aqui no UP Consórcios é que só cobramos taxa após a contemplação após a contemplação. 

Cálculo das taxas de Consórcio no UP

Nas empresas convencionais de consórcio, a taxa de administração já é inclusa a partir da primeira mensalidade, assim como o fundo de reserva.

O UP, porém, é mais prático e econômico. Primeiramente, não cobramos fundo de reserva em nenhum momento do plano.

Já a taxa de administração, só é cobrada a partir da contemplação. Ou seja, enquanto você estiver pagando as mensalidades sem ter o crédito disponível para compra, você tem o desconto de 100% da taxa de administração.

O melhor de tudo é que este valor não é cobrado de forma retroativa, clarooooo!

Bora exemplificar: 

Uma cota de auto R$ 50 mil em 50 meses no UP:

50 meses de R$ 1.000,00

Após a contemplação e a parcela tem o acréscimo da taxa administrativa de 0,35% sobre o crédito, ou seja, R$175,00.

Se a contemplação por sorteio acontecer no décimo mês, por exemplo, o cliente vai pagar:

10 meses de R$ 1.000,00 +

40 meses de R$ 1.175,00

Se a contemplação acontecer na última parcela, o cliente não vai pagar nada, NADINHA de taxa e ainda vai receber as atualizações do crédito (IPCA).

Já uma cota de auto de R$ 50 mil em 50 meses no consórcio tradicional:

50 meses de R$ 1.250,00 (em média) e, independentemente da data ou forma de contemplação, o consorciado vai pagar o mesmo valor de taxa.

Qualquer lance ofertado que seja suficiente para contemplar a cota, vai abater no saldo devedor, diminuindo o prazo ou o valor das parcelas. Segue um exemplo, considerando a mesma carta de crédito de 50 mil em 50 meses:

No UP consórcios: 

50 parcelas de R$ 1.000,00 até e contemplação e R$ 1.175,00 após.

Um lance de R$ 15 mil vai abater 15 parcelas (o lance é calculado sobre as parcelas sem taxa neste caso)

No consórcio tradicional:

50 parcelas de R$ 1.250,00.

Um lance de 15 mil vai abater apenas 12 parcelas (o lance é calculado sobre as parcelas já com taxa).

Todos os valores e comparativos estão disponíveis no nosso simulador. Essa transparência permite que o consorciado possa planejar a longo prazo o investimento em um bem de alto valor.

Mas você deve estar se perguntando: Como consegue oferecer um consórcio livre de taxas até a contemplação?

Investimos em tecnologia para oferecer uma jornada de compra e atendimento 100% digitais e, sem intermediários comissionados, conseguimos oferecer o menor custo para você. Mas, se precisar de ajuda, nossa equipe de Uppers está sempre disponível para esclarecer todas as suas dúvidas mas sem tirar sua autonomia na hora de escolher a parcela e o plano que você preferir!

Cálculo das taxas de Consórcio

Assim como o imóvel, a taxa de administração para o consórcio de automóveis no UP também é de 0,35%. O percentual só passa a incidir nas parcelas após a contemplação.

Em resumo, o cálculo da taxa de administração funciona da seguinte forma:

Crédito / Prazo restante = valor + 0.35% (imóvel e automóvel) ou valor + 0.45% (serviço).

E o consórcio tradicional? Como funciona?

O Consórcio surgiu no Brasil há muito tempo. O objetivos foi impulsionar o mercado automobilístico, que apresentava altas taxas de crescimento no país após a política de modernização do presidente Juscelino Kubitschek. Com a dificuldade da liberação de crédito das instituições financeiras, o consórcio  permitiu que muitos brasileiros realizassem o sonho do carro novo

Desde o seu surgimento, o consórcio mostrou-se a uma excelente opção para quem deseja fazer uma compra planejada e livre de juros

Consorcio sem Taxa de Administração, só UP Consórcios!

Sem cobrança de juros e de entrada, os consórcios se tornaram a grande aposta para investir em um bem com parcelas que se ajustam seu orçamento.

Desde o seu surgimento, o sucesso foi tão grande, que não demorou para o consórcio oferecer outras possibilidades de créditos. De videocassetes (lembra deles?) à casa própria, o consórcio ajudou muitas famílias e consumidores a se planejarem melhor, principalmente para compras de alto valor. 

Tanto que, mesmo com  um aumento na oferta de crédito por parte dos bancos e demais instituições financeiras, o consórcio se mantém como uma modalidade de crédito que só cresce no Brasil e tem ajudado muitas pessoas a se planejar conquistar todo tipo de objetivo, como automóveis e imóveis

Nos últimos anos, a categoria tem se reinventado ainda mais, adicionando ao portfólio o segmento de  serviços. Com cartas de crédito de menor valor, também é possível investir em viagens, cursos, cirurgias estéticas, festas, reformas e até mesmo na festa de casamento.

Consorcio funciona assim: ao investir em uma carta de crédito, o consorciado ingressa em um grupo, que reúne outros consorciados com interesses parecidos, por exemplo a compra de um automóvel.

Antes disso, é preciso escolher o bem em que se quer investir. 

Cada bem tem uma faixa de carta de crédito: por exemplo, consórcio automotivo possui cartas a partir de R$ 30 mil, que seria correspondente ao valor total de um carro (novo ou seminovo); já o consórcio imobiliário opera com uma faixa mais elevada, a partir de R$ 120 mil, e em até 180 parcelas.

A escolha da carta de crédito é feita pelo cliente consumidor. É possível fazer uma simulação online a partir do valor da carta e a quantidade de mensalidades que deseja pagar. Isso permite ajustar a mensalidade do consórcio ao seu orçamento. 

O ideal é que as parcelas não ultrapassem 30% dos seus rendimentos mensais.

Porém, em busca de oferecer um serviço mais ajustado às necessidades do consumidor moderno, o UP oferece uma modalidade de consórcio bem diferente do tradicional. Já te contamos que reinventamos o consórcio para uma modalidade mais justa e acessível?!

Consórcio não tem juros, nem o UP nem o Tradicional

Diferentemente do financiamento, o nenhum consórcio não cobra juros ou entrada para a compra do bem. 

A administradora empresa de consórcio é remunerada pelo acréscimo da taxa de administração nas parcelas. Ela serve para suprir os custos com a gestão dos grupos, remunerar a gestão das cartas, a formação dos grupos e a realização das assembleias mensais, estrutura de atendimento e assessoria entre tantas outras despesas que envolvem a operação e, claro remunerar a empresa, em que são sorteados os bens aos integrantes do grupo, estrutura de atendimento e assessoria entre tantas outras despesas que envolvem a operação e, claro remunerar a empresa.

Além disso, é comum que as empresas de consórcio façam a cobrança do fundo de reserva, para cobrir custos com a inadimplências dos consorciados. E, como opção, cobram um adicional de seguro de, opcional para eventuais quebras de garantias, seguro de vida e seguro-desemprego., caso o consorciado perca o emprego.

Entenda melhor sobre o que é Taxa de Administração no Consorcio.

Consórcio sem Taxa de Administração - UP Consorcios

Qual a diferença da taxa de administração e dos juros no Consórcio?

Muitas pessoas têm dúvidas a respeito do consórcio e acabam comparando a taxa de administração aos juros, que são comuns em financiamento.

Ao optar por financiar um carro ou casa pela instituição financeira, além do valor de entrada, o consumidor deve arcar com altas taxas de juros, que são cobradas mensal e anualmente. 

Tanto que é comum alguns compradores pagarem o dobro ou até mais pelo bem do que ele realmente vale por meio do financiamento.

Quando se trata de financiar um apartamento na planta, por exemplo, você não paga juros inicialmente, mas o consumidor também deve estar atento às parcelas intermediárias, que são cobradas semestralmente e anualmente e podem comprometer o seu orçamento mensal. Na entrega do imóvel ele deverá ingressar em um financiamento convencional.

A taxa de administração é um valor já definido no momento em que se fecha o consórcio. Ela é em média 23% total do bem e é diluída nas parcelas.

Com o UP, há uma vantagem adicional: a taxa de administração só passa a ser cobrada depois da contemplação.

Quanto mais você demorar para receber o bem, menos terá que pagar de taxa de administração. E, como já explicamos, esse valor não é cobrado de forma retroativa.

Por isso, o UP é a solução mais adequada para quem deseja realizar a compra de um imóvel, automóvel ou diversos serviços de forma planejada. 

Sem pressa e com mensalidades que se ajustam ao seu orçamento, você pode aumentar seu patrimônio de forma tranquila, com a segurança da operação de uma das empresas de consórcio mais admiradas do segmento: a Embracon.

Últimas Postagens

Por que investir no Consórcio Imobiliário em 2022?

O consórcio imobiliário pode cumprir o papel de ser a ponte para o sucesso na vida daqueles que querem alcançar grandes conquistas. Leia este artigo e confira.

Saiba como o consórcio te ajuda a ter sucesso profissional

Ter sucesso profissional, nos tempos atuais, talvez carregue valores diferentes dos nossos pais. Fazer um intercâmbio, é muito mais fácil nos dias de hoje.

Dicas para planejar a melhor viagem de final de ano em família

O momento de planejar a melhor viagem cria expectativa grande para as férias e com isso para o tão esperado descanso, diversão e muito mais. Vamos te ajudar!

Como evitar contas atrasadas? - UP Consórcios

Você sabe como evitar contas atrasadas? Preparamos este artigo para te dizer que é possível evitar que as dívidas virem uma bola de neve. Confira!

O que é um investimento? Dicas para investir com consórcio!

Compreender o que é um investimento é fundamental para alcançar todos seus objetivos. Neste artigo daremos dicas para investir com consórcio. Confira!

10 razões para simular consórcio de imóvel

O consórcio é uma opção para todas as pessoas que querem adquirir um bem sem comprometer as finanças. Saiba como simular consórcio de imóvel.
Facebook - UP Consórcios
Instagram - UP Consórcios
Twitter - UP Consórcios
Linkedin - UP Consórcios
Youtube - UP Consórcios
Deezer - UP Consórcios
Spotify - UP Consórcios