WhatsUP - UP Consórcios
03/2022

Como funciona o processo de Descontemplação da carta de crédito

Como funciona o processo de Descontemplação da carta de crédito

O consórcio é uma alternativa para quem quer investir com segurança. Mas infelizmente, sabemos que nem sempre as coisas saem como imaginamos, e aí é hora de planejar outros caminhos. Como é o caso de um consorciado optar pelo processo de descontemplação da carta de crédito, ou seja, cancelar o contrato de consórcio.

É exatamente nessa hora que surge a dúvida clássica entre boa parte dos consorciados: como fazer para cancelar o consórcio? É possível resgatar o dinheiro nesse caso?

A primeira questão que importa aqui é a seguinte: sim, é possível cancelar o consórcio e pegar o dinheiro de volta. Mas, há várias particularidades que precisam ser observadas para que esse processo possa ser feito de forma correta. 

Como funciona o processo de descontemplação da carta de crédito?

O interessado em descontemplar a carta de crédito deve entrar em contato com a administradora de consórcio. No UP Consórcios, é possível fazer a solicitação em todos os canais de atendimento.

Além da solicitação pelo cancelamento do consórcio por vontade própria, pode acontecer de o consórcio ser cancelado devido à falta de investimentos por parte do consorciado. No UP, esse cancelamento acontece automaticamente quando a parcela está há 2 meses em aberto.

Cota contemplada com o crédito pendente: o cancelamento pode ser realizado por telefone, pois com a ligação gravada a central já é capaz de abrir a solicitação de cancelamento. Se você tiver valores a receber, começará a participar dos sorteios de devolução de valores - mensalmente, uma cota é sorteada para obter a devolução dos valores totais. Mas fica tranquilo, até o final do prazo contratado você receberá os valores respectivos.

Cota contemplada com crédito pago: não é possível seguir com o cancelamento.

Como receber os valores investidos no consórcio?

Apesar dos consórcios se diferenciarem por suas particularidades, há questões que são inerentes a quase todos eles. A forma como os valores investidos são devolvidos é uma delas. Ao realizar o cancelamento da cota e, consequentemente, ter saído do grupo de consórcio, o cliente passará a integrar os sorteios mensais junto aos demais participantes que cancelaram. Assim, será decidido quem terá o direito de receber seu dinheiro de volta a cada mês

Diante disso, é essencial lembrar que a Lei 11.795/2008 garante que o consorciado não tenha a necessidade de esperar até o encerramento do grupo para ter de volta os valores investidos de volta. 

como-funciona-o-processo-de-descontemplacao-da-carta-de-credito

O que aponta a Lei 11.795/2008 

A particularidade do que descrevemos acima é que, quando a cota é cancelada: ao ser sorteado, ao invés de receber a carta de crédito, o consorciado recebe os valores que investiu no consórcio, e nela estará firmada as devidas deduções contratuais (multas e taxa). Esse processo acontece dessa maneira porque o dinheiro que o consorciado investe no grupo não fica parado na cota. Ou seja, ele continua em operação, para então dar consequências às contemplações do grupo.

Como recebo os valores cancelados?

Pensando na segurança do consorciado, a devolução dos valores investidos no consórcio é realizada via conta bancária em titularidade do cliente. Os depósitos podem ser feitos tanto através de conta poupança quanto de conta corrente.

Para evitar conflitos e eventuais problemas, as administradoras de consórcios não são habituadas a aceitarem a indicação de contas de outras pessoas, mesmo que sejam familiares. Dessa forma, é importante consultar a empresa para avaliar se ela tem alternativas.

Ao cancelar o consórcio recebo os valores integralmente?

Aqui nesse ponto toda atenção é muito bem vinda. Até fevereiro de 2009, e antes da nova lei entrar em vigor (Lei nº 11.795/2008), a justiça interpretava que o consorciado que cancelasse ou fosse excluído do consórcio deveria ser reembolsado apenas 30 dias após o encerramento do grupo de consórcio.

Além disso, nos contratos realizados após o dia 5 de fevereiro de 2009, o consorciado não precisa mais esperar pelo encerramento. E pode receber o dinheiro investido de volta quando for sorteado. 

Importante: ainda assim, o consorciado que cancelou sua participação pode ser um dos últimos sorteados.

Descontos de descontemplação de consórcio

Após o pagamento, vale a atenção sobre o resgate do dinheiro, que deve ser feito assim que ele for disponibilizado pela administradora do consórcio. Isso porque, além dos descontos previstos nos contratos e das taxas, o montante retido poderá ser minado por taxas de manutenção (também chamada de Recursos não procurados) em conta bancária.

O UP Consórcios está aqui para te apoiar nas suas conquistas, então se precisar de uma ajudinha para renegociar o seu consórcio, é só falar com a gente. 


> Chama no WhatsUP!



Outras matérias relacionadas

04/2022

Saiba como analisar a taxa administrativa

Você sabe como analisar a taxa administrativa do seu consórcio? Separamos nesse artigo informações importantes para você tirar suas dúvidas. Boa leitura!

03/2022

O consórcio de imóveis está batendo recorde em adesões, entenda porquê

O consórcio de imóveis é um excelente tipo de investimento, principalmente por se tratar de uma modalidade segura e livre de burocracias. Entenda como funciona!

03/2022

Vantagens em abrir empresa com Consórcio

Não há nada melhor do que construir seu próprio negócio de sucesso. Acesse para saber quais são as vantagens do consórcio para abrir sua própria empresa!

Como funciona o processo de Descontemplação da carta de crédito

Como funciona o processo de Descontemplação da carta de crédito

O consórcio é uma alternativa para quem quer investir com segurança. Mas infelizmente, sabemos que nem sempre as coisas saem como imaginamos, e aí é hora de planejar outros caminhos. Como é o caso de um consorciado optar pelo processo de descontemplação da carta de crédito, ou seja, cancelar o contrato de consórcio.

É exatamente nessa hora que surge a dúvida clássica entre boa parte dos consorciados: como fazer para cancelar o consórcio? É possível resgatar o dinheiro nesse caso?

A primeira questão que importa aqui é a seguinte: sim, é possível cancelar o consórcio e pegar o dinheiro de volta. Mas, há várias particularidades que precisam ser observadas para que esse processo possa ser feito de forma correta. 

Como funciona o processo de descontemplação da carta de crédito?

O interessado em descontemplar a carta de crédito deve entrar em contato com a administradora de consórcio. No UP Consórcios, é possível fazer a solicitação em todos os canais de atendimento.

Além da solicitação pelo cancelamento do consórcio por vontade própria, pode acontecer de o consórcio ser cancelado devido à falta de investimentos por parte do consorciado. No UP, esse cancelamento acontece automaticamente quando a parcela está há 2 meses em aberto.

Cota contemplada com o crédito pendente: o cancelamento pode ser realizado por telefone, pois com a ligação gravada a central já é capaz de abrir a solicitação de cancelamento. Se você tiver valores a receber, começará a participar dos sorteios de devolução de valores - mensalmente, uma cota é sorteada para obter a devolução dos valores totais. Mas fica tranquilo, até o final do prazo contratado você receberá os valores respectivos.

Cota contemplada com crédito pago: não é possível seguir com o cancelamento.

Como receber os valores investidos no consórcio?

Apesar dos consórcios se diferenciarem por suas particularidades, há questões que são inerentes a quase todos eles. A forma como os valores investidos são devolvidos é uma delas. Ao realizar o cancelamento da cota e, consequentemente, ter saído do grupo de consórcio, o cliente passará a integrar os sorteios mensais junto aos demais participantes que cancelaram. Assim, será decidido quem terá o direito de receber seu dinheiro de volta a cada mês

Diante disso, é essencial lembrar que a Lei 11.795/2008 garante que o consorciado não tenha a necessidade de esperar até o encerramento do grupo para ter de volta os valores investidos de volta. 

como-funciona-o-processo-de-descontemplacao-da-carta-de-credito

O que aponta a Lei 11.795/2008 

A particularidade do que descrevemos acima é que, quando a cota é cancelada: ao ser sorteado, ao invés de receber a carta de crédito, o consorciado recebe os valores que investiu no consórcio, e nela estará firmada as devidas deduções contratuais (multas e taxa). Esse processo acontece dessa maneira porque o dinheiro que o consorciado investe no grupo não fica parado na cota. Ou seja, ele continua em operação, para então dar consequências às contemplações do grupo.

Como recebo os valores cancelados?

Pensando na segurança do consorciado, a devolução dos valores investidos no consórcio é realizada via conta bancária em titularidade do cliente. Os depósitos podem ser feitos tanto através de conta poupança quanto de conta corrente.

Para evitar conflitos e eventuais problemas, as administradoras de consórcios não são habituadas a aceitarem a indicação de contas de outras pessoas, mesmo que sejam familiares. Dessa forma, é importante consultar a empresa para avaliar se ela tem alternativas.

Ao cancelar o consórcio recebo os valores integralmente?

Aqui nesse ponto toda atenção é muito bem vinda. Até fevereiro de 2009, e antes da nova lei entrar em vigor (Lei nº 11.795/2008), a justiça interpretava que o consorciado que cancelasse ou fosse excluído do consórcio deveria ser reembolsado apenas 30 dias após o encerramento do grupo de consórcio.

Além disso, nos contratos realizados após o dia 5 de fevereiro de 2009, o consorciado não precisa mais esperar pelo encerramento. E pode receber o dinheiro investido de volta quando for sorteado. 

Importante: ainda assim, o consorciado que cancelou sua participação pode ser um dos últimos sorteados.

Descontos de descontemplação de consórcio

Após o pagamento, vale a atenção sobre o resgate do dinheiro, que deve ser feito assim que ele for disponibilizado pela administradora do consórcio. Isso porque, além dos descontos previstos nos contratos e das taxas, o montante retido poderá ser minado por taxas de manutenção (também chamada de Recursos não procurados) em conta bancária.

O UP Consórcios está aqui para te apoiar nas suas conquistas, então se precisar de uma ajudinha para renegociar o seu consórcio, é só falar com a gente. 


> Chama no WhatsUP!



Últimas Postagens

Dicas para investir em imóveis através do consórcio

A seguir, você vai conferir resumidamente 4 dicas úteis para quem busca investir em imóveis por meio de um consórcio. Leia o artigo completo e saiba mais!

Existe prazo de recompra após a contemplação?

Foi contemplado e quer saber se existe prazo de recompra da sua carta de crédito? Então fique ligado, que aqui você vai tirar todas as dúvidas sobre o assunto.

Consigo fazer reativação da cota excluída?

Quer saber como fazer a reativação da cota excluída, mas não sabe como? Leia o artigo completo que preparamos para você e faça sua ativação - Infracommerce

Como funciona o consórcio de terreno?

Em um consórcio de terreno, um grupo de pessoas se reúne para alcançar o objetivo em comum. Quer saber como funciona? Continue a leitura que preparamos!

Use o FGTS para comprar seu carro

Quer saber como usar seu FGTS para comprar seu carro? Então leia este artigo que preparamos para você, tire suas dúvidas e conquiste a compra do seu automóvel.

Motivos que comprovam que o UP é o melhor consórcio nacional

Não perca mais tempo e conquiste seus objetivos com o melhor consórcio nacional, o UP! Quer saber os motivos? Então, continue lendo e comprove!
Facebook - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Instagram - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Twitter - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Linkedin - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Youtube - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Deezer - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Spotify - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis