WhatsUP - UP Consórcios
06/2022

O que é Fundo Comum em consórcio?

O que é Fundo Comum em consórcio?

Quer entender sobre os benefícios do fundo comum do consórcio? Preparamos este artigo para você entender como se beneficiar dele. Boa leitura!

Quer entender sobre os benefícios do fundo comum do consórcio? Preparamos este artigo para você entender como se beneficiar dele. Boa leitura!

Em um consórcio, todos os participantes de um mesmo grupo pagam em parcelas mensais, formando um capital comum como uma grande poupança. Esse capital é chamado de "fundo comum em consórcio". A cada mês, um ou mais consorciados são contemplados por sorteio ou oferta de lance, podendo utilizar uma parcela do fundo para adquirir bens ou contratar serviços necessários.

Fundo Comum em consórcio: o que é? Quais os benefícios do consórcio? 

As parcelas do consórcio são feitas com base no:

  • Fundo Comum;
  • Taxa de administração;
  • Fundo de reserva;
  • Seguro.

O Fundo Comum é todo o valor que o consorciado paga para formar um montante que será utilizado para a aquisição do bem, ou seja, é o valor que será utilizado para a compra do bem desejado pelo consorciado.

Não podemos esquecer que o valor de crédito é renovado periodicamente de acordo com os critérios estabelecidos no contrato. Isso é para garantir o poder de todos os participantes do grupo até o encerramento. Portanto, quando o limite de crédito muda, o valor do parcelamento muda na mesma proporção.

O que é Fundo Comum em consórcio?

E o Fundo de Reserva no consórcio? 

As contribuições ao Fundo são autorizadas pela Lei 11.795/08 e Circular BACEN 3.432.

Isso é essencial, pois ajuda a empresa responsável pela gestão do consórcio a gerenciar os recursos com eficiência. O aporte proporcionado por essa reserva financeira é essencial em caso de imprevisto – como a inadimplência prolongada de um consorciado.

Por exemplo, imagine que você quer comprar um apartamento. Para que esse plano funcione, você deve ter um plano detalhado que inclua quanto deve economizar a cada mês, quanto deve coletar no final de cada ano e quanto tempo levará para atingir suas metas.

No entanto, para atingir seus objetivos, é impossível danificar seu patrimônio no momento atual. Caso algo inesperado aconteça com você nesse período, é importante ter um valor que possa ser utilizado sem interferir no seu desejo de adquirir o seu próprio imóvel, não é mesmo? Os fundos de reserva do consórcio seguem a mesma lógica.

Entenda a importância da gestão financeira para o Fundo Comum

A gestão financeira é algo com o qual muitos de nós lutamos. Apesar disso, as finanças pessoais são um assunto tão secreto que a maioria das pessoas evita receber ajuda financeira de outras pessoas. Mas o assunto é muito importante quando se trata de ‘’apoio’’ aos seus investimentos e decisões, como escolher entrar no consórcio. 

Aqui estão algumas dicas de gerenciamento de dinheiro que sugerimos que você absorva em suas vidas.

1. Pague-se primeiro

Economize dinheiro para você primeiro! O que isso significa é que sempre que você recebe um salário, a primeira coisa que você deve fazer é guardar uma parte dele como economia para si mesmo. Você pode fazer isso criando uma conta poupança separada para essa finalidade.

Então você deve esquecer completamente o dinheiro que você colocou de lado como poupança e não tocá-lo, a menos que seja para um grande objetivo financeiro.

2. Criar um orçamento

Estime quanto você vai gastar com o quê e certifique-se de cumprir seu orçamento. Todos nós podemos planejar a maioria de nossas despesas recorrentes e não fazê-lo é um pecado financeiro.

Um orçamento irá ajudá-lo a planejar suas despesas e garantir que você não ultrapasse seus limites financeiros. Adicione todas as suas despesas recorrentes até o último centavo e faça deste orçamento sua linha de controle financeiro – uma que você não deve cruzar em nenhuma circunstância.

3. Crie um fundo de emergência

Muita gente economiza dinheiro e acha que é o fim da gestão financeira. No entanto, a gestão do dinheiro requer um pouco mais do que simplesmente economizar dinheiro. O primeiro passo é, claro, economizar dinheiro, mas poste que você precisa reservar um fundo de emergência separado.

Você vê que suas economias são para você usar caso precise pagar por uma despesa de estilo de vida bem pensada, como seu primeiro carro ou talvez até mesmo para investir algum dinheiro em sua primeira casa.

O fundo de emergência, no entanto, é para situações reais de crise, como emergências médicas, perda de emprego ou até mesmo recessão. Certifique-se de criar um fundo separado para isso – pode até ser um Depósito Fixo para garantir que você não fique tentado a tocá-lo fora de situações de emergência.

4. Definir metas financeiras

O dinheiro é inútil a menos que seja gasto da maneira certa. É por isso que é importante que você defina metas financeiras para si mesmo. O que você quer fazer com seu dinheiro? Como você planeja gastá-lo?

Saber essas coisas é extremamente importante, caso contrário todo o esforço que você está colocando na gestão financeira se tornará inútil. Decida se você está economizando para férias, novos gadgets, um novo investimento etc.

5. Diversifique seus investimentos com consórcio

Uma das regras mais antigas de gerenciamento de dinheiro é garantir que você não coloque todos os ovos na mesma cesta. É disso que estamos falando aqui.

Certifique-se de diversificar seus investimentos investindo em ativos que atendam às necessidades do seu portfólio e objetivos financeiros. O consórcio é um grande aliado para tais decisões, afinal, você pode entrar em mais de um grupo de consórcio para alcançar diversos objetivos: conquistar a casa própria, planejar a aposentadoria, contratar um serviço, comprar um carro, e muito mais. 

Quais são os benefícios de considerar o Fundo Comum e de Reserva no consórcio?

Agora que você já sabe a importância de um fundo comum em consórcio (e de reserva), é hora de entender as vantagens que ele oferece aos consorciados. 

O valor do Fundo de Reserva pode voltar para você!

Ao contrário do que muitos pensam, o dinheiro enviado ao FR, se não for utilizado integralmente, passa a fazer parte do saldo remanescente do grupo. Quando o grupo termina, o saldo remanescente é distribuído.

Vale ressaltar que algumas pessoas esquecem de resgatar o dinheiro. Às vezes, isso ocorre porque os consorciados não receberam a carta enviada porque mudaram de endereço, ou simplesmente não se lembram do valor sacado.

Faça um consórcio com uma empresa confiável, faça um UP!

A contratação de um consórcio conceituado no mercado é um passo muito importante. Um administrador confiável e experiente garantirá que o gerenciamento de valor seja feito da maneira correta. Ele criará um fundo de reserva grande o suficiente para superar quaisquer contingências que possam ocorrer com um grupo de pessoas. Revise alguns pontos a serem observados ao definir administradores.

No UP Consórcios você encontra transparência para tirar seus objetivos do papel, com as melhores condições e com chances reais de contemplação. Faça uma simulação e dê aquele UP!

Outras matérias relacionadas

03/2022

10 destinos de viagem mais visitados do mundo

Conheça os 10 destinos de viagem mais visitados do mundo. Aproveite e já faça seu planejamento através do consórcio de viagens.

03/2022

Comprar carro na crise econômica vale a pena?

Como você bem sabe, são tempos de desafios para todos. Mas suas conquistas não precisam ficar de lado. Confira se comprar carro na crise econômica vale a pena!

03/2022

5 curiosidades sobre o melhor consórcio do Brasil

Acha que já sabe tudo sobre consórcio? Sabe de nada inocente! Vamos te contar 5 curiosidades sobre o melhor consórcio do Brasil.

O que é Fundo Comum em consórcio?

O que é Fundo Comum em consórcio?

Quer entender sobre os benefícios do fundo comum do consórcio? Preparamos este artigo para você entender como se beneficiar dele. Boa leitura!

Em um consórcio, todos os participantes de um mesmo grupo pagam em parcelas mensais, formando um capital comum como uma grande poupança. Esse capital é chamado de "fundo comum em consórcio". A cada mês, um ou mais consorciados são contemplados por sorteio ou oferta de lance, podendo utilizar uma parcela do fundo para adquirir bens ou contratar serviços necessários.

Fundo Comum em consórcio: o que é? Quais os benefícios do consórcio? 

As parcelas do consórcio são feitas com base no:

  • Fundo Comum;
  • Taxa de administração;
  • Fundo de reserva;
  • Seguro.

O Fundo Comum é todo o valor que o consorciado paga para formar um montante que será utilizado para a aquisição do bem, ou seja, é o valor que será utilizado para a compra do bem desejado pelo consorciado.

Não podemos esquecer que o valor de crédito é renovado periodicamente de acordo com os critérios estabelecidos no contrato. Isso é para garantir o poder de todos os participantes do grupo até o encerramento. Portanto, quando o limite de crédito muda, o valor do parcelamento muda na mesma proporção.

O que é Fundo Comum em consórcio?

E o Fundo de Reserva no consórcio? 

As contribuições ao Fundo são autorizadas pela Lei 11.795/08 e Circular BACEN 3.432.

Isso é essencial, pois ajuda a empresa responsável pela gestão do consórcio a gerenciar os recursos com eficiência. O aporte proporcionado por essa reserva financeira é essencial em caso de imprevisto – como a inadimplência prolongada de um consorciado.

Por exemplo, imagine que você quer comprar um apartamento. Para que esse plano funcione, você deve ter um plano detalhado que inclua quanto deve economizar a cada mês, quanto deve coletar no final de cada ano e quanto tempo levará para atingir suas metas.

No entanto, para atingir seus objetivos, é impossível danificar seu patrimônio no momento atual. Caso algo inesperado aconteça com você nesse período, é importante ter um valor que possa ser utilizado sem interferir no seu desejo de adquirir o seu próprio imóvel, não é mesmo? Os fundos de reserva do consórcio seguem a mesma lógica.

Entenda a importância da gestão financeira para o Fundo Comum

A gestão financeira é algo com o qual muitos de nós lutamos. Apesar disso, as finanças pessoais são um assunto tão secreto que a maioria das pessoas evita receber ajuda financeira de outras pessoas. Mas o assunto é muito importante quando se trata de ‘’apoio’’ aos seus investimentos e decisões, como escolher entrar no consórcio. 

Aqui estão algumas dicas de gerenciamento de dinheiro que sugerimos que você absorva em suas vidas.

1. Pague-se primeiro

Economize dinheiro para você primeiro! O que isso significa é que sempre que você recebe um salário, a primeira coisa que você deve fazer é guardar uma parte dele como economia para si mesmo. Você pode fazer isso criando uma conta poupança separada para essa finalidade.

Então você deve esquecer completamente o dinheiro que você colocou de lado como poupança e não tocá-lo, a menos que seja para um grande objetivo financeiro.

2. Criar um orçamento

Estime quanto você vai gastar com o quê e certifique-se de cumprir seu orçamento. Todos nós podemos planejar a maioria de nossas despesas recorrentes e não fazê-lo é um pecado financeiro.

Um orçamento irá ajudá-lo a planejar suas despesas e garantir que você não ultrapasse seus limites financeiros. Adicione todas as suas despesas recorrentes até o último centavo e faça deste orçamento sua linha de controle financeiro – uma que você não deve cruzar em nenhuma circunstância.

3. Crie um fundo de emergência

Muita gente economiza dinheiro e acha que é o fim da gestão financeira. No entanto, a gestão do dinheiro requer um pouco mais do que simplesmente economizar dinheiro. O primeiro passo é, claro, economizar dinheiro, mas poste que você precisa reservar um fundo de emergência separado.

Você vê que suas economias são para você usar caso precise pagar por uma despesa de estilo de vida bem pensada, como seu primeiro carro ou talvez até mesmo para investir algum dinheiro em sua primeira casa.

O fundo de emergência, no entanto, é para situações reais de crise, como emergências médicas, perda de emprego ou até mesmo recessão. Certifique-se de criar um fundo separado para isso – pode até ser um Depósito Fixo para garantir que você não fique tentado a tocá-lo fora de situações de emergência.

4. Definir metas financeiras

O dinheiro é inútil a menos que seja gasto da maneira certa. É por isso que é importante que você defina metas financeiras para si mesmo. O que você quer fazer com seu dinheiro? Como você planeja gastá-lo?

Saber essas coisas é extremamente importante, caso contrário todo o esforço que você está colocando na gestão financeira se tornará inútil. Decida se você está economizando para férias, novos gadgets, um novo investimento etc.

5. Diversifique seus investimentos com consórcio

Uma das regras mais antigas de gerenciamento de dinheiro é garantir que você não coloque todos os ovos na mesma cesta. É disso que estamos falando aqui.

Certifique-se de diversificar seus investimentos investindo em ativos que atendam às necessidades do seu portfólio e objetivos financeiros. O consórcio é um grande aliado para tais decisões, afinal, você pode entrar em mais de um grupo de consórcio para alcançar diversos objetivos: conquistar a casa própria, planejar a aposentadoria, contratar um serviço, comprar um carro, e muito mais. 

Quais são os benefícios de considerar o Fundo Comum e de Reserva no consórcio?

Agora que você já sabe a importância de um fundo comum em consórcio (e de reserva), é hora de entender as vantagens que ele oferece aos consorciados. 

O valor do Fundo de Reserva pode voltar para você!

Ao contrário do que muitos pensam, o dinheiro enviado ao FR, se não for utilizado integralmente, passa a fazer parte do saldo remanescente do grupo. Quando o grupo termina, o saldo remanescente é distribuído.

Vale ressaltar que algumas pessoas esquecem de resgatar o dinheiro. Às vezes, isso ocorre porque os consorciados não receberam a carta enviada porque mudaram de endereço, ou simplesmente não se lembram do valor sacado.

Faça um consórcio com uma empresa confiável, faça um UP!

A contratação de um consórcio conceituado no mercado é um passo muito importante. Um administrador confiável e experiente garantirá que o gerenciamento de valor seja feito da maneira correta. Ele criará um fundo de reserva grande o suficiente para superar quaisquer contingências que possam ocorrer com um grupo de pessoas. Revise alguns pontos a serem observados ao definir administradores.

No UP Consórcios você encontra transparência para tirar seus objetivos do papel, com as melhores condições e com chances reais de contemplação. Faça uma simulação e dê aquele UP!

Últimas Postagens

Tabela de consórcio: o que é e como funciona?

A tabela de consórcio é um documento que contém todas as informações sobre valores de união. Essa é uma informação básica e você deve ficar atento a ela!

Consórcio de Van para quem quer empreender

Já pensou em um consórcio de van para abrir seu próprio negócio? Nos acompanhe na leitura e veja os benefícios deste investimento. Boa leitura!

Rendimento melhor que poupança

Quer investir seu dinheiro, mas em algo com um rendimento melhor que poupança? Nos acompanhe na leitura que preparamos e descubra as vantagens do consórcio.

Invista em Consorcios no pós pandemia

Invista em consórcio! Confira, neste artigo, os benefícios desta modalidade de investimento, mesmo em meio a crise deixada pela pandemia. Saiba mais!

No UP Consórcios o que importa é a experiência do cliente

Tornar a experiência do cliente positiva não é tarefa fácil. Muitas vezes envolve uma mudança de perspectiva, estratégia, cultura e liderança da empresa.

Meu Consórcio Digital é UP!

Sabe aquela satisfação em afirmar "meu consórcio é UP"? Se você não sabe, é porque ainda não contratou nossos serviços. Leia e saiba como funciona!
Facebook - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Instagram - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Twitter - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Linkedin - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Youtube - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Deezer - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Spotify - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis