WhatsUP - UP Consórcios
05/2022

10 dicas de como fazer um consórcio de sucesso

10 dicas de como fazer um consórcio de sucesso

Neste artigo que preparamos, juntamos 10 dicas de como fazer um consórcio de sucesso com informações sobre processo de educação financeira para te ajudar ainda mais!

Neste artigo que preparamos, juntamos 10 dicas de como fazer um consórcio de sucesso com informações sobre processo de educação financeira para te ajudar ainda mais!

Ao considerar a compra de um bem de alto valor, muitas pessoas começam a procurar uma melhor opção de mercado.

Embora os brasileiros estejam acostumados a pagar as necessidades diárias em parcelas, manter a vida financeira saudável é crucial para atingir seus objetivos.

Infelizmente, ainda é comum enfrentar a realidade de que milhões de famílias estão endividadas por não tomarem as decisões corretas com seu dinheiro. Afinal, o hábito de parcelar e jogar tudo nos próximos meses pode levar a um acúmulo de dívidas que, cedo ou tarde, irá trazer problemas para as finanças, como:  redução do poder aquisitivo, perda de reputação no mercado e até risco de perda de qualquer tipo de garantia em tempos de crise. 

Apesar das conquistas da vida adulta, como ter a casa própria ou comprar um carro novo, seja um desejo bem conhecido entre os brasileiros, é extremamente importante assumir o controle de sua situação financeira na hora de comprar um bem.

Como fazer um consórcio de sucesso: 10 melhores dicas

10 dicas de como fazer um consórcio de sucesso

1) Pesquise sobre a administradora de consórcio

Primeiramente, para fazer qualquer tipo de compra é fundamental pesquisar preços, condições de pagamento e a reputação do fornecedor, não é mesmo? 

Trata-se de uma regra de ouro que vale também quando o assunto é ''como fazer um consórcio''! É importante destacar aqui que as administradoras desse tipo de serviço devem, em primeiro lugar, ser autorizadas pelo Banco Central, entidade responsável pela fiscalização dos consórcios. Além disso, a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC) também disponibiliza em seu site as instituições filiadas. Tudo isso é porque você deve pesquisar mais sobre a empresa que está prestes a fechar negócio, e pode fazer isso tanto em sites de avaliação de serviços, quanto em órgãos de proteção ao consumidor, como o Procon

2) Leve em consideração os reajustes

Um dos grandes benefícios dos consórcios é que sobre eles não incidem os tão temidos juros — presentes (e bastante temidos) em financiamentos ou empréstimos bancários, e são cifras que tendem a pesar no bolso diante do tamanho das parcelas. Mas atenção: isso não significa que sua contribuição mensal como cotista não sofrerá nenhum tipo de acréscimo. 

Para que a carta de crédito não perca seu poder de compra, anualmente ela possui reajustes de acordo com o Índice Nacional de Custo de Construção (INCC). Diante disso, as parcelas do consórcio também são ajustadas segundo esse valor — porém, aqui vale reconhecer que é bem menor que o peso dos juros em outras modalidades de compra, como o financiamento, como já falamos acima. 

3) Participe das assembleias

A obrigação do cotista no consórcio não está limitada apenas ao pagamento em dia das parcelas. Pelo contrário, participar das assembleias é tarefa central. Afinal, nesses espaços de encontro são expostas todas as movimentações financeiras do consórcio, além de serem excelentes oportunidades para conferir como andam as contemplações e opinar sobre possíveis decisões que forem tomadas. As assembleias que precisam da sua participação costumam acontecer poucas vezes ao ano, com comunicação antecipada - então fique atento e participe. 

4) Tenha paciência suficiente

É muito importante ter em mente que participar de um consórcio pode significar resultados a longo prazo. Portanto, isso significa que você não deve fazer sua adesão esperando ser contemplado já nos primeiros sorteios. E por mais que esse detalhe possa ser remediado através dos lances (uma espécie de leilão em que quem consegue adiantar mais parcelas recebe sua carta de crédito), os valores desses lances podem ser muito altos e, diante de todo esse contexto, a concorrência se torna bem acirrada para os mais apressadinhos.

Essa competição tornou-se ainda mais séria após a liberação do uso do FGTS para consórcio de imóvel. Além disso, há outra opção: é possível encurtar esse caminho entrando em um consórcio que já está em andamento ao comprar uma cota à venda. 

5) Educação financeira para honrar as parcelas

Como já falamos, uma das maiores vantagens em se fazer consórcio é a ausência de altos juros. Entretanto, se você não quitar suas parcelas no prazo combinado via contrato, pode ter problemas, meu amigo…

Além disso,os atrasos ainda podem ser punidos com multas — afinal, essa ferramenta é utilizada pelas administradoras de consórcio para minimizar as problemáticas em torno de inadimplência. Nesse sentido, se você atrasa sua parcela, não está prejudicando apenas a você mas também todo o grupo com o qual você se uniu para fazer uma poupança em comum. Por outro lado, em casos mais graves, atrasos sequenciais podem implicar na exclusão do cotista, assim o dinheiro já pago você só irá conseguir recuperá-lo depois de encerrado o consórcio. Se você sentir que não poderá continuar concluindo as parcelas atuais, é importante tentar migrar para um consórcio cuja carta de crédito seja menor, reduzindo assim o valor de suas contribuições mensais.

6) Escolha a carta de crédito correta

Chegando ao final do consórcio de imóvel, ou mesmo ao ser contemplado, o cotista recebe sua carta crédito. Tendo esta carta em mãos, será possível adquirir seu bem — seja uma casa, um apartamento ou mesmo um terreno. As parcelas são, nesse caso, proporcionais a essa carta de crédito. Entretanto, muitas vezes os consorciados escolhem uma carta de crédito incoerente com suas expectativas. Há casos em que o valor acaba sendo menor que o necessário para adquirir o imóvel que o cotista quer conquistar. Se isso acontece, é até possível compensar a diferença, porém será necessário fazê-lo em dinheiro. Por outro lado, se a carta de crédito vale mais que o imóvel, o cotista tem a oportunidade de usar o valor sobressalente para quitar o IPTU ou o registro do imóvel aliado aos órgãos governamentais, por exemplo.

7) Como fazer um consórcio de sucesso? Cuide muito bem de suas finanças

Adquirir uma cota de consórcio significa ter um comprometimento por anos. Diante disso, é essencial manter uma gestão consistente de suas finanças pessoais, pois assim será possível disponibilizar, mês a mês, por exemplo, determinada parcela de seus rendimentos para a compra do imóvel. 

Diante disso, faça um bom planejamento financeiro, tenha seus gastos sob controle e projete suas perspectivas financeiras para o respectivo período da participação no consórcio. E mais que isso, ainda vale a pena manter uma poupança para emergências, que pode ser útil para que você tenha fundos caso passe por eventuais dificuldades. Se planejar é sempre bom! 

8) Aproveite os custos mais baixos para bens de grande valor

Outra questão é o fato de ele oferecer bens de valor mais alto a custos menores. Bens de grande valor são, sobretudo, casas, apartamentos, terrenos, carros – bens que, sem dúvida nenhuma, constituem a base de todo patrimônio. Outros itens de valor podem ser destacados como o consórcio de serviços: intercâmbio, cirurgia plástica e outros. 

Um imóvel pode se tornar parte integrante do seu patrimônio a custos bem mais baixos do que um financiamento ou uma compra à vista pode oferecer. No momento, a compra de imóveis à vista é algo mais raro, acontecendo com mais frequência somente quando tratamos de uma troca de imóvel com uma pequena diferença de valor.

De modo geral, para o restante da população, a solução é o financiamento ou o consórcio. Sabemos muito bem que os custos de um financiamento nem sempre são compatíveis com a renda do brasileiro (basta considerar outros compromissos financeiros).

Para comprovar esse cenário, basta comparar o CET de um financiamento imobiliário com os custos totais de um consórcio. Independentemente do sistema de amortização escolhido (SAC, Price, SAM), os custos do consórcio serão bem menores. O motivo está diante da realidade de que o máximo que o consórcio cobra é a taxa de administração, diluída ao longo de todo o prazo do plano.

9) UP Consórcios é mais seguro!

O consórcio é um investimento seguro, regulamentado pelo Banco Central e é importante certificar-se de que a administradora está credenciada para realizar o negócio (no próprio site do Banco Central).

Devido à desvalorização da caderneta de poupança, o consórcio tornou-se a maneira mais segura de poupar e aumentar seu patrimônio. O dinheiro fica bem guardado durante todo o processo, passa por reajustes e, ao final, o consorciado vai receber sua recompensa na forma do bem almejado.

Outra questão a considerar é que a carta contemplada, porém não utilizada, fica em um fundo de investimento de curto prazo, oferecendo rendimentos mensais. A grande sacada aqui é que o consorciado tem rendimentos sobre o crédito contratado, ou seja, se ele foi contemplado em uma carta de 200 mil, por exemplo, e pagou apenas 40 mil reais, ainda assim, os rendimentos são sobre o crédito disponível. 

Imagine tirar aqueles 40 mil investidos em um fundo, usar como lance em uma carta de 200 mil e passar a receber rendimentos sobre os 200 mil? Ainda acha que consórcio não é investimento?

Dessa forma, o que acontece no consórcio é isso: você consegue poupar e receber o dinheiro poupado no final de tudo, seja na forma de um bem, seja na forma de dinheiro (apenas a taxa administrativa não é devolvida).

10) Faça um UP Consórcios para suas conquistas!

O UP Consórcios é para quem pensa no futuro, quer se planejar e, ao mesmo tempo, busca agilidade, conforto e segurança. Oferecendo aos clientes a opção de comprar pelo celular com total autonomia e liberdade de escolha dos planos. É para você que sabe o que quer e não precisa de alguém dizendo o que você precisa comprar.
Um consórcio digital nesse nível traz mais liberdade e facilidade aos clientes. Todas as fases do processo – desde compra, acompanhamento de status e assembleias até a contemplação – são totalmente digitais, feitas pela plataforma online do UP Consórcios.

Chega de perder tempo: UP Consórcios têm condições ÚNICAS para você tirar seus objetivos do papel. Faça uma simulação e de aquele UP!

Outras matérias relacionadas

03/2022

Como sei que posso confiar em um incorporadora imobiliária?

Como sei que posso confiar em um incorporadora imobiliária? - Tire essa e outras dúvidas antes de adquirir seu imóvel. Acesse nosso blog e confira!

03/2022

Casa de campo ou casa na praia: qual é melhor?

Tá chegando a hora de ter uma outra casa e você está em dúvida em qual?

03/2022

Como entrar em um consórcio em andamento?

Não é raro receber uma proposta para um consórcio em andamento. Acompanhe este conteúdo e entenda como funciona este tipo de negócio! Boa leitura!

10 dicas de como fazer um consórcio de sucesso

10 dicas de como fazer um consórcio de sucesso

Neste artigo que preparamos, juntamos 10 dicas de como fazer um consórcio de sucesso com informações sobre processo de educação financeira para te ajudar ainda mais!

Ao considerar a compra de um bem de alto valor, muitas pessoas começam a procurar uma melhor opção de mercado.

Embora os brasileiros estejam acostumados a pagar as necessidades diárias em parcelas, manter a vida financeira saudável é crucial para atingir seus objetivos.

Infelizmente, ainda é comum enfrentar a realidade de que milhões de famílias estão endividadas por não tomarem as decisões corretas com seu dinheiro. Afinal, o hábito de parcelar e jogar tudo nos próximos meses pode levar a um acúmulo de dívidas que, cedo ou tarde, irá trazer problemas para as finanças, como:  redução do poder aquisitivo, perda de reputação no mercado e até risco de perda de qualquer tipo de garantia em tempos de crise. 

Apesar das conquistas da vida adulta, como ter a casa própria ou comprar um carro novo, seja um desejo bem conhecido entre os brasileiros, é extremamente importante assumir o controle de sua situação financeira na hora de comprar um bem.

Como fazer um consórcio de sucesso: 10 melhores dicas

10 dicas de como fazer um consórcio de sucesso

1) Pesquise sobre a administradora de consórcio

Primeiramente, para fazer qualquer tipo de compra é fundamental pesquisar preços, condições de pagamento e a reputação do fornecedor, não é mesmo? 

Trata-se de uma regra de ouro que vale também quando o assunto é ''como fazer um consórcio''! É importante destacar aqui que as administradoras desse tipo de serviço devem, em primeiro lugar, ser autorizadas pelo Banco Central, entidade responsável pela fiscalização dos consórcios. Além disso, a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC) também disponibiliza em seu site as instituições filiadas. Tudo isso é porque você deve pesquisar mais sobre a empresa que está prestes a fechar negócio, e pode fazer isso tanto em sites de avaliação de serviços, quanto em órgãos de proteção ao consumidor, como o Procon

2) Leve em consideração os reajustes

Um dos grandes benefícios dos consórcios é que sobre eles não incidem os tão temidos juros — presentes (e bastante temidos) em financiamentos ou empréstimos bancários, e são cifras que tendem a pesar no bolso diante do tamanho das parcelas. Mas atenção: isso não significa que sua contribuição mensal como cotista não sofrerá nenhum tipo de acréscimo. 

Para que a carta de crédito não perca seu poder de compra, anualmente ela possui reajustes de acordo com o Índice Nacional de Custo de Construção (INCC). Diante disso, as parcelas do consórcio também são ajustadas segundo esse valor — porém, aqui vale reconhecer que é bem menor que o peso dos juros em outras modalidades de compra, como o financiamento, como já falamos acima. 

3) Participe das assembleias

A obrigação do cotista no consórcio não está limitada apenas ao pagamento em dia das parcelas. Pelo contrário, participar das assembleias é tarefa central. Afinal, nesses espaços de encontro são expostas todas as movimentações financeiras do consórcio, além de serem excelentes oportunidades para conferir como andam as contemplações e opinar sobre possíveis decisões que forem tomadas. As assembleias que precisam da sua participação costumam acontecer poucas vezes ao ano, com comunicação antecipada - então fique atento e participe. 

4) Tenha paciência suficiente

É muito importante ter em mente que participar de um consórcio pode significar resultados a longo prazo. Portanto, isso significa que você não deve fazer sua adesão esperando ser contemplado já nos primeiros sorteios. E por mais que esse detalhe possa ser remediado através dos lances (uma espécie de leilão em que quem consegue adiantar mais parcelas recebe sua carta de crédito), os valores desses lances podem ser muito altos e, diante de todo esse contexto, a concorrência se torna bem acirrada para os mais apressadinhos.

Essa competição tornou-se ainda mais séria após a liberação do uso do FGTS para consórcio de imóvel. Além disso, há outra opção: é possível encurtar esse caminho entrando em um consórcio que já está em andamento ao comprar uma cota à venda. 

5) Educação financeira para honrar as parcelas

Como já falamos, uma das maiores vantagens em se fazer consórcio é a ausência de altos juros. Entretanto, se você não quitar suas parcelas no prazo combinado via contrato, pode ter problemas, meu amigo…

Além disso,os atrasos ainda podem ser punidos com multas — afinal, essa ferramenta é utilizada pelas administradoras de consórcio para minimizar as problemáticas em torno de inadimplência. Nesse sentido, se você atrasa sua parcela, não está prejudicando apenas a você mas também todo o grupo com o qual você se uniu para fazer uma poupança em comum. Por outro lado, em casos mais graves, atrasos sequenciais podem implicar na exclusão do cotista, assim o dinheiro já pago você só irá conseguir recuperá-lo depois de encerrado o consórcio. Se você sentir que não poderá continuar concluindo as parcelas atuais, é importante tentar migrar para um consórcio cuja carta de crédito seja menor, reduzindo assim o valor de suas contribuições mensais.

6) Escolha a carta de crédito correta

Chegando ao final do consórcio de imóvel, ou mesmo ao ser contemplado, o cotista recebe sua carta crédito. Tendo esta carta em mãos, será possível adquirir seu bem — seja uma casa, um apartamento ou mesmo um terreno. As parcelas são, nesse caso, proporcionais a essa carta de crédito. Entretanto, muitas vezes os consorciados escolhem uma carta de crédito incoerente com suas expectativas. Há casos em que o valor acaba sendo menor que o necessário para adquirir o imóvel que o cotista quer conquistar. Se isso acontece, é até possível compensar a diferença, porém será necessário fazê-lo em dinheiro. Por outro lado, se a carta de crédito vale mais que o imóvel, o cotista tem a oportunidade de usar o valor sobressalente para quitar o IPTU ou o registro do imóvel aliado aos órgãos governamentais, por exemplo.

7) Como fazer um consórcio de sucesso? Cuide muito bem de suas finanças

Adquirir uma cota de consórcio significa ter um comprometimento por anos. Diante disso, é essencial manter uma gestão consistente de suas finanças pessoais, pois assim será possível disponibilizar, mês a mês, por exemplo, determinada parcela de seus rendimentos para a compra do imóvel. 

Diante disso, faça um bom planejamento financeiro, tenha seus gastos sob controle e projete suas perspectivas financeiras para o respectivo período da participação no consórcio. E mais que isso, ainda vale a pena manter uma poupança para emergências, que pode ser útil para que você tenha fundos caso passe por eventuais dificuldades. Se planejar é sempre bom! 

8) Aproveite os custos mais baixos para bens de grande valor

Outra questão é o fato de ele oferecer bens de valor mais alto a custos menores. Bens de grande valor são, sobretudo, casas, apartamentos, terrenos, carros – bens que, sem dúvida nenhuma, constituem a base de todo patrimônio. Outros itens de valor podem ser destacados como o consórcio de serviços: intercâmbio, cirurgia plástica e outros. 

Um imóvel pode se tornar parte integrante do seu patrimônio a custos bem mais baixos do que um financiamento ou uma compra à vista pode oferecer. No momento, a compra de imóveis à vista é algo mais raro, acontecendo com mais frequência somente quando tratamos de uma troca de imóvel com uma pequena diferença de valor.

De modo geral, para o restante da população, a solução é o financiamento ou o consórcio. Sabemos muito bem que os custos de um financiamento nem sempre são compatíveis com a renda do brasileiro (basta considerar outros compromissos financeiros).

Para comprovar esse cenário, basta comparar o CET de um financiamento imobiliário com os custos totais de um consórcio. Independentemente do sistema de amortização escolhido (SAC, Price, SAM), os custos do consórcio serão bem menores. O motivo está diante da realidade de que o máximo que o consórcio cobra é a taxa de administração, diluída ao longo de todo o prazo do plano.

9) UP Consórcios é mais seguro!

O consórcio é um investimento seguro, regulamentado pelo Banco Central e é importante certificar-se de que a administradora está credenciada para realizar o negócio (no próprio site do Banco Central).

Devido à desvalorização da caderneta de poupança, o consórcio tornou-se a maneira mais segura de poupar e aumentar seu patrimônio. O dinheiro fica bem guardado durante todo o processo, passa por reajustes e, ao final, o consorciado vai receber sua recompensa na forma do bem almejado.

Outra questão a considerar é que a carta contemplada, porém não utilizada, fica em um fundo de investimento de curto prazo, oferecendo rendimentos mensais. A grande sacada aqui é que o consorciado tem rendimentos sobre o crédito contratado, ou seja, se ele foi contemplado em uma carta de 200 mil, por exemplo, e pagou apenas 40 mil reais, ainda assim, os rendimentos são sobre o crédito disponível. 

Imagine tirar aqueles 40 mil investidos em um fundo, usar como lance em uma carta de 200 mil e passar a receber rendimentos sobre os 200 mil? Ainda acha que consórcio não é investimento?

Dessa forma, o que acontece no consórcio é isso: você consegue poupar e receber o dinheiro poupado no final de tudo, seja na forma de um bem, seja na forma de dinheiro (apenas a taxa administrativa não é devolvida).

10) Faça um UP Consórcios para suas conquistas!

O UP Consórcios é para quem pensa no futuro, quer se planejar e, ao mesmo tempo, busca agilidade, conforto e segurança. Oferecendo aos clientes a opção de comprar pelo celular com total autonomia e liberdade de escolha dos planos. É para você que sabe o que quer e não precisa de alguém dizendo o que você precisa comprar.
Um consórcio digital nesse nível traz mais liberdade e facilidade aos clientes. Todas as fases do processo – desde compra, acompanhamento de status e assembleias até a contemplação – são totalmente digitais, feitas pela plataforma online do UP Consórcios.

Chega de perder tempo: UP Consórcios têm condições ÚNICAS para você tirar seus objetivos do papel. Faça uma simulação e de aquele UP!

Últimas Postagens

Tabela de consórcio: o que é e como funciona?

A tabela de consórcio é um documento que contém todas as informações sobre valores de união. Essa é uma informação básica e você deve ficar atento a ela!

Consórcio de Van para quem quer empreender

Já pensou em um consórcio de van para abrir seu próprio negócio? Nos acompanhe na leitura e veja os benefícios deste investimento. Boa leitura!

Rendimento melhor que poupança

Quer investir seu dinheiro, mas em algo com um rendimento melhor que poupança? Nos acompanhe na leitura que preparamos e descubra as vantagens do consórcio.

Invista em Consorcios no pós pandemia

Invista em consórcio! Confira, neste artigo, os benefícios desta modalidade de investimento, mesmo em meio a crise deixada pela pandemia. Saiba mais!

No UP Consórcios o que importa é a experiência do cliente

Tornar a experiência do cliente positiva não é tarefa fácil. Muitas vezes envolve uma mudança de perspectiva, estratégia, cultura e liderança da empresa.

Meu Consórcio Digital é UP!

Sabe aquela satisfação em afirmar "meu consórcio é UP"? Se você não sabe, é porque ainda não contratou nossos serviços. Leia e saiba como funciona!
Facebook - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Instagram - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Twitter - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Linkedin - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Youtube - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Deezer - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Spotify - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis