WhatsUP - UP Consórcios
07/2021

Posso pagar 100% do financiamento de imóvel com consórcio?

O financiamento de imóvel é uma das modalidades mais conhecidas de compra parcelada. Nesta modalidade, os créditos para alcançar bens de alto valor são atribuídos por instituições financeiras. No entanto, não é porque esta é uma modalidade conhecida que ela é a mais vantajosa. 

Infelizmente, o financiamento funciona como a contratação de empréstimo, por consequência, os juros são bastante significativos, geralmente em prazos extensos, que aumentam muito o preço final de aquisição. Por conta disso, muitas pessoas podem entrar em endividamentos por falta de planejamento e conhecimento de outras alternativas de compra.

O consórcio, por sua vez, é uma opção para aquisição programada - através da formação de grupos de pessoas interessadas na compra do mesmo bem, é possível alcançar bens de alto valor. Os consórcios são geridos por administradoras de consórcio, os quais cobram uma taxa de administração, inferior aos juros do financiamento. Não à toa, o consórcio está entre as melhores opções de compra na crise. 

Se você encontrou, no passado, solução no financiamento de imóvel mas quer saber como quitá-lo com consórcio, continue a leitura! 

É possível pagar financiamento de imóvel com consórcio?

Sim! É possível quitar até 100% do financiamento de imóvel com consórcio. 

Os bancos são obrigados a aceitar o seu pedido para pagar de vez a dívida em aberto. O direito de liquidação antecipada das dívidas está garantido no Código de Defesa do Consumidor - e pode ser pago com a carta de crédito, desde que ela seja igual ou maior que o valor financiado..

Existem algumas possibilidades para você quitar o financiamento de um imóvel: se você receber inesperadamente uma herança, através de um aumento de salário, uma fonte de renda adicional, e até mesmo por meio da venda de um bem. Essas são algumas chances de conseguir uma grande quantia para quitar um imóvel. 

Contudo, também é possível fazer consórcio para quitar seu imóvel financiado

Ao quitar o financiamento antes do prazo, o cliente deve receber um desconto sobre os juros incidentes proporcional ao tempo de adiantamento. Dessa forma, a dívida acaba ficando mais barata que o esperado. As parcelas já vencidas, como naturalmente já foram pagas, não têm desconto. 

Importante: segundo as mudanças de regras, quem contraiu um financiamento antes de dezembro de 2007,  pode ter que pagar uma tarifa bancária para antecipar a quitação, que ainda existia naquela época. 

Ou seja, é fundamental analisar com atenção o que seu contrato com o banco prevê nesse caso. 

posso-pagar-100-do-financiamento-de-imovel-com-consorcio

Vale a pena quitar o apartamento financiado antecipadamente?

Como (quase) tudo na vida, planejamento é essencial para evitar dores de cabeça. Refletir sobre os pontos fortes para quitar financiamento de imóvel irá te ajudar a fechar bons negócios.  Só é possível entender se a decisão é vantajosa analisando os cálculos e conhecendo as condições oferecidas pelo banco.

Se vale a pena ou não, isso dependerá de suas necessidades e objetivos, certo?

Dessa forma, é indispensável refletir sobre cada detalhe que inclui essa transação. Se você está considerando antecipar seu financiamento, confira alguns pontos que devem ser observados antes de tomar esta (grande!) decisão:

Quais taxas devem ser consideradas?

Todas as taxas bancárias. Basicamente, não basta fazer um cálculo rápido considerando as taxas de juros e, então, decidir por quitar um financiamento. A razão está em outras taxas que estão inseridas nessa negociação.

O ideal é calcular o custo efetivo total do financiamento — o CET. Para isso, não se deve considerar apenas os juros, mas também os outros custos da operação. Um exemplo é a taxa referencial (TR), um indicador geral da economia brasileira.

Além disso, podem existir custos embutidos com seguro e tarifas administrativas, assim como impostos. Normalmente, esses valores não serão descontados na quitação do financiamento, ficando o desconto apenas nos juros — o que pode fazer com que a antecipação seja tão vantajosa para você.

O que a lei diz sobre quitar imóvel com consórcio?

A Lei nº 11.1795/2008, que regulamenta os consórcios no Brasil, estabelece que os que têm uma carta de crédito contemplada no próprio nome podem usá-la para concluir o contrato de financiamento, desde que sejam os responsáveis por quitá-lo. Para efetivar essa operação, é necessário seguir uma série de requisitos como:

  • aderir a contratos de financiamento e a consórcios posteriores a 2009 (quando a legislação entrou em vigor);
  • assinar contratos que coincidam com o mesmo grupo de investimento, ou seja, o financiamento imobiliário só pode ser encerrado com uma carta de crédito imobiliário contemplada;
  • ser contemplado no consórcio através de sorteio ou por lance;
  • haver um acordo entre a administradora do consórcio e a instituição financeira para fazer a operação;
  • estar previsto no contrato de financiamento o uso da carta de crédito para encerrá-lo;
  • fazer com que o bem financiado seja quitado por meio do contrato de consórcio;
  • garantir que a carta de crédito contemplada tenha valor igual ou maior que o saldo devido à instituição financeira.

Quais são os procedimentos para quitar financiamento de imóvel com consórcio?

Na hora de quitar o imóvel financiado com consórcio, a recomendação é adotar algumas medidas, por exemplo:

  • ler as condições do contrato de consórcio com bastante atenção;
  • tirar todas as dúvidas com a administradora do consórcio, antes de finalizar a negociação;
  • aguardar ser contemplado através do sorteio na assembleia do consórcio ou fazer o lance vencedor;
  • buscar informações com a instituição financeira onde o financiamento foi feito para conhecer as formalidades para quitar investimento por meio do consórcio;
  • negociar com o credor do financiamento as possibilidades de quitação antecipada, para assim, tentar obter desconto;
  • avaliar se o valor da carta de crédito contemplada é o suficiente para a quitação do bem;
  • providenciar os documentos pessoais e do imóvel, além dos comprovantes de pagamento de outras despesas (impostos e taxas de cartório).

O consórcio é um excelente aliado na hora de quitar dívidas. Afinal, ele atua como medida preventiva para não cair no endividamento: compra parcelada, sem altos  juros e com planejamento financeiro. 

No consórcio, aos poucos a educação financeira é trabalhada, e isso se torna um bom hábito, pois, mesmo que as mensalidades estejam em dia, sua consciência terá sido programada para guardar dinheiro, no lugar de gastar, além de toda a economia feita com a quitação do financiamento.
O consórcio permite que você faça investimento a partir de um planejamento consistente, respeitando todos os desafios financeiros em meio a crise econômica

Fala com Lupi, é só clicar no rosto de Lupi aí no canto inferior direito da tela e tirar todas as suas dúvidas. 

A hora para alcançar grandes conquistas é agora!


Outras matérias relacionadas

07/2021

5 Motivos para fazer um UP Consórcios

Se você ainda tem dúvidas sobre o consórcio ser um bom investimento, este conteúdo é perfeitinho para você. Confira 5 motivos para fazer um UP Consórcios!

07/2021

5 conselhos para quem quer investir dinheiro

Se você quer investir dinheiro com segurança, saiba que o consórcio é seu aliado para alcançar seus objetivos. Nós vamos te ajudar com isso.

07/2021

UP Consórcios no Reclame Aqui

O consórcio, além de ser uma modalidade segura de compra, é o tipo de investimento ideal para você. Você encontra o UP Consórcios no Reclame Aqui.

 Posso pagar 100% do financiamento de imóvel com consórcio?

Posso pagar 100% do financiamento de imóvel com consórcio?

O financiamento de imóvel é uma das modalidades mais conhecidas de compra parcelada. Nesta modalidade, os créditos para alcançar bens de alto valor são atribuídos por instituições financeiras. No entanto, não é porque esta é uma modalidade conhecida que ela é a mais vantajosa. 

Infelizmente, o financiamento funciona como a contratação de empréstimo, por consequência, os juros são bastante significativos, geralmente em prazos extensos, que aumentam muito o preço final de aquisição. Por conta disso, muitas pessoas podem entrar em endividamentos por falta de planejamento e conhecimento de outras alternativas de compra.

O consórcio, por sua vez, é uma opção para aquisição programada - através da formação de grupos de pessoas interessadas na compra do mesmo bem, é possível alcançar bens de alto valor. Os consórcios são geridos por administradoras de consórcio, os quais cobram uma taxa de administração, inferior aos juros do financiamento. Não à toa, o consórcio está entre as melhores opções de compra na crise. 

Se você encontrou, no passado, solução no financiamento de imóvel mas quer saber como quitá-lo com consórcio, continue a leitura! 

É possível pagar financiamento de imóvel com consórcio?

Sim! É possível quitar até 100% do financiamento de imóvel com consórcio. 

Os bancos são obrigados a aceitar o seu pedido para pagar de vez a dívida em aberto. O direito de liquidação antecipada das dívidas está garantido no Código de Defesa do Consumidor - e pode ser pago com a carta de crédito, desde que ela seja igual ou maior que o valor financiado..

Existem algumas possibilidades para você quitar o financiamento de um imóvel: se você receber inesperadamente uma herança, através de um aumento de salário, uma fonte de renda adicional, e até mesmo por meio da venda de um bem. Essas são algumas chances de conseguir uma grande quantia para quitar um imóvel. 

Contudo, também é possível fazer consórcio para quitar seu imóvel financiado

Ao quitar o financiamento antes do prazo, o cliente deve receber um desconto sobre os juros incidentes proporcional ao tempo de adiantamento. Dessa forma, a dívida acaba ficando mais barata que o esperado. As parcelas já vencidas, como naturalmente já foram pagas, não têm desconto. 

Importante: segundo as mudanças de regras, quem contraiu um financiamento antes de dezembro de 2007,  pode ter que pagar uma tarifa bancária para antecipar a quitação, que ainda existia naquela época. 

Ou seja, é fundamental analisar com atenção o que seu contrato com o banco prevê nesse caso. 

posso-pagar-100-do-financiamento-de-imovel-com-consorcio

Vale a pena quitar o apartamento financiado antecipadamente?

Como (quase) tudo na vida, planejamento é essencial para evitar dores de cabeça. Refletir sobre os pontos fortes para quitar financiamento de imóvel irá te ajudar a fechar bons negócios.  Só é possível entender se a decisão é vantajosa analisando os cálculos e conhecendo as condições oferecidas pelo banco.

Se vale a pena ou não, isso dependerá de suas necessidades e objetivos, certo?

Dessa forma, é indispensável refletir sobre cada detalhe que inclui essa transação. Se você está considerando antecipar seu financiamento, confira alguns pontos que devem ser observados antes de tomar esta (grande!) decisão:

Quais taxas devem ser consideradas?

Todas as taxas bancárias. Basicamente, não basta fazer um cálculo rápido considerando as taxas de juros e, então, decidir por quitar um financiamento. A razão está em outras taxas que estão inseridas nessa negociação.

O ideal é calcular o custo efetivo total do financiamento — o CET. Para isso, não se deve considerar apenas os juros, mas também os outros custos da operação. Um exemplo é a taxa referencial (TR), um indicador geral da economia brasileira.

Além disso, podem existir custos embutidos com seguro e tarifas administrativas, assim como impostos. Normalmente, esses valores não serão descontados na quitação do financiamento, ficando o desconto apenas nos juros — o que pode fazer com que a antecipação seja tão vantajosa para você.

O que a lei diz sobre quitar imóvel com consórcio?

A Lei nº 11.1795/2008, que regulamenta os consórcios no Brasil, estabelece que os que têm uma carta de crédito contemplada no próprio nome podem usá-la para concluir o contrato de financiamento, desde que sejam os responsáveis por quitá-lo. Para efetivar essa operação, é necessário seguir uma série de requisitos como:

  • aderir a contratos de financiamento e a consórcios posteriores a 2009 (quando a legislação entrou em vigor);
  • assinar contratos que coincidam com o mesmo grupo de investimento, ou seja, o financiamento imobiliário só pode ser encerrado com uma carta de crédito imobiliário contemplada;
  • ser contemplado no consórcio através de sorteio ou por lance;
  • haver um acordo entre a administradora do consórcio e a instituição financeira para fazer a operação;
  • estar previsto no contrato de financiamento o uso da carta de crédito para encerrá-lo;
  • fazer com que o bem financiado seja quitado por meio do contrato de consórcio;
  • garantir que a carta de crédito contemplada tenha valor igual ou maior que o saldo devido à instituição financeira.

Quais são os procedimentos para quitar financiamento de imóvel com consórcio?

Na hora de quitar o imóvel financiado com consórcio, a recomendação é adotar algumas medidas, por exemplo:

  • ler as condições do contrato de consórcio com bastante atenção;
  • tirar todas as dúvidas com a administradora do consórcio, antes de finalizar a negociação;
  • aguardar ser contemplado através do sorteio na assembleia do consórcio ou fazer o lance vencedor;
  • buscar informações com a instituição financeira onde o financiamento foi feito para conhecer as formalidades para quitar investimento por meio do consórcio;
  • negociar com o credor do financiamento as possibilidades de quitação antecipada, para assim, tentar obter desconto;
  • avaliar se o valor da carta de crédito contemplada é o suficiente para a quitação do bem;
  • providenciar os documentos pessoais e do imóvel, além dos comprovantes de pagamento de outras despesas (impostos e taxas de cartório).

O consórcio é um excelente aliado na hora de quitar dívidas. Afinal, ele atua como medida preventiva para não cair no endividamento: compra parcelada, sem altos  juros e com planejamento financeiro. 

No consórcio, aos poucos a educação financeira é trabalhada, e isso se torna um bom hábito, pois, mesmo que as mensalidades estejam em dia, sua consciência terá sido programada para guardar dinheiro, no lugar de gastar, além de toda a economia feita com a quitação do financiamento.
O consórcio permite que você faça investimento a partir de um planejamento consistente, respeitando todos os desafios financeiros em meio a crise econômica

Fala com Lupi, é só clicar no rosto de Lupi aí no canto inferior direito da tela e tirar todas as suas dúvidas. 

A hora para alcançar grandes conquistas é agora!


Últimas Postagens

Apartamento com varanda gourmet: dicas de decoração

Além das vantagens por si só, um apartamento com varanda gourmet pode ser ainda mais otimizado. Neste artigo te daremos algumas dicas de decoração.

Quais são os tipos de consórcio para abrir um negócio?

O consórcio para abrir um negócio é uma excelente alternativa para quem está pensando e em concretizar novos planos! Podemos te ajudar no processo.

Quanto custa um apartamento no Consórcio?

Você sabe quanto custa um apartamento no consórcio? O sistema de consórcios oferece planos e vantagens exclusivas para você programar a sua compra. Confira!

5 razões para comprar apartamento de luxo como investimento

Comprar um apartamento de luxo é equivalente a comprar uma fatia valiosa da cidade. Quer saber como fazer para ter um apartamento como investimento? Confira!

Financiamento de caminhão é uma boa escolha?

Além disso, os trâmites para financiamento de caminhão são complexos, haja burocracia…Neste artigo te explicamos o porquê e a solução para isso.

Financiamento de carro: qual a melhor modalidade de compra?

Muitos consumidores costumam ficar em dúvida sobre qual opção escolher: financiamento de carro ou consórcio? Calma que estamos aqui para te ajudar na escolha.
Facebook - UP Consórcios
Instagram - UP Consórcios
Twitter - UP Consórcios
Linkedin - UP Consórcios
Youtube - UP Consórcios
Deezer - UP Consórcios
Spotify - UP Consórcios