WhatsUP - UP Consórcios
04/2022

Saiba fazer a regularização das parcelas do consórcio

Saiba fazer a regularização das parcelas do consórcio

Confira como fazer a regularização das parcelas do consórcio e não ficar por fora de suas conquistas! O UP Consórcios está junto com você em todos os momentos!

Confira como fazer a regularização das parcelas do consórcio e não ficar por fora de suas conquistas! O UP Consórcios está junto com você em todos os momentos!

Entrar no consórcio é um passo muito importante para quem realmente quer ter seu próprio serviço, carro ou casa. Essa é uma decisão muito complicada, pois manter um consórcio exige muita disciplina e planejamento financeiro. Por isso é importante saber lidar com consórcios que atrasam ou ainda não consideraram.

Isso porque esse tipo de negócio pode durar muito tempo e inclui muitas parcelas e valores. Como resultado, atrasos podem ocorrer dentro do consórcio e são relativamente comuns.

Muitas pessoas antes de entrar no setor se perguntam o que acontece se você não pagar o consórcio? ele é cancelado? preciso pagar por isso? Quantas parcelas do consórcio posso adiar? Como posso normalizar a situação? Meu nome ficará sujo se eu parar de pagar as parcelas do consórcio? O que acontece se eu não pagar?

Primeiramente, mantenha a calma. Atrasar parcelas de consórcio significa que aquela conquista que está nos seus planos será pausada por tempo indeterminado. Como saída, tem a opção de você reativar o consórcio e voltar a investir nos seus objetivos. 

Como fazer a regularização das parcelas do consórcio?

Se você está com parcelas atrasadas de consórcio, o primeiro passo é entrar em contato com o UP para negociar as parcelas atrasadas.

Importante: caso o atraso seja superior a 2 meses, o participante corre o risco de ser excluído do grupo, além disso, também é acrescentado juros e multa de acordo com seu contrato. E mais, algumas penalizações entram em jogo, afinal, outras pessoas são afetadas com o atraso do pagamento de parcelas do consórcio. 

Não se sinta mal se esse for o seu caso, mas excluído é o termo oficial utilizado pelo Sistema de Consórcios. Excluídos são pessoas que deixaram de fazer parte de um grupo de consórcio. Há duas maneiras de se tornar um excluído. A primeira e mais correta é o consorciado, identificando os problemas financeiros, pede à administradora que o exclua do grupo. A segunda, e esta é mais problemática e danosa, é a exclusão em decorrência de inadimplência.

Pessoas inadimplentes, ou seja, aquelas que deixam de pagar as parcelas de sua cota de consórcio dentro de um prazo estabelecido pela administradora, são automaticamente excluídas do grupo. Antes de ser excluído, durante o período de inadimplência, o consorciado não pode concorrer à contemplação (tanto por sorteio quanto por lance), voltando somente após a negociação ou reativação.

Quando não se negocia parcelas atrasadas de consórcio, o cliente passa a concorrer no sorteio de clientes cancelados, para receber o valor pago até o momento. É essencial destacar aqui também que ele não receberá o valor integral investido. Ou seja, o que o cliente com a cota cancelada recebe são os valores referentes ao fundo comum, do qual é descontado o valor da multa por quebra de contrato.

Regularizar as parcelas do consórcio: dicas para negociar parcelas atrasadas para reativar o consórcio 

Agora que você sabe a importância em negociar as parcelas atrasadas do consórcio, vale mais uma vez o destaque: é essencial entrar em contato com a empresa do consórcio. Será ela que irá verificar as possibilidades do retorno considerando, no primeiro momento, se existem vagas naquele grupo ou se a cota da qual foi excluído foi ocupada por outra pessoa.

Mesmo que exista vaga, é necessário, antes de retornar ao grupo de consórcio, passar pela análise financeira. Como pessoas excluídas são retiradas ou se retiram do grupo por problemas financeiros, a administradora do consórcio irá verificar se você terá capacidade de pagar pela cota. Caso exista uma vaga e você seja aprovado, é possível adicionar as contas daquela cota em dia e voltar para o seu grupo de consórcio. Se estamos falando em colocar as contas em dia, estamos tratando dos juros e multas das parcelas atrasadas no período em que a sua cota ainda era ativa.

Não será necessário fazer o pagamento integral das parcelas atrasadas ao voltar para o consórcio. O valor pode ser diluído nos meses que restam entre a sua volta e o encerramento do grupo de consórcio. É essencial aqui lembrar também que você não zera os prazos quando volta, continua dependente do que o contrato do grupo prevê. 

Ao atrasar parcelas do consórcio, o cotista fica praticamente obrigado a realizar o pagamento de juros e multas, sendo 1% de juros moratórios ao mês e 2% de multa sobre o valor das mensalidades atrasadas.

No UP a incidência de juros e multas só ocorre em casos de falta de pagamento das parcelas mensais. Para uma única parcela em atraso, os juros são calculados sobre o tempo de ausência de pagamento e você não participa das assembleias de contemplação naquele mês. Para mais de duas parcelas, a penalidade é o cancelamento da sua cota, isto é, a não participação nas assembleias de contemplação. 

Ficou com alguma dúvida? Chama no WhatsUP e comece já o seu processo de regularização das parcelas do consórcio. E fique mais perto de conquistar se objetivo.

Outras matérias relacionadas

05/2022

10 dicas de como fazer um consórcio de sucesso

Neste artigo que preparamos, juntamos 10 dicas de como fazer um consórcio de sucesso com informações sobre processo de educação financeira para te ajudar ainda!

03/2022

Como conseguir carta de crédito para comprar apartamento

Não é novidade para ninguém que a conquista da casa própria é um dos maiores objetivos de vida. Saiba como conseguir carta de crédito para comprar apartamento!

03/2022

Consórcio de moto Yamaha: confira os principais benefícios

O consórcio de moto Yamaha funciona como uma espécie de poupança: você não paga altos juros, somente uma taxa administrativa. Entenda mais neste artigo!

Saiba fazer a regularização das parcelas do consórcio

Saiba fazer a regularização das parcelas do consórcio

Confira como fazer a regularização das parcelas do consórcio e não ficar por fora de suas conquistas! O UP Consórcios está junto com você em todos os momentos!

Entrar no consórcio é um passo muito importante para quem realmente quer ter seu próprio serviço, carro ou casa. Essa é uma decisão muito complicada, pois manter um consórcio exige muita disciplina e planejamento financeiro. Por isso é importante saber lidar com consórcios que atrasam ou ainda não consideraram.

Isso porque esse tipo de negócio pode durar muito tempo e inclui muitas parcelas e valores. Como resultado, atrasos podem ocorrer dentro do consórcio e são relativamente comuns.

Muitas pessoas antes de entrar no setor se perguntam o que acontece se você não pagar o consórcio? ele é cancelado? preciso pagar por isso? Quantas parcelas do consórcio posso adiar? Como posso normalizar a situação? Meu nome ficará sujo se eu parar de pagar as parcelas do consórcio? O que acontece se eu não pagar?

Primeiramente, mantenha a calma. Atrasar parcelas de consórcio significa que aquela conquista que está nos seus planos será pausada por tempo indeterminado. Como saída, tem a opção de você reativar o consórcio e voltar a investir nos seus objetivos. 

Como fazer a regularização das parcelas do consórcio?

Se você está com parcelas atrasadas de consórcio, o primeiro passo é entrar em contato com o UP para negociar as parcelas atrasadas.

Importante: caso o atraso seja superior a 2 meses, o participante corre o risco de ser excluído do grupo, além disso, também é acrescentado juros e multa de acordo com seu contrato. E mais, algumas penalizações entram em jogo, afinal, outras pessoas são afetadas com o atraso do pagamento de parcelas do consórcio. 

Não se sinta mal se esse for o seu caso, mas excluído é o termo oficial utilizado pelo Sistema de Consórcios. Excluídos são pessoas que deixaram de fazer parte de um grupo de consórcio. Há duas maneiras de se tornar um excluído. A primeira e mais correta é o consorciado, identificando os problemas financeiros, pede à administradora que o exclua do grupo. A segunda, e esta é mais problemática e danosa, é a exclusão em decorrência de inadimplência.

Pessoas inadimplentes, ou seja, aquelas que deixam de pagar as parcelas de sua cota de consórcio dentro de um prazo estabelecido pela administradora, são automaticamente excluídas do grupo. Antes de ser excluído, durante o período de inadimplência, o consorciado não pode concorrer à contemplação (tanto por sorteio quanto por lance), voltando somente após a negociação ou reativação.

Quando não se negocia parcelas atrasadas de consórcio, o cliente passa a concorrer no sorteio de clientes cancelados, para receber o valor pago até o momento. É essencial destacar aqui também que ele não receberá o valor integral investido. Ou seja, o que o cliente com a cota cancelada recebe são os valores referentes ao fundo comum, do qual é descontado o valor da multa por quebra de contrato.

Regularizar as parcelas do consórcio: dicas para negociar parcelas atrasadas para reativar o consórcio 

Agora que você sabe a importância em negociar as parcelas atrasadas do consórcio, vale mais uma vez o destaque: é essencial entrar em contato com a empresa do consórcio. Será ela que irá verificar as possibilidades do retorno considerando, no primeiro momento, se existem vagas naquele grupo ou se a cota da qual foi excluído foi ocupada por outra pessoa.

Mesmo que exista vaga, é necessário, antes de retornar ao grupo de consórcio, passar pela análise financeira. Como pessoas excluídas são retiradas ou se retiram do grupo por problemas financeiros, a administradora do consórcio irá verificar se você terá capacidade de pagar pela cota. Caso exista uma vaga e você seja aprovado, é possível adicionar as contas daquela cota em dia e voltar para o seu grupo de consórcio. Se estamos falando em colocar as contas em dia, estamos tratando dos juros e multas das parcelas atrasadas no período em que a sua cota ainda era ativa.

Não será necessário fazer o pagamento integral das parcelas atrasadas ao voltar para o consórcio. O valor pode ser diluído nos meses que restam entre a sua volta e o encerramento do grupo de consórcio. É essencial aqui lembrar também que você não zera os prazos quando volta, continua dependente do que o contrato do grupo prevê. 

Ao atrasar parcelas do consórcio, o cotista fica praticamente obrigado a realizar o pagamento de juros e multas, sendo 1% de juros moratórios ao mês e 2% de multa sobre o valor das mensalidades atrasadas.

No UP a incidência de juros e multas só ocorre em casos de falta de pagamento das parcelas mensais. Para uma única parcela em atraso, os juros são calculados sobre o tempo de ausência de pagamento e você não participa das assembleias de contemplação naquele mês. Para mais de duas parcelas, a penalidade é o cancelamento da sua cota, isto é, a não participação nas assembleias de contemplação. 

Ficou com alguma dúvida? Chama no WhatsUP e comece já o seu processo de regularização das parcelas do consórcio. E fique mais perto de conquistar se objetivo.

Últimas Postagens

Tabela de consórcio: o que é e como funciona?

A tabela de consórcio é um documento que contém todas as informações sobre valores de união. Essa é uma informação básica e você deve ficar atento a ela!

Consórcio de Van para quem quer empreender

Já pensou em um consórcio de van para abrir seu próprio negócio? Nos acompanhe na leitura e veja os benefícios deste investimento. Boa leitura!

Rendimento melhor que poupança

Quer investir seu dinheiro, mas em algo com um rendimento melhor que poupança? Nos acompanhe na leitura que preparamos e descubra as vantagens do consórcio.

Invista em Consorcios no pós pandemia

Invista em consórcio! Confira, neste artigo, os benefícios desta modalidade de investimento, mesmo em meio a crise deixada pela pandemia. Saiba mais!

No UP Consórcios o que importa é a experiência do cliente

Tornar a experiência do cliente positiva não é tarefa fácil. Muitas vezes envolve uma mudança de perspectiva, estratégia, cultura e liderança da empresa.

Meu Consórcio Digital é UP!

Sabe aquela satisfação em afirmar "meu consórcio é UP"? Se você não sabe, é porque ainda não contratou nossos serviços. Leia e saiba como funciona!
Facebook - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Instagram - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Twitter - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Linkedin - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Youtube - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Deezer - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Spotify - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis