Voltar
05/2020

Como obter informações adicionais de uma incorporadora imobiliária?

O mercado imobiliário não atua de forma fechada, ele conta com diversas empresas, entidades e prestadores para viabilizar todo o processo, desde a construção até a comercialização e a entrega de unidades.

Em meio a esse universo de negócios, a incorporadora imobiliária é um conceito que diz respeito à fazer com que todos possam trabalhar com segurança jurídica. , Ela é responsável por firmar contrato tanto com o dono do terreno quanto com a empresa de construção que irá executar a obra. No contrato, ficam estabelecidos os direitos, deveres, prazos e pagamentos de cada um.

Entretanto, antes de pensar em obter mais informações sobre as incorporadoras imobiliárias, entenda a diferença entre incorporadoras, construtoras e as imobiliárias.

Construtora x Incorporadora Imobiliária x Imobiliária

Listamos, de maneira resumida e prática, as principais diferenças entre os conceitos que envolve o mercado imobiliário. Veja: 


Construtoras: construtora é a empresa que irá executar a obra, isto é, construir o empreendimento. Fica a cargo dela todo o processo da construção, como o projeto de engenharia,  arquitetura, disponibilização de equipamentos, mão de obra, infraestrutura, entre outras etapas.

Também é de responsabilidade da construtora certificar toda a segurança do projeto, corrigir erros, verificar se está tudo em ordem, para então, entregar o projeto. Vale lembrar que, em alguns casos, as construtoras são também incorporadoras ou contratadas por estas.


Incorporadoras Imobiliárias: são as incorporadoras imobiliárias que cuidam exatamente do processo da incorporação, e isso pode incluir uma análise do terreno, das oportunidades de crescimento em determinada região e, assim, se é interessante desenvolver um projeto na área.

Para seguir em frente com a construção, é de responsabilidade da incorporadora imobiliária registrar o empreendimento, ou seja, fazer a incorporação imobiliária.

Imobiliárias: às imobiliárias, no entanto, têm o papel de viabilizar o processo de comercialização dos imóveis, e isso inclui o aluguel e a administração deles, também. Essas empresas ganham através das negociações realizadas com os compradores ou investidores.

Como obter informações de uma incorporadora imobiliária

A primeira coisa importante a fazer é o estudo da viabilidade econômica, comercial e ambiental da obra. Nessa etapa, a incorporadora deve contar com especialistas que possam responder a perguntas como: 


  1. Qual o lucro que a obra irá gerar? 
  2. O valor a ser cobrado pelas unidades para que não haja prejuízo é compatível com a realidade do mercado? 
  3. O local pretendido fica em área de preservação ambiental ou com problemas de deslizamento?


Antes de adquirir a área os ou direitos para construir, é necessário avaliar o solo, a vizinhança e descobrir se o mercado consumidor pretendido (classe econômica, faixa etária de moradores, etc.) irá se interessar em morar naquela região.

Faça uma pesquisa sobre a empresa

Se você pular esta tarefa, pode ter problemas sérios no futuro. Verifique se a empresa tem uma boa reputação no mercado. Evite fazer negócios com incorporadoras imobiliárias que tenham atrasado o pagamento dos terrenos que compraram ou que respondam a muitos processos judiciais.

Verifique a qualidade da comunicação

A empresa está conseguindo tirar todas as suas dúvidas? A empresa é solícita ao atendê-lo? A empresa divulga de forma clara seus canais de atendimento (telefone, e-mail e endereço, entre outros)? 

Essas perguntas são essenciais para que você conheça a qualidade do serviço prestado pela incorporadora imobiliária. Se você notar que a empresa não responde às suas tentativas de contato ou que os atendentes parecem não conhecer nada de mercado imobiliário, fique atento. Observe se você não está caindo em uma cilada. 

Faça um UP Consórcios de Terreno/Imóvel

Para entender o consórcio de imóvel de maneira simples basta pensar em um grupo de pessoas que desejam comprar um bem, como um terreno, porém nenhuma delas tem a quantia necessária nas palmas das mãos. Ao se organizarem para contribuir mensalmente com valores iguais, esse grupo de pessoas conseguem comprar ao menos um imóvel à vista por mês!

E é aí que entram os sorteios. É para decidir quem fica com o imóvel da vez - os sorteios são feitos entre os membros do grupo. Contribuindo até o final do prazo estabelecido, mesmo após serem contemplados, todos conseguem conquistar seu objetivo, uns antes outros depois. 

O UP Consórcios é uma fintech da Embracon que ajuda as pessoas a atingirem seus objetivos com planejamento financeiro. Mais que moderno e digital, o UP é um consórcio transparente e o único consórcio sem nenhuma taxa até a contemplação. 

Outro diferencial do UP é a recompra garantida para a cota contemplada, com as parcelas pagas corrigidas pelo índice oficial da Poupança. No UP Consórcios você encontra as menores parcelas do mercado. Simule, compare e compre. E o melhor: sem juros, sem taxas de adesão, fundo reserva e administrativa até a contemplação.

O UP possui algumas singularidades que o destacam dentre os demais consórcios e o reafirma como uma melhor opção para nossas conquistas. Diferente de um financiamento, por exemplo, não é necessário ter um grande valor de entrada para dar o primeiro passo na conquista de sua meta: aqui, temos diversas categorias que você pode escolher, entre carros, imóveis, serviços estéticos, cursos, festas, viagens ou reformas; escolhido o seu objetivo, é determinado o valor do crédito desejado e escolhida a quantidade de parcelas.

O plano de consórcio é iniciado de forma 100% digital, através de nosso site e não é cobrada nenhum tipo de taxa ou juros para contratar, como acontece em todas as outras modalidades de crédito. Exemplo: Se é desejado um carro no valor de R$40 mil e o consorciado escolhe realizar o pagamento em 150 parcelas, ele irá pagar R$1 mil por mês.

Apenas após a contemplação, ou seja, após ter o seu bem ou serviço em mãos, que é iniciado o pagamento de uma Taxa de Administração, que aqui possui as menores porcentagens do mercado: 0,35% para autos e imóveis e 0,45% para serviços: sem cobrança referente ao período anterior a contemplação. Lembrando que você não paga taxa sobre as parcelas anteriores à sua contemplação. Isso significa que o último a ser contemplado paga nenhuma taxa.

Quando o desejo é um bem de maior valor, como um imóvel, as vantagens em contratar um consórcio ficam ainda mais evidentes. Além de não precisar de um valor de entrada e eliminar as taxas e juros abusivos, ainda é possível contar com o seu Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para realizar o seu lance – além de antecipar a conquista de sua carta de crédito, o valor é usado para eliminar as últimas parcelas do consórcio, diminuir todas as restantes ou até mesmo te ajudar com eventuais meses em atraso.

Ao entrar em um financiamento as parcelas podem ser atrativas, mas não podemos jamais esquecer os prazos. A decisão no momento de escolha entre o consórcio e o financiamento deve levar em consideração não apenas o fato da parcela caber ou não no bolso. Mas sim a certeza que, em um consórcio, considerando o pior cenário (sem lance, sem adiantamento de parcelas, sem amortização com FGTS), você deverá quitar o imóvel em 15 anos.

Estando assim livre para conquistar outros objetivos. Já no financiamento, os prazos são até mesmo superiores ao dobro do consórcio. Mesmo com as parcelas decrescentes, você chega a pagar 200% de juros. E, é claro que quem paga juros conquista menos.

Grande parte dos financiamentos exige um valor de entrada e, para poupar este valor, precisamos de disciplina. Sendo assim, seja qual for a modalidade de crédito escolhida, consórcio ou financiamento, temos que organizar nosso orçamento e ter paciência. Para quem já guardou o suficiente para entrar em um financiamento de imediato, o consórcio é uma excelente opção, pois você pode ofertar um lance logo na primeira assembleia.


Aproveite essas dicas e faça escolher assertivas! Boa sorte! Até mais!

Simule seu consórcio agora mesmo!

Simule agora

Outras matérias relacionadas

05/2020

Fui contemplado no consórcio e agora? Passo a passo do que fazer!

Fui contemplado no consórcio e agora? Acesse nosso conteúdo e confira o passo a passo completo sobre o que fazer quando esse momento único chegar!

05/2020

Vale a pena comprar um imóvel na planta?

Vale a pena comprar um imóvel na planta? Confira algumas das principais características dessa modalidade para ajudá-lo nesta importante decisão da sua vida!

05/2020

Tire suas dúvidas sobre o Auxílio Emergencial

Quem tem direito? Só recebe quem está no CadÚnico? Quem precisa se cadastrar no aplicativo da Caixa? Tire essas e outras dúvidas sobre o Auxílio Emergencial!

Como obter informações adicionais de uma incorporadora imobiliária?

Como obter informações adicionais de uma incorporadora imobiliária?

O mercado imobiliário não atua de forma fechada, ele conta com diversas empresas, entidades e prestadores para viabilizar todo o processo, desde a construção até a comercialização e a entrega de unidades.

Em meio a esse universo de negócios, a incorporadora imobiliária é um conceito que diz respeito à fazer com que todos possam trabalhar com segurança jurídica. , Ela é responsável por firmar contrato tanto com o dono do terreno quanto com a empresa de construção que irá executar a obra. No contrato, ficam estabelecidos os direitos, deveres, prazos e pagamentos de cada um.

Entretanto, antes de pensar em obter mais informações sobre as incorporadoras imobiliárias, entenda a diferença entre incorporadoras, construtoras e as imobiliárias.

Construtora x Incorporadora Imobiliária x Imobiliária

Listamos, de maneira resumida e prática, as principais diferenças entre os conceitos que envolve o mercado imobiliário. Veja: 


Construtoras: construtora é a empresa que irá executar a obra, isto é, construir o empreendimento. Fica a cargo dela todo o processo da construção, como o projeto de engenharia,  arquitetura, disponibilização de equipamentos, mão de obra, infraestrutura, entre outras etapas.

Também é de responsabilidade da construtora certificar toda a segurança do projeto, corrigir erros, verificar se está tudo em ordem, para então, entregar o projeto. Vale lembrar que, em alguns casos, as construtoras são também incorporadoras ou contratadas por estas.


Incorporadoras Imobiliárias: são as incorporadoras imobiliárias que cuidam exatamente do processo da incorporação, e isso pode incluir uma análise do terreno, das oportunidades de crescimento em determinada região e, assim, se é interessante desenvolver um projeto na área.

Para seguir em frente com a construção, é de responsabilidade da incorporadora imobiliária registrar o empreendimento, ou seja, fazer a incorporação imobiliária.

Imobiliárias: às imobiliárias, no entanto, têm o papel de viabilizar o processo de comercialização dos imóveis, e isso inclui o aluguel e a administração deles, também. Essas empresas ganham através das negociações realizadas com os compradores ou investidores.

Como obter informações de uma incorporadora imobiliária

A primeira coisa importante a fazer é o estudo da viabilidade econômica, comercial e ambiental da obra. Nessa etapa, a incorporadora deve contar com especialistas que possam responder a perguntas como: 


  1. Qual o lucro que a obra irá gerar? 
  2. O valor a ser cobrado pelas unidades para que não haja prejuízo é compatível com a realidade do mercado? 
  3. O local pretendido fica em área de preservação ambiental ou com problemas de deslizamento?


Antes de adquirir a área os ou direitos para construir, é necessário avaliar o solo, a vizinhança e descobrir se o mercado consumidor pretendido (classe econômica, faixa etária de moradores, etc.) irá se interessar em morar naquela região.

Faça uma pesquisa sobre a empresa

Se você pular esta tarefa, pode ter problemas sérios no futuro. Verifique se a empresa tem uma boa reputação no mercado. Evite fazer negócios com incorporadoras imobiliárias que tenham atrasado o pagamento dos terrenos que compraram ou que respondam a muitos processos judiciais.

Verifique a qualidade da comunicação

A empresa está conseguindo tirar todas as suas dúvidas? A empresa é solícita ao atendê-lo? A empresa divulga de forma clara seus canais de atendimento (telefone, e-mail e endereço, entre outros)? 

Essas perguntas são essenciais para que você conheça a qualidade do serviço prestado pela incorporadora imobiliária. Se você notar que a empresa não responde às suas tentativas de contato ou que os atendentes parecem não conhecer nada de mercado imobiliário, fique atento. Observe se você não está caindo em uma cilada. 

Faça um UP Consórcios de Terreno/Imóvel

Para entender o consórcio de imóvel de maneira simples basta pensar em um grupo de pessoas que desejam comprar um bem, como um terreno, porém nenhuma delas tem a quantia necessária nas palmas das mãos. Ao se organizarem para contribuir mensalmente com valores iguais, esse grupo de pessoas conseguem comprar ao menos um imóvel à vista por mês!

E é aí que entram os sorteios. É para decidir quem fica com o imóvel da vez - os sorteios são feitos entre os membros do grupo. Contribuindo até o final do prazo estabelecido, mesmo após serem contemplados, todos conseguem conquistar seu objetivo, uns antes outros depois. 

O UP Consórcios é uma fintech da Embracon que ajuda as pessoas a atingirem seus objetivos com planejamento financeiro. Mais que moderno e digital, o UP é um consórcio transparente e o único consórcio sem nenhuma taxa até a contemplação. 

Outro diferencial do UP é a recompra garantida para a cota contemplada, com as parcelas pagas corrigidas pelo índice oficial da Poupança. No UP Consórcios você encontra as menores parcelas do mercado. Simule, compare e compre. E o melhor: sem juros, sem taxas de adesão, fundo reserva e administrativa até a contemplação.

O UP possui algumas singularidades que o destacam dentre os demais consórcios e o reafirma como uma melhor opção para nossas conquistas. Diferente de um financiamento, por exemplo, não é necessário ter um grande valor de entrada para dar o primeiro passo na conquista de sua meta: aqui, temos diversas categorias que você pode escolher, entre carros, imóveis, serviços estéticos, cursos, festas, viagens ou reformas; escolhido o seu objetivo, é determinado o valor do crédito desejado e escolhida a quantidade de parcelas.

O plano de consórcio é iniciado de forma 100% digital, através de nosso site e não é cobrada nenhum tipo de taxa ou juros para contratar, como acontece em todas as outras modalidades de crédito. Exemplo: Se é desejado um carro no valor de R$40 mil e o consorciado escolhe realizar o pagamento em 150 parcelas, ele irá pagar R$1 mil por mês.

Apenas após a contemplação, ou seja, após ter o seu bem ou serviço em mãos, que é iniciado o pagamento de uma Taxa de Administração, que aqui possui as menores porcentagens do mercado: 0,35% para autos e imóveis e 0,45% para serviços: sem cobrança referente ao período anterior a contemplação. Lembrando que você não paga taxa sobre as parcelas anteriores à sua contemplação. Isso significa que o último a ser contemplado paga nenhuma taxa.

Quando o desejo é um bem de maior valor, como um imóvel, as vantagens em contratar um consórcio ficam ainda mais evidentes. Além de não precisar de um valor de entrada e eliminar as taxas e juros abusivos, ainda é possível contar com o seu Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para realizar o seu lance – além de antecipar a conquista de sua carta de crédito, o valor é usado para eliminar as últimas parcelas do consórcio, diminuir todas as restantes ou até mesmo te ajudar com eventuais meses em atraso.

Ao entrar em um financiamento as parcelas podem ser atrativas, mas não podemos jamais esquecer os prazos. A decisão no momento de escolha entre o consórcio e o financiamento deve levar em consideração não apenas o fato da parcela caber ou não no bolso. Mas sim a certeza que, em um consórcio, considerando o pior cenário (sem lance, sem adiantamento de parcelas, sem amortização com FGTS), você deverá quitar o imóvel em 15 anos.

Estando assim livre para conquistar outros objetivos. Já no financiamento, os prazos são até mesmo superiores ao dobro do consórcio. Mesmo com as parcelas decrescentes, você chega a pagar 200% de juros. E, é claro que quem paga juros conquista menos.

Grande parte dos financiamentos exige um valor de entrada e, para poupar este valor, precisamos de disciplina. Sendo assim, seja qual for a modalidade de crédito escolhida, consórcio ou financiamento, temos que organizar nosso orçamento e ter paciência. Para quem já guardou o suficiente para entrar em um financiamento de imediato, o consórcio é uma excelente opção, pois você pode ofertar um lance logo na primeira assembleia.


Aproveite essas dicas e faça escolher assertivas! Boa sorte! Até mais!

Últimas Postagens

Como se planejar para a aposentadoria

Se tem um tema que dá friozinho na barriga de qualquer pessoa que já começou a trabalhar, é aposentadoria. Acesse e saiba como se planejar para a aposentadoria!

Quanto custa um seguro de carro popular?

O seguro de carro dispõe de dois benefícios muito vantajosos: proteção e a tranquilidade. Acesse nossa postagem e saiba quanto custa o seguro de carro popular!

Entenda como decidir o valor de lance do Consórcio

Acompanhe este artigo e saiba como decidir o valor de lance do Consórcio para ter a aquisição do seu bem mais rápido!

Carros com seguros mais caros no Brasil

Carros com seguros mais caros no Brasil - A lista está limitada a veículos vendidos no Brasil com preços de até R$ 350 mil. Clique aqui e saiba mais!

Destinos para viajar após a pandemia no Brasil

Apesar de não termos previsão de quando tudo vai voltar a normalidade, planejamento é tudo. Saiba alguns destinos para viajar após a pandemia no Brasil!

Consórcio ou Minha Casa Minha Vida: qual a melhor modalidade para comprar um imóvel

Consórcio ou Minha Casa Minha Vida: Acompanhe a leitura deste artigo, confira as principais vantagens e desvantagens entre elas e escolha a melhor opção!
Próximo
1 / 42
Spotify - UP Consórcios