WhatsUP - UP Consórcios
07/2021

4 motivos para fazer um Consórcio durante a crise econômica

Acesse e conheça 4 bons motivos para fazer um Consórcio durante a crise!

Não é de agora que o Brasil vem passando por momentos complicados, podemos dizer a economia ficou de repente meio assim...do avesso!  Infelizmente, a crise econômica vai continuar e a população tem que se adequar à nova realidade do país, ao menos por enquanto! 

Na verdade temos as crises externas e reais. Mas as piores e mais preocupantes são as internas. Aqueles medos, nóias e neuras que nos impedem de agir. Quando ficamos suscetíveis às qualquer notícia ruim, estamos vulneráveis às especulações. E economia é especulação. O que realmente dita o que vai acontecer é o comportamento do consumidor.

Nesse mesmo sentido, você já deve ter visto na mídia que o número de pessoas aderindo ao Consórcio vem crescendo nesses últimos anos, diante disso, vamos listar 4 motivos para fazer um Consórcio durante a crise e explicaremos o porquê dele ser um bom negócio para você, sobretudo neste momento. 

Primeiramente vamos contextualizar. Vínhamos há alguns anos falando que melhor do que ter um carro ou uma casa, era investir o dinheiro para ter rendimento que pagasse o aluguel e ainda pudessem nos remunerar. Tudo isso mudou. Primeiramente porque o brasileiro percebeu que o milagre da multiplicação não existe. Mas, principalmente porque hoje, mais do que nunca queremos a segurança e o conforto de um lar e um automóvel.

Tudo mudou muito rápido. Nossos hábitos de consumo mudaram, assim como nossas prioridades. Buscamos mais do que nunca na nossa história estabilidade e conforto.

E é neste contexto que, mais uma vez o consórcio é a solução ideal. Afinal, reúne em um único produto: ferramenta de poupança, modalidade de crédito e produto de investimento.

Por este e outros motivos, o consórcio vem sendo conhecido com uma poupança turbinada. Afinal, você começa apenas poupando, mas pode transformar esta poupança em um objetivo realizado a partir da contemplação.


Bom, vamos lá para você entender melhor:

4 Motivos para fazer um Consórcio durante a crise econômica

1. Valores que cabem no orçamento

Fazendo uso do Consórcio, você tem várias opções de créditos e parcelas de acordo com o seu orçamento! Escolher o valor que deseja pagar por mês e que cabe nos seus gastos mensais e da sua família é uma excelente oportunidade de sair na frente nesse momento de crise, lembrando que o Consórcio não tem taxas de juros e nem entrada!

2. É a melhor alternativa ao financiamento, sem taxas de juros!

Há um grande diferença entre consórcio e o financiamento, trata-se do valor total a ser pago! E os juros do financiamento está batendo recordes com a crise no país.

Um imóvel que tenha um custo de aproximadamente R$ 300 mil e o consumidor opte pelo financiamento quitando a dívida em até 25 anos (300 meses) terá, ao final, um gasto duas a três vezes maior do que o preço inicial. Já com o Consórcio, o custo será de 30% a mais do valor do imóvel (Fonte: A Tribuna). Esse exemplo simples mostra como o consórcio é mais vantajoso em relação ao financiamento, não é mesmo?

3. Não existe restrição de crédito no Consórcio!

Em meio ao aumento das restrições para o crédito em bancos, o Consórcio é mais uma vez a melhor opção para quem deseja comprar um carro novo ou a casa própria.

A crise econômica e o aumento da inadimplência tornaram as instituições financeiras, como os bancos, mais conservadoras no momento de conceder um financiamento. Com o Consórcio, você não precisa comprovar renda para adquirir uma carta de crédito, afinal, a análise de crédito é feita somente após a contemplação.

4. As parcelas do Consórcio cabem nos seus gastos mensais

A realidade econômica do país sofreu mudanças nesses últimos anos e se não houver planejamento nos gastos mensais, as chances terminar com uma dívida em aberto é grande. Por isso, o planejamento financeiro é mais necessário do que nunca.

Além disso, o Consórcio é o melhor meio de realizar os seus planos de uma forma afinal organizada e planejada, pois você consegue simular o valor das parcelas que deseja pagar no mês, sem os juros altíssimos, e encaixar no seus gastos mensais, tornando-se uma conta conhecida, como a de água ou de luz.

Faça um UP Consórcios e drible a crise econômica!

Diferentemente do que acontece com o financiamento, o consórcio não realiza cobrança de juros. Todas as empresas de consórcio, porém, realizam a cobrança da taxa de administração, que a remunera por seus serviços de formação de grupos e entrega das cartas. Esse valor não ultrapassa 20% do total do bem.

O UP, porém, só realiza a cobrança da taxa de administração após a contemplação. Isso significa que, ao contratar uma carta de consórcio de automóveis, por exemplo, de R$ 50 mil, em 50 meses, você paga R$ 1 mil por mês. 

Ao contemplado nas assembleias, a taxa de administração vai incidir nas parcelas restantes. A taxas são: 0,35% para imóveis e automóveis e 0,45% para serviços. Usando e mesmo exemplo do auto de 50 mil em 50 meses, a parcela de R$ 1 mil será reajustada para R$ 1.175,00 a partir da contemplação, ou seja, você não paga taxa referente às parcelas antes da contemplação.

Ao ser sorteado nas assembleias, o valor da taxa de administração é diluído nas parcelas restantes. Caso você invista em um consórcio de imóveis, por exemplo, não precisa se preocupar com parcelas intermediárias ou em ter que pagar um alto valor de entrada - lembrando que as instituições financeiras cobram em média 30% de entrada para investir em uma casa ou apartamento.

Mensalidade de acordo com o seu orçamento 

A primeira etapa para contratar um consórcio é fazer uma simulação. Nela, você insere o valor total do seu bem (carta de crédito) e a quantidade de parcelas que deseja pagar.


O simulador dá total possibilidade de ajustar os valores de acordo com o seus rendimentos mensais. 


O ideal é que essa faixa não ultrapasse 30% dos rendimentos mensais, para evitar contratempos.

Organize-se para contemplação

Consórcio é a melhor forma de ter uma compra planejada. Além de participar dos sorteios realizados nas assembleias, o consorciado pode fazer a oferta de um lance para antecipar a compra de um bem.

O lance funciona da seguinte forma: você registra, antes da assembleia, um valor a mais que daria para ter o bem. Esse valor pode representar uma boa quantidade de parcelas restantes ou completar o que falta da carta de crédito

Se o seu valor for o maior, você é contemplado. Mas, como o UP só realiza a cobrança da taxa de administração após a contemplação, vale a pena esperar. Afinal, o valor não é retroativo, ou seja, não se cobra taxas de parcelas que já foram quitadas.

No UP, temos grupos para cada segmento: imóveis, auto e serviços. Todos os grupos, sem exceção, estão contemplando com percentuais bem menores que a média de mercado. Entenda: bem menores quer dizer A METADE! Isso tem explicação: o UP tem atraído cada vez mais um perfil que deseja guardar dinheiro e que quer se planejar e não tem interesse em ofertar lance de imediato. Outra razão é o fato de não cobrarmos nenhuma taxa. Todo o valor arrecadado com as parcelas é convertido em contemplações, afinal não tem nenhuma taxa embutida. Aqui é SEM PEGADINHA e SEM ASTERISCO!

O UP é assim, TRANSPARENTE!


Todo esse cenário favorece, e muito, quem quer ofertar um lance. Afinal, com tanta gente poupando, e com o grupo livre de taxas e sem aqueles lances do crédito, lance embutido, lance financiado e tantos outros que todo mundo no grupo tem e só servem inflacionar os percentuais, quem ganha é você, que realmente se planejou para adiantar algumas parcelas e assim garantir sua contemplação e a chance de conquistar o seu objetivo sem ter que esperar pelo sorteio.

Quem conhece os consórcios sabe como é: grupo novo igual lance alto. Aqui, mesmo nos grupos mais novos você encontra percentuais entre 20% e 40%. Fala sério?! Reinventamos o Consórcio! Os outros consórcios que se cocem! Aqui é UP!


Portanto, não perca mais tempo! Faça já uma simulação no UP e invista no seu objetivo.

Simule seu consórcio agora mesmo!

Tem mais alguma dúvida sobre o assunto? Deixe seus questionamentos nos comentários! Ou entre em contato conosco

Outras matérias relacionadas

07/2021

Financiamento ou consórcio imovel: qual a melhor opção de crédito?

Financiamento ou consórcio imovel: Qual a melhor opção de crédito? Confira nossa postagem e escolha a melhor modalidade para a compra de seu imóvel!

07/2021

O que é inflação? Saiba a importância da educação financeira em tempos desafiadores

De modo geral, a inflação é o aumento dos preços dos bens e serviços durante um determinado período. Vamos te contar com detalhes como funciona!

07/2021

Programe-se para a grande viagem da sua vida

Invista na viagem dos seus sonhos e saiba como se preparar financeiramente.

4 motivos para fazer um Consórcio durante a crise econômica

4 motivos para fazer um Consórcio durante a crise econômica

Não é de agora que o Brasil vem passando por momentos complicados, podemos dizer a economia ficou de repente meio assim...do avesso!  Infelizmente, a crise econômica vai continuar e a população tem que se adequar à nova realidade do país, ao menos por enquanto! 

Na verdade temos as crises externas e reais. Mas as piores e mais preocupantes são as internas. Aqueles medos, nóias e neuras que nos impedem de agir. Quando ficamos suscetíveis às qualquer notícia ruim, estamos vulneráveis às especulações. E economia é especulação. O que realmente dita o que vai acontecer é o comportamento do consumidor.

Nesse mesmo sentido, você já deve ter visto na mídia que o número de pessoas aderindo ao Consórcio vem crescendo nesses últimos anos, diante disso, vamos listar 4 motivos para fazer um Consórcio durante a crise e explicaremos o porquê dele ser um bom negócio para você, sobretudo neste momento. 

Primeiramente vamos contextualizar. Vínhamos há alguns anos falando que melhor do que ter um carro ou uma casa, era investir o dinheiro para ter rendimento que pagasse o aluguel e ainda pudessem nos remunerar. Tudo isso mudou. Primeiramente porque o brasileiro percebeu que o milagre da multiplicação não existe. Mas, principalmente porque hoje, mais do que nunca queremos a segurança e o conforto de um lar e um automóvel.

Tudo mudou muito rápido. Nossos hábitos de consumo mudaram, assim como nossas prioridades. Buscamos mais do que nunca na nossa história estabilidade e conforto.

E é neste contexto que, mais uma vez o consórcio é a solução ideal. Afinal, reúne em um único produto: ferramenta de poupança, modalidade de crédito e produto de investimento.

Por este e outros motivos, o consórcio vem sendo conhecido com uma poupança turbinada. Afinal, você começa apenas poupando, mas pode transformar esta poupança em um objetivo realizado a partir da contemplação.


Bom, vamos lá para você entender melhor:

4 Motivos para fazer um Consórcio durante a crise econômica

1. Valores que cabem no orçamento

Fazendo uso do Consórcio, você tem várias opções de créditos e parcelas de acordo com o seu orçamento! Escolher o valor que deseja pagar por mês e que cabe nos seus gastos mensais e da sua família é uma excelente oportunidade de sair na frente nesse momento de crise, lembrando que o Consórcio não tem taxas de juros e nem entrada!

2. É a melhor alternativa ao financiamento, sem taxas de juros!

Há um grande diferença entre consórcio e o financiamento, trata-se do valor total a ser pago! E os juros do financiamento está batendo recordes com a crise no país.

Um imóvel que tenha um custo de aproximadamente R$ 300 mil e o consumidor opte pelo financiamento quitando a dívida em até 25 anos (300 meses) terá, ao final, um gasto duas a três vezes maior do que o preço inicial. Já com o Consórcio, o custo será de 30% a mais do valor do imóvel (Fonte: A Tribuna). Esse exemplo simples mostra como o consórcio é mais vantajoso em relação ao financiamento, não é mesmo?

3. Não existe restrição de crédito no Consórcio!

Em meio ao aumento das restrições para o crédito em bancos, o Consórcio é mais uma vez a melhor opção para quem deseja comprar um carro novo ou a casa própria.

A crise econômica e o aumento da inadimplência tornaram as instituições financeiras, como os bancos, mais conservadoras no momento de conceder um financiamento. Com o Consórcio, você não precisa comprovar renda para adquirir uma carta de crédito, afinal, a análise de crédito é feita somente após a contemplação.

4. As parcelas do Consórcio cabem nos seus gastos mensais

A realidade econômica do país sofreu mudanças nesses últimos anos e se não houver planejamento nos gastos mensais, as chances terminar com uma dívida em aberto é grande. Por isso, o planejamento financeiro é mais necessário do que nunca.

Além disso, o Consórcio é o melhor meio de realizar os seus planos de uma forma afinal organizada e planejada, pois você consegue simular o valor das parcelas que deseja pagar no mês, sem os juros altíssimos, e encaixar no seus gastos mensais, tornando-se uma conta conhecida, como a de água ou de luz.

Faça um UP Consórcios e drible a crise econômica!

Diferentemente do que acontece com o financiamento, o consórcio não realiza cobrança de juros. Todas as empresas de consórcio, porém, realizam a cobrança da taxa de administração, que a remunera por seus serviços de formação de grupos e entrega das cartas. Esse valor não ultrapassa 20% do total do bem.

O UP, porém, só realiza a cobrança da taxa de administração após a contemplação. Isso significa que, ao contratar uma carta de consórcio de automóveis, por exemplo, de R$ 50 mil, em 50 meses, você paga R$ 1 mil por mês. 

Ao contemplado nas assembleias, a taxa de administração vai incidir nas parcelas restantes. A taxas são: 0,35% para imóveis e automóveis e 0,45% para serviços. Usando e mesmo exemplo do auto de 50 mil em 50 meses, a parcela de R$ 1 mil será reajustada para R$ 1.175,00 a partir da contemplação, ou seja, você não paga taxa referente às parcelas antes da contemplação.

Ao ser sorteado nas assembleias, o valor da taxa de administração é diluído nas parcelas restantes. Caso você invista em um consórcio de imóveis, por exemplo, não precisa se preocupar com parcelas intermediárias ou em ter que pagar um alto valor de entrada - lembrando que as instituições financeiras cobram em média 30% de entrada para investir em uma casa ou apartamento.

Mensalidade de acordo com o seu orçamento 

A primeira etapa para contratar um consórcio é fazer uma simulação. Nela, você insere o valor total do seu bem (carta de crédito) e a quantidade de parcelas que deseja pagar.


O simulador dá total possibilidade de ajustar os valores de acordo com o seus rendimentos mensais. 


O ideal é que essa faixa não ultrapasse 30% dos rendimentos mensais, para evitar contratempos.

Organize-se para contemplação

Consórcio é a melhor forma de ter uma compra planejada. Além de participar dos sorteios realizados nas assembleias, o consorciado pode fazer a oferta de um lance para antecipar a compra de um bem.

O lance funciona da seguinte forma: você registra, antes da assembleia, um valor a mais que daria para ter o bem. Esse valor pode representar uma boa quantidade de parcelas restantes ou completar o que falta da carta de crédito

Se o seu valor for o maior, você é contemplado. Mas, como o UP só realiza a cobrança da taxa de administração após a contemplação, vale a pena esperar. Afinal, o valor não é retroativo, ou seja, não se cobra taxas de parcelas que já foram quitadas.

No UP, temos grupos para cada segmento: imóveis, auto e serviços. Todos os grupos, sem exceção, estão contemplando com percentuais bem menores que a média de mercado. Entenda: bem menores quer dizer A METADE! Isso tem explicação: o UP tem atraído cada vez mais um perfil que deseja guardar dinheiro e que quer se planejar e não tem interesse em ofertar lance de imediato. Outra razão é o fato de não cobrarmos nenhuma taxa. Todo o valor arrecadado com as parcelas é convertido em contemplações, afinal não tem nenhuma taxa embutida. Aqui é SEM PEGADINHA e SEM ASTERISCO!

O UP é assim, TRANSPARENTE!


Todo esse cenário favorece, e muito, quem quer ofertar um lance. Afinal, com tanta gente poupando, e com o grupo livre de taxas e sem aqueles lances do crédito, lance embutido, lance financiado e tantos outros que todo mundo no grupo tem e só servem inflacionar os percentuais, quem ganha é você, que realmente se planejou para adiantar algumas parcelas e assim garantir sua contemplação e a chance de conquistar o seu objetivo sem ter que esperar pelo sorteio.

Quem conhece os consórcios sabe como é: grupo novo igual lance alto. Aqui, mesmo nos grupos mais novos você encontra percentuais entre 20% e 40%. Fala sério?! Reinventamos o Consórcio! Os outros consórcios que se cocem! Aqui é UP!


Portanto, não perca mais tempo! Faça já uma simulação no UP e invista no seu objetivo.

Simule seu consórcio agora mesmo!

Tem mais alguma dúvida sobre o assunto? Deixe seus questionamentos nos comentários! Ou entre em contato conosco

Últimas Postagens

Por que investir no Consórcio Imobiliário em 2022?

O consórcio imobiliário pode cumprir o papel de ser a ponte para o sucesso na vida daqueles que querem alcançar grandes conquistas. Leia este artigo e confira.

Saiba como o consórcio te ajuda a ter sucesso profissional

Ter sucesso profissional, nos tempos atuais, talvez carregue valores diferentes dos nossos pais. Fazer um intercâmbio, é muito mais fácil nos dias de hoje.

Dicas para planejar a melhor viagem de final de ano em família

O momento de planejar a melhor viagem cria expectativa grande para as férias e com isso para o tão esperado descanso, diversão e muito mais. Vamos te ajudar!

Como evitar contas atrasadas? - UP Consórcios

Você sabe como evitar contas atrasadas? Preparamos este artigo para te dizer que é possível evitar que as dívidas virem uma bola de neve. Confira!

O que é um investimento? Dicas para investir com consórcio!

Compreender o que é um investimento é fundamental para alcançar todos seus objetivos. Neste artigo daremos dicas para investir com consórcio. Confira!

10 razões para simular consórcio de imóvel

O consórcio é uma opção para todas as pessoas que querem adquirir um bem sem comprometer as finanças. Saiba como simular consórcio de imóvel.
Facebook - UP Consórcios
Instagram - UP Consórcios
Twitter - UP Consórcios
Linkedin - UP Consórcios
Youtube - UP Consórcios
Deezer - UP Consórcios
Spotify - UP Consórcios