Voltar
01/2021

5 razões para não fazer um financiamento de imóvel!

Na hora de fazer uma compra de alto valor, como comprar um imóvel, algumas contas devem ser colocadas na ponta do lápis. Se você não faz isso, acaba caindo em uma cilada. Mas e o financiamento de imóvel? É amor ou cilada? 

Primeiramente, como você já deve saber, o financiamento é uma modalidade de compra parcelada, disponibilizada pelos bancos, e que ocorre por meio da liberação de recursos para a aquisição do imóvel. Mas antes de você chegar nessa etapa, uma análise detalhada de crédito e cobrança de juros é feito. 

Quem contrata o financiamento recebe o bem e assume esse empréstimo, realizando pagamentos de parcelas mensais durante um período determinado, que pode ser de muitos anos. O valor que o banco disponibiliza varia conforme o perfil financeiro de cada cliente, assim como as taxas de juros. As parcelas mensais podem ser decrescentes ou estáveis, item que varia de acordo com a negociação feita com a instituição bancária. 

Já percebeu que o monstro não é pequeno, né? 

O primeiro enfrentamento é a burocracia (e vamos concordar que ninguém mais tempo para isso!) e, muitas vezes, os juros de um financiamento de imóvel não compensa. Entretanto, esta é uma modalidade que possibilita o alcance de um bem de alto valor mais rápido, o que sem dúvidas é um dos motivos que faz com que ele tenha tantos adeptos no Brasil. 

5 razões para não fazer um financiamento de imóvel

1. Taxas de juros altas

O financiamento de imóvel te possibilita parcelas fixas ou decrescentes, porém e entretanto, nelas são inseridos juros elevados, considerando o valor do bem no momento da compra e o prazo escolhido para pagamento. Se comparado ao consórcio de imóvel, isso faz com que os recursos aplicados durante o financiamento sejam maiores. O investidor tende a gastar mais dinheiro para finalizar a compra de uma casa ou apartamento, por exemplo. Dessa forma, consideramos esta a Razão número 1 para NÃO fazer um financiamento de imóvel

2. Burocracia! (O famoso ‘’Ninguém merece’’)

As instituições financeiras são exigentes quanto aos documentos para aprovação de crédito. Ou seja, é essencial ter muita atenção para seguir as regras e obter o dinheiro do financiamento de imóvel. Qualquer pisadinha fora da linha pode atrasar o negócio e fazer com que você espere mais para adquirir sua casa. Por outro lado, o consórcio tem menos burocracia para participar de um grupo e iniciar o pagamento das parcelas.

3. Mais risco de perder o imóvel

Você já conheceu alguém que gosta de perder tempo e dinheiro

Se sim, essa pessoa com certeza não está ‘’dentro da casinha’’. 

Nós, meros mortais com a cabeça no lugar, temos pavor disso, não é mesmo? 

Se o investidor de um financiamento de imóvel não pagar as parcelas em dia, corre o risco de devolver o bem adquirido para quitar as dívidas com a instituição financeira. Essa é uma situação bastante comum entre os adeptos desta modalidade, e sabemos muito bem que os bancos não são nada bonzinhos - sem um bom planejamento financeiro isso pode acontecer.

4. Mais chances de ficar com o nome sujo

Já que os juros estão sempre em movimento crescente, as parcelas acabam afetando qualquer planejamento financeiro. É um fator que também eleva o risco de inadimplência. E nessa situação, a conquista da casa própria pode se transformar em uma dívida bem complicada de ser quitada. Quanto mais tempo você demora para pagar as parcelas, maiores são as chances de ficar com o nome sujo e ter dificuldades para se livrar do endividamento.

5. Menos condições de aplicar o dinheiro

Ao ter feito um financiamento de imóvel, você terá que lidar com a taxa de juros, e assim, muitas vezes há dificuldade em aplicar o dinheiro para outras iniciativas e objetivos. A sua renda tende a ficar comprometida com o pagamento das parcelas.

Outro razão para não fazer financiamento de imóvel é que os recursos financeiros vitais para a quitação dos juros deixam de ser utilizados em outras aplicações (poupança, tesouro direto, CDB etc.) que contribuem para aumentar os rendimentos e o seu patrimônio.

Não faça um financiamento! Faça um UP Consórcio de imóvel

No financiamento de imóvel, como você pode bem ver, no primeiro momento vai ser preciso enfrentar a burocracia do processo e entregar documentos que comprovem sua renda, além de apresentar um histórico de crédito impecável.

Ao superar as burocracias, vai ser preciso lidar com as altas taxas de juros cobradas. Elas podem fazer o valor final pago pelo imóvel crescer muito. Isso só piora nos momentos em que a economia está instável, afinal, os bancos se tornam mais reticentes em disponibilizar crédito, como forma de proteção contra a inadimplência.

Considere também que o Brasil disputa colocação entre as dez piores taxas de juros do mundo, hoje estamos em sexto lugar. Portanto, acredite, não é normal pagar 3 imóveis ao banco quando você comprou apenas 1. A verdade é que isso já faz parte da nossa cultura e simplesmente não ficamos chocados com isso, mas definitivamente não é justo!

5 razões para não fazer um financiamento de imóvel!


Por último, pode ser que seja necessário apresentar pelo menos um avalista, que ‘’irá arcar’’ com o crédito caso você não o faça. Há também a possibilidade de devolução do imóvel, em caso de impossibilidade de quitação do saldo devedor.

Não tem entrada para comprar sua casa

O Consórcio de Imóvel é a melhor solução, afinal enquanto você faz suas economias e se planeja, já concorre aos sorteios podendo antecipar a conquista!

Levando em conta somente os valores envolvidos em ambas as opções, fazer consórcio é mais vantajoso. Não há cobrança de juros, que, nos financiamentos, podem ser exorbitantes e muito maiores que as taxas exigidas em um consórcio. A burocracia também é menor e não há necessidade de arcar com valores para entrada.

Mais que moderno e digital, o UP é um consórcio transparente e o único consórcio sem nenhuma taxa até a contemplação. Outro diferencial do UP é a recompra garantida para a cota contemplada, com as parcelas pagas corrigidas pelo índice oficial da Poupança.

No UP Consórcios você encontra as menores parcelas do mercado. Simule, compare e compre. E o melhor: sem juros, sem taxas de adesão, fundo reserva e administrativa até a contemplação. 

Simule seu consórcio agora mesmo!

Simule agora

Outras matérias relacionadas

01/2021

O que você precisa saber sobre consórcio para intercâmbio

De uma vez por todas: consórcio é mesmo um investimento muito versátil. Acesse e saiba o que você precisa saber sobre consórcio para intercâmbio!

01/2021

Quanto tempo pode atrasar o pagamento do consórcio?

Atrasar o pagamento do consórcio pode trazer desconfortos indesejáveis. Acesse nossa postagem e saiba quanto tempo pode atrasar o pagamento do consórcio!

01/2021

Fazer intercâmbio para se desenvolver profissionalmente vale a pena?

Fazer intercâmbio para se desenvolver profissionalmente vale a pena? Acesse nossa postagem e saiba tudo sobre como fazer intercâmbio!

5 razões para não fazer um financiamento de imóvel!

5 razões para não fazer um financiamento de imóvel!

Na hora de fazer uma compra de alto valor, como comprar um imóvel, algumas contas devem ser colocadas na ponta do lápis. Se você não faz isso, acaba caindo em uma cilada. Mas e o financiamento de imóvel? É amor ou cilada? 

Primeiramente, como você já deve saber, o financiamento é uma modalidade de compra parcelada, disponibilizada pelos bancos, e que ocorre por meio da liberação de recursos para a aquisição do imóvel. Mas antes de você chegar nessa etapa, uma análise detalhada de crédito e cobrança de juros é feito. 

Quem contrata o financiamento recebe o bem e assume esse empréstimo, realizando pagamentos de parcelas mensais durante um período determinado, que pode ser de muitos anos. O valor que o banco disponibiliza varia conforme o perfil financeiro de cada cliente, assim como as taxas de juros. As parcelas mensais podem ser decrescentes ou estáveis, item que varia de acordo com a negociação feita com a instituição bancária. 

Já percebeu que o monstro não é pequeno, né? 

O primeiro enfrentamento é a burocracia (e vamos concordar que ninguém mais tempo para isso!) e, muitas vezes, os juros de um financiamento de imóvel não compensa. Entretanto, esta é uma modalidade que possibilita o alcance de um bem de alto valor mais rápido, o que sem dúvidas é um dos motivos que faz com que ele tenha tantos adeptos no Brasil. 

5 razões para não fazer um financiamento de imóvel

1. Taxas de juros altas

O financiamento de imóvel te possibilita parcelas fixas ou decrescentes, porém e entretanto, nelas são inseridos juros elevados, considerando o valor do bem no momento da compra e o prazo escolhido para pagamento. Se comparado ao consórcio de imóvel, isso faz com que os recursos aplicados durante o financiamento sejam maiores. O investidor tende a gastar mais dinheiro para finalizar a compra de uma casa ou apartamento, por exemplo. Dessa forma, consideramos esta a Razão número 1 para NÃO fazer um financiamento de imóvel

2. Burocracia! (O famoso ‘’Ninguém merece’’)

As instituições financeiras são exigentes quanto aos documentos para aprovação de crédito. Ou seja, é essencial ter muita atenção para seguir as regras e obter o dinheiro do financiamento de imóvel. Qualquer pisadinha fora da linha pode atrasar o negócio e fazer com que você espere mais para adquirir sua casa. Por outro lado, o consórcio tem menos burocracia para participar de um grupo e iniciar o pagamento das parcelas.

3. Mais risco de perder o imóvel

Você já conheceu alguém que gosta de perder tempo e dinheiro

Se sim, essa pessoa com certeza não está ‘’dentro da casinha’’. 

Nós, meros mortais com a cabeça no lugar, temos pavor disso, não é mesmo? 

Se o investidor de um financiamento de imóvel não pagar as parcelas em dia, corre o risco de devolver o bem adquirido para quitar as dívidas com a instituição financeira. Essa é uma situação bastante comum entre os adeptos desta modalidade, e sabemos muito bem que os bancos não são nada bonzinhos - sem um bom planejamento financeiro isso pode acontecer.

4. Mais chances de ficar com o nome sujo

Já que os juros estão sempre em movimento crescente, as parcelas acabam afetando qualquer planejamento financeiro. É um fator que também eleva o risco de inadimplência. E nessa situação, a conquista da casa própria pode se transformar em uma dívida bem complicada de ser quitada. Quanto mais tempo você demora para pagar as parcelas, maiores são as chances de ficar com o nome sujo e ter dificuldades para se livrar do endividamento.

5. Menos condições de aplicar o dinheiro

Ao ter feito um financiamento de imóvel, você terá que lidar com a taxa de juros, e assim, muitas vezes há dificuldade em aplicar o dinheiro para outras iniciativas e objetivos. A sua renda tende a ficar comprometida com o pagamento das parcelas.

Outro razão para não fazer financiamento de imóvel é que os recursos financeiros vitais para a quitação dos juros deixam de ser utilizados em outras aplicações (poupança, tesouro direto, CDB etc.) que contribuem para aumentar os rendimentos e o seu patrimônio.

Não faça um financiamento! Faça um UP Consórcio de imóvel

No financiamento de imóvel, como você pode bem ver, no primeiro momento vai ser preciso enfrentar a burocracia do processo e entregar documentos que comprovem sua renda, além de apresentar um histórico de crédito impecável.

Ao superar as burocracias, vai ser preciso lidar com as altas taxas de juros cobradas. Elas podem fazer o valor final pago pelo imóvel crescer muito. Isso só piora nos momentos em que a economia está instável, afinal, os bancos se tornam mais reticentes em disponibilizar crédito, como forma de proteção contra a inadimplência.

Considere também que o Brasil disputa colocação entre as dez piores taxas de juros do mundo, hoje estamos em sexto lugar. Portanto, acredite, não é normal pagar 3 imóveis ao banco quando você comprou apenas 1. A verdade é que isso já faz parte da nossa cultura e simplesmente não ficamos chocados com isso, mas definitivamente não é justo!

5 razões para não fazer um financiamento de imóvel!


Por último, pode ser que seja necessário apresentar pelo menos um avalista, que ‘’irá arcar’’ com o crédito caso você não o faça. Há também a possibilidade de devolução do imóvel, em caso de impossibilidade de quitação do saldo devedor.

Não tem entrada para comprar sua casa

O Consórcio de Imóvel é a melhor solução, afinal enquanto você faz suas economias e se planeja, já concorre aos sorteios podendo antecipar a conquista!

Levando em conta somente os valores envolvidos em ambas as opções, fazer consórcio é mais vantajoso. Não há cobrança de juros, que, nos financiamentos, podem ser exorbitantes e muito maiores que as taxas exigidas em um consórcio. A burocracia também é menor e não há necessidade de arcar com valores para entrada.

Mais que moderno e digital, o UP é um consórcio transparente e o único consórcio sem nenhuma taxa até a contemplação. Outro diferencial do UP é a recompra garantida para a cota contemplada, com as parcelas pagas corrigidas pelo índice oficial da Poupança.

No UP Consórcios você encontra as menores parcelas do mercado. Simule, compare e compre. E o melhor: sem juros, sem taxas de adesão, fundo reserva e administrativa até a contemplação. 

Últimas Postagens

Turismo na Europa: expectativas para o pós pandemia

Com todas as preocupações com a pandemia, algumas mudanças precisaram ser feitas. Mas, você já pode começar a se planejar para sua viagem pós pandemia.

3 sinais indicam que você precisa trocar de carro

Você sabe quando é o momento certo de trocar de carro? Então, descubra os 3 sinais que indicam que está na hora de comprar outro carro.

Como funciona o sistema de consórcio?

Com o consórcio é possível parcelar o valor total do bem, adequando às suas possibilidades financeiras e sem pagar nada de juros. E aí, qual vai ser?

Guia de planejamento financeiro para autonômos, MEI's e afins

Ser um profissional autônomo, MEI e afins exige um bom planejamento financeiro. Quer dar um UP nas suas finanças? Então, continue a leitura.

Melhores destinos de viagem na América do Sul

Fazer uma viagem pela América do Sul é uma das MELHORES experiências do mundo! Mas você já pensou na quantidade de destinos que esse continente possui?

É possível comprar um veiculo que está financiado com consórcio?

Afinal, o consórcio é muito menos burocrático, você não paga juros e, a carta de crédito do consórcio pode ser usada para quitar um veículo financiado.
Próximo
1 / 75
Facebook - UP Consórcios
Instagram - UP Consórcios
Twitter - UP Consórcios
Linkedin - UP Consórcios
Youtube - UP Consórcios
Deezer - UP Consórcios
Spotify - UP Consórcios