WhatsUP - UP Consórcios
08/2021

Posso fazer consórcio para tratamento odontológico?

Nada melhor do que ter o sorriso em dia, não é mesmo? Aliás, está muito além de questão somente de estética, de querer impressionar o pretendente e afins. Na verdade, manter os dentes em boas condições é um fator de saúde!

Mesmo assim, muitos de nós nos deparamos com um grande problema: o preço dos tratamentos dentários é exorbitante, o que resulta no afastamento de pessoas que precisam deles.

Ainda bem que é possível fazer um consórcio dentário para financiar esses serviços. Se você não sabia disso, continue a leitura deste conteúdo e veja como fazer um consórcio para tratamento odontológico

Como funciona o consórcio para tratamento odontológico? Passo a passo para fazer um!

O consórcio é uma modalidade de compra parcelada, nele, um grupo de pessoas se reúne a fim de alcançar o mesmo objetivo. No caso: tratamento odontológico.

O consórcio de serviços é a categoria que oferece uma gama de tratamentos, que pode ser paga com essa modalidade. Confira alguns deles:

  • implante dentário
  • tratamento de canal
  • próteses
  • aparelhos fixos e móveis
  • clareamento e limpeza
  • cirurgias plásticas na gengiva

No consórcio de serviços, uma administradora fica responsável por gerenciar um grupo de pessoas. Em resumo, cada consorciado tem o dever de realizar o pagamento mensal da parcela. A cada mês, vários participantes são contemplados com a carta de crédito, sendo um via sorteio e outros via lance, de acordo com o saldo disponível no grupo.  

O valor da mensalidade do consórcio irá variar conforme o preço do serviço escolhido, mas também de acordo com o tempo planejado para o pagamento. Em geral, a duração de um consórcio de serviços se estende, no máximo, até 4 anos, lembrando que quanto mais longo o prazo, menor a parcela.

Além disso, é válido ressaltar que, assim como todo consórcio, você pode ser contemplado tanto no começo do ciclo de pagamento, como no término das suas parcelas. 

De qualquer forma, há outra maneira de ser contemplado: ofertar um lance para aumentar suas chances de contemplação. Você pode adiantar a sua contemplação e garantir a contratação do serviço desejado no momento planejado.

posso-fazer-consorcio-para-tratamento-odontologico

Quais as vantagens do consórcio de serviços para tratamento dentário?

O consórcio é uma excelente opção para quem quer contratar um serviço, mesmo quando sua quitação à vista (e, nesse sentido, com descontos) for inviável. 

Nessa dinâmica, você faz uma poupança conjunta com os outros consorciados, buscando um objetivo a curto, médio ou longo prazo sem precisar fazer grandes sacrifícios, o que pode ser simples como abrir mão do cinema ou da pizza de sexta-feira.

Sem dúvida, a principal vantagem de se contratar um consórcio para tratamento odontológico é a economia em relação a outras opções disponíveis para arcar com o tratamento, como empréstimos pessoais ou negociações diretas com quem realizará o serviço.

Aliás, o seu comprometimento, quando entrar no consórcio, será com o pagamento das parcelas mensais, o que pode ser bem mais efetivo que tentar economizar uma quantidade de dinheiro por conta própria, depositando-o em uma poupança, por exemplo. Dessa maneira, seu procedimento pode ser feito muito mais rápido.

O mais importante a ser ressaltado aqui é que o consórcio não é indicado para procedimentos considerados urgentes, uma vez que não é possível saber com exatidão se o serviço será feito antes do final do pagamento das parcelas. Por isso, é essencial considerar esse fator para se planejar e pagar o consórcio com sossego.

Quanto tempo preciso esperar para ser contemplado no consórcio de serviços para tratamento odontológico?

Como eu disse acima, tem muito mais a ver com planejamento do que regra de tempo para ser contemplado. No consórcio de serviços, assim como em qualquer outro tipo de consórcio, é possível ser contemplado de duas maneiras: por lance ou sorteio.

A assembleia de consórcio é o momento em que acontecem os sorteios e as ofertas de lances. São elas que permitem a contemplação de um ou mais participantes, que podem utilizar os recursos para comprar o bem desejado. Juntos, esses recursos são reunidos na forma da carta de crédito, que se trata do valor para a contratação do serviço ou compra do bem especificado. 

A carta de crédito, dessa forma, é um valor com o qual é possível adquirir o bem desejado a partir do consórcio. O objetivo dela é estabelecer segurança para quem compra e também para a administradora do negócio, assim, o valor contratado é pago e será recebido até o fim do plano. Para conseguir a carta de crédito, é preciso passar por alguns procedimentos. Veja só: 

Definição do valor

O primeiro passo (real e oficial), para conseguir a carta de crédito no consórcio de serviços, é definir seu valor. Ou seja, o valor que você precisa para alcançar seu objetivo de compra. E mais do que isso, é preciso definir qual a quantia que pode pagar por mês.

Para ter sucesso nessa escolha, a dica é definir bem o tempo de consórcio e da renda. O mais indicado é que o valor da parcela não comprometa mais do que 30% da renda, contribuindo para a segurança financeira do participante do consórcio.

Não se preocupe, se você ainda não tem muito bem definido o valor, é possível alterá-lo quando o consórcio já está em andamento. Se, durante o andamento do consórcio, por exemplo, você não conseguir fazer o pagamento das parcelas de um determinado valor, é possível reduzir a carta de crédito para driblar as preocupações financeiras. 

Por outro lado, se você quiser pagar um pouco mais, pode estender o seu limite. O mais importante de tudo é sempre estar em contato com a administradora do consórcio e respeitar as regras previamente definidas no contrato.

É preciso ser contemplado no consórcio

Todos que começam a pagar as mensalidades serão contemplados. No entanto, é preciso reforçar que nenhuma administradora de consórcio pode garantir a data que essa contemplação acontecerá. Pode ser no primeiro, no segundo, ou, no último mês.

Isso porque o consorciado, ao investir em uma carta, participa de um grupo com diversos outros consorciados interessados em bens semelhantes.

Todos os meses são realizadas assembleias para divulgar os contemplados de acordo com o sorteio da Loteria Federal. Como os concursos são realizados duas vezes por semana, às quartas e aos sábados, considera-se o sorteio mais próximo à data das assembleias.

Se você for sorteado, é contemplado com a carta de crédito, mas existe outra forma que pode garantir a contemplação de forma mais rápida, ou de acordo com o que você tiver planejado, a oferta do lance.

Contemplado por lance

Quem deseja antecipar a aquisição do bem, pode optar pelo lance. Funciona da seguinte forma: até o dia anterior ao da assembleia, você pode fazer uma oferta com o valor que dispõe para pagamento do lance, por e-mail, aplicativo ou central telefônica.

Para definir o valor do lance, você pode fazer esse cálculo pela quantidade de parcelas que deseja quitar da sua carta ou acompanhar os valores contemplados ao longo das assembleias.

Vale lembrar que registrar a oferta do valor antes da assembleia não significa que será debitada antes do sorteio. O pagamento para a administradora de consórcio deve ser feito apenas depois da sua contemplação.

Aquisição indireta

Já que estamos falando de aquisição, é fundamental notar que, em se tratando do funcionamento, a carta de crédito promove uma aquisição indireta. Esse valor, na realidade, é utilizado pela administradora para adquirir o bem desejado.

Diante disso, o valor não cai diretamente na conta do contemplado, na verdade, é utilizado para fazer a aquisição do que é desejado. 

Isso é importante para evitar que os recursos sejam utilizados para bens diferentes daqueles contratados – ou seja, uma carta de crédito imobiliário, por exemplo, serve para comprar bens relacionados a imóveis, dessa forma, não podem ser utilizados para outros fins, como reformar a casa.

Pagamento à vista

Uma coisa é certa: o contemplado não pode fazer a aquisição de forma direta do bem ou serviço, entretanto, ele ganha muito poder de negociação. Como o pagamento é realizado à vista, é possível conseguir descontos diante da liquidez da operação.

Quer um exemplo? Se o contemplado desejar adquirir um imóvel de R$ 300 mil, mas o imóvel fica semanas no mercado e começa a indicar que vai encalhar, essa é a hora que o proprietário começa a ficar atento à desvalorização do bem e à potencial perda de dinheiro.

Diante disso, com a carta de crédito, você pode fazer uma proposta no valor de R$ 285 mil e, então, pode alegar que o pagamento será feito à vista. Se o proprietário não aceitar a primeira oferta, é provável que o valor de venda final seja, consideravelmente, abaixo do valor inicial. 

Como há riscos menores para quem vende, a oferta de dinheiro vivo e do valor integral à vista, geralmente, torna disponível descontos muito vantajosos, o que permite melhor uso da carta de crédito.

Faça uma simulação de consórcio aqui no UP e prepare-se para o seu tratamento odontológico! 

 



Outras matérias relacionadas

07/2021

5 Hábitos que estão atrapalhando seu controle financeiro pessoal

Ter um bom controle financeiro pessoal demanda disciplina. Acesse e confira 5 hábitos que estão atrapalhando seu controle financeiro pessoal!

07/2021

O que acontece com o consórcio após a morte do consorciado sem seguro?

Você sabe o que acontece com o consórcio após a morte do consorciado sem seguro? É uma situação triste, mas explicamos a parte burocrática.

07/2021

Como fazer um consórcio de caminhão? Livre-se dos altos juros!

Os trâmites para financiamento de caminhão são complexos, enquanto isso, o consórcio oferece recursos mais práticos e acessíveis. Entenda como funciona.

Posso fazer consórcio para tratamento odontológico?

Posso fazer consórcio para tratamento odontológico?

Nada melhor do que ter o sorriso em dia, não é mesmo? Aliás, está muito além de questão somente de estética, de querer impressionar o pretendente e afins. Na verdade, manter os dentes em boas condições é um fator de saúde!

Mesmo assim, muitos de nós nos deparamos com um grande problema: o preço dos tratamentos dentários é exorbitante, o que resulta no afastamento de pessoas que precisam deles.

Ainda bem que é possível fazer um consórcio dentário para financiar esses serviços. Se você não sabia disso, continue a leitura deste conteúdo e veja como fazer um consórcio para tratamento odontológico

Como funciona o consórcio para tratamento odontológico? Passo a passo para fazer um!

O consórcio é uma modalidade de compra parcelada, nele, um grupo de pessoas se reúne a fim de alcançar o mesmo objetivo. No caso: tratamento odontológico.

O consórcio de serviços é a categoria que oferece uma gama de tratamentos, que pode ser paga com essa modalidade. Confira alguns deles:

  • implante dentário
  • tratamento de canal
  • próteses
  • aparelhos fixos e móveis
  • clareamento e limpeza
  • cirurgias plásticas na gengiva

No consórcio de serviços, uma administradora fica responsável por gerenciar um grupo de pessoas. Em resumo, cada consorciado tem o dever de realizar o pagamento mensal da parcela. A cada mês, vários participantes são contemplados com a carta de crédito, sendo um via sorteio e outros via lance, de acordo com o saldo disponível no grupo.  

O valor da mensalidade do consórcio irá variar conforme o preço do serviço escolhido, mas também de acordo com o tempo planejado para o pagamento. Em geral, a duração de um consórcio de serviços se estende, no máximo, até 4 anos, lembrando que quanto mais longo o prazo, menor a parcela.

Além disso, é válido ressaltar que, assim como todo consórcio, você pode ser contemplado tanto no começo do ciclo de pagamento, como no término das suas parcelas. 

De qualquer forma, há outra maneira de ser contemplado: ofertar um lance para aumentar suas chances de contemplação. Você pode adiantar a sua contemplação e garantir a contratação do serviço desejado no momento planejado.

posso-fazer-consorcio-para-tratamento-odontologico

Quais as vantagens do consórcio de serviços para tratamento dentário?

O consórcio é uma excelente opção para quem quer contratar um serviço, mesmo quando sua quitação à vista (e, nesse sentido, com descontos) for inviável. 

Nessa dinâmica, você faz uma poupança conjunta com os outros consorciados, buscando um objetivo a curto, médio ou longo prazo sem precisar fazer grandes sacrifícios, o que pode ser simples como abrir mão do cinema ou da pizza de sexta-feira.

Sem dúvida, a principal vantagem de se contratar um consórcio para tratamento odontológico é a economia em relação a outras opções disponíveis para arcar com o tratamento, como empréstimos pessoais ou negociações diretas com quem realizará o serviço.

Aliás, o seu comprometimento, quando entrar no consórcio, será com o pagamento das parcelas mensais, o que pode ser bem mais efetivo que tentar economizar uma quantidade de dinheiro por conta própria, depositando-o em uma poupança, por exemplo. Dessa maneira, seu procedimento pode ser feito muito mais rápido.

O mais importante a ser ressaltado aqui é que o consórcio não é indicado para procedimentos considerados urgentes, uma vez que não é possível saber com exatidão se o serviço será feito antes do final do pagamento das parcelas. Por isso, é essencial considerar esse fator para se planejar e pagar o consórcio com sossego.

Quanto tempo preciso esperar para ser contemplado no consórcio de serviços para tratamento odontológico?

Como eu disse acima, tem muito mais a ver com planejamento do que regra de tempo para ser contemplado. No consórcio de serviços, assim como em qualquer outro tipo de consórcio, é possível ser contemplado de duas maneiras: por lance ou sorteio.

A assembleia de consórcio é o momento em que acontecem os sorteios e as ofertas de lances. São elas que permitem a contemplação de um ou mais participantes, que podem utilizar os recursos para comprar o bem desejado. Juntos, esses recursos são reunidos na forma da carta de crédito, que se trata do valor para a contratação do serviço ou compra do bem especificado. 

A carta de crédito, dessa forma, é um valor com o qual é possível adquirir o bem desejado a partir do consórcio. O objetivo dela é estabelecer segurança para quem compra e também para a administradora do negócio, assim, o valor contratado é pago e será recebido até o fim do plano. Para conseguir a carta de crédito, é preciso passar por alguns procedimentos. Veja só: 

Definição do valor

O primeiro passo (real e oficial), para conseguir a carta de crédito no consórcio de serviços, é definir seu valor. Ou seja, o valor que você precisa para alcançar seu objetivo de compra. E mais do que isso, é preciso definir qual a quantia que pode pagar por mês.

Para ter sucesso nessa escolha, a dica é definir bem o tempo de consórcio e da renda. O mais indicado é que o valor da parcela não comprometa mais do que 30% da renda, contribuindo para a segurança financeira do participante do consórcio.

Não se preocupe, se você ainda não tem muito bem definido o valor, é possível alterá-lo quando o consórcio já está em andamento. Se, durante o andamento do consórcio, por exemplo, você não conseguir fazer o pagamento das parcelas de um determinado valor, é possível reduzir a carta de crédito para driblar as preocupações financeiras. 

Por outro lado, se você quiser pagar um pouco mais, pode estender o seu limite. O mais importante de tudo é sempre estar em contato com a administradora do consórcio e respeitar as regras previamente definidas no contrato.

É preciso ser contemplado no consórcio

Todos que começam a pagar as mensalidades serão contemplados. No entanto, é preciso reforçar que nenhuma administradora de consórcio pode garantir a data que essa contemplação acontecerá. Pode ser no primeiro, no segundo, ou, no último mês.

Isso porque o consorciado, ao investir em uma carta, participa de um grupo com diversos outros consorciados interessados em bens semelhantes.

Todos os meses são realizadas assembleias para divulgar os contemplados de acordo com o sorteio da Loteria Federal. Como os concursos são realizados duas vezes por semana, às quartas e aos sábados, considera-se o sorteio mais próximo à data das assembleias.

Se você for sorteado, é contemplado com a carta de crédito, mas existe outra forma que pode garantir a contemplação de forma mais rápida, ou de acordo com o que você tiver planejado, a oferta do lance.

Contemplado por lance

Quem deseja antecipar a aquisição do bem, pode optar pelo lance. Funciona da seguinte forma: até o dia anterior ao da assembleia, você pode fazer uma oferta com o valor que dispõe para pagamento do lance, por e-mail, aplicativo ou central telefônica.

Para definir o valor do lance, você pode fazer esse cálculo pela quantidade de parcelas que deseja quitar da sua carta ou acompanhar os valores contemplados ao longo das assembleias.

Vale lembrar que registrar a oferta do valor antes da assembleia não significa que será debitada antes do sorteio. O pagamento para a administradora de consórcio deve ser feito apenas depois da sua contemplação.

Aquisição indireta

Já que estamos falando de aquisição, é fundamental notar que, em se tratando do funcionamento, a carta de crédito promove uma aquisição indireta. Esse valor, na realidade, é utilizado pela administradora para adquirir o bem desejado.

Diante disso, o valor não cai diretamente na conta do contemplado, na verdade, é utilizado para fazer a aquisição do que é desejado. 

Isso é importante para evitar que os recursos sejam utilizados para bens diferentes daqueles contratados – ou seja, uma carta de crédito imobiliário, por exemplo, serve para comprar bens relacionados a imóveis, dessa forma, não podem ser utilizados para outros fins, como reformar a casa.

Pagamento à vista

Uma coisa é certa: o contemplado não pode fazer a aquisição de forma direta do bem ou serviço, entretanto, ele ganha muito poder de negociação. Como o pagamento é realizado à vista, é possível conseguir descontos diante da liquidez da operação.

Quer um exemplo? Se o contemplado desejar adquirir um imóvel de R$ 300 mil, mas o imóvel fica semanas no mercado e começa a indicar que vai encalhar, essa é a hora que o proprietário começa a ficar atento à desvalorização do bem e à potencial perda de dinheiro.

Diante disso, com a carta de crédito, você pode fazer uma proposta no valor de R$ 285 mil e, então, pode alegar que o pagamento será feito à vista. Se o proprietário não aceitar a primeira oferta, é provável que o valor de venda final seja, consideravelmente, abaixo do valor inicial. 

Como há riscos menores para quem vende, a oferta de dinheiro vivo e do valor integral à vista, geralmente, torna disponível descontos muito vantajosos, o que permite melhor uso da carta de crédito.

Faça uma simulação de consórcio aqui no UP e prepare-se para o seu tratamento odontológico! 

 



Últimas Postagens

Educação financeira e finanças pessoais para ser contemplado mais rápido

A educação financeira também é capaz de torná-lo mais consciente frente a oportunidades e aos riscos que envolvem diferentes tipos de investimento. Entenda!

Consórcio para construir imóvel: dicas de planejamento financeiro

Você precisa de alguns cuidados antes de comprar um imóvel. Neste artigo, apresentaremos dicas que você precisa saber antes de construir imóvel com consórcio. 

Consórcio de moto Yamaha: confira os principais benefícios

O consórcio de moto Yamaha funciona como uma espécie de poupança: você não paga altos juros, somente uma taxa administrativa. Entenda mais neste artigo!

Dicas para comprar imóvel com planejamento de compra

Comprar imóvel é uma das ações mais importantes da vida pessoal, não é mesmo? Faça a leitura deste conteúdo e confira dicas para comprar seu imóvel.

Como funciona o consórcio gamer

Os jovens estão cada vez mais dispostos a investir. então porque não saber como funciona o consórcio de gamer? Vamos te contar como funciona esse processo.

7 benefícios ao comprar automóvel usado com o UP Consórcios!

Comprar um automóvel usado pode ser a solução para muitos dos desafios relacionados à compra de um automóvel zero km. Saiba mais sobre o assunto, neste artigo!
Facebook - UP Consórcios
Instagram - UP Consórcios
Twitter - UP Consórcios
Linkedin - UP Consórcios
Youtube - UP Consórcios
Deezer - UP Consórcios
Spotify - UP Consórcios