Voltar
05/2020

Entenda porque o consórcio é moderno

Confira nossa postagem e entenda de uma vez por todas porque o Consórcio é moderno!

Bora contextualizar: tem gente que acha que consórcio é coisa de vó. E a verdade é que somos realmente muito EXPERIENTES! O segmento existe desde 1962 no Brasil.


Yasss, somos BOOMERS, mas com um pé na geração X vai... rsrsrs!


Hummm, não foi o suficiente pra te explicar como podemos ser modernos, bom vamos lá!


Consórcio é constituído por grupos de pessoas com objetivos comuns: a compra de um bem ou contratação de serviços. Não existe cobrança de juros, afinal o dinheiro é do grupo! Lógico que, para isso, existe uma administradora que organiza e garante toda essa operação.

Bom, estamos em 2020 e hoje não há nada mais fora de moda que pagar juros. Prontinho! É aqui que o consórcio se encaixa. É uma forma de compra coletiva. É a arte de poupar em grupo e é: SUSTENTÁVEL!

Quer mais? É puro colaborativismo! Soou moderno para você? Mas vou melhorar.

Aqui no UP você não paga NENHUMA TAXA ATÉ A CONTEMPLAÇÃO. Tem algo mais atual que NÃO PAGAR TAXA?

Se os outros consórcios já eram modernos, o UP veio para disrupção do sistema!


Além de TUDO ISSO, tem mais!


Essa questão é simples: Consórcio nada mais é que uma solução financeira moderna e econômica. Isso por si só já revela o quão esta solução é ideal para todos nós, sobretudo nesses tempos de crise econômica

Consórcio para sua realidade financeira

A vontade de conquistar bens e concretizar planos faz com que a maioria dos brasileiros se dedique ao trabalho por anos. É onde há esforço para juntar o suficiente ou até mesmo entrar em financiamentos extremamente longos, com juros elevados para alcançar tal objetivo. 

Nessa luta, fatores como instabilidade no cenário econômico do País, como é o caso da pandemia (coronavírus) presente nesse momento, e a falta de disciplina para guardar dinheiro influenciam para que tais objetivos fiquem cada vez mais distantes de serem conquistados. Mas listamos motivos importantíssimos para te animar em meio a tudo isso: vantagens de fazer um consórcio. Veja só! 

O consórcio não cobra juros

Com as taxas de juros elevadas, o financiamento se torna uma opção cada vez mais pesada para o bolso do brasileiro. 

Essa é uma desvantagem que o consórcio não tem, pois não cobra juros e outros encargos. Existe apenas uma taxa administrativa, calculada sobre o valor do crédito. É importante reforçar que, no UP Consórcios, a taxa de administração só é cobrada após a contemplação, isto é, quando você já dispõe do crédito para uso. 

Menos burocracia

O aumento da inadimplência nesse período de crise intensificou a burocracia e rigor das instituições financeiras no momento de liberar um financiamento. Já o consórcio é simples, qualquer pessoa pode fazer. Você só tem que comprovar sua renda  no momento da contemplação, então se tiver negativado, tem um tempo para melhorar a situação..

As parcelas cabem no seu bolso

No consórcio você não precisa ter dinheiro para dar de entrada ou adesão, o valor total do bem é dividido em parcelas iguais. Antes de optar por essa compra planejada e segura, você faz a simulação e decide o valor de parcela que quer pagar por mês, sem se preocupar com as taxas de juros.

É uma ótima forma de poupar dinheiro

O consórcio é uma ótima solução para preservar seu dinheiro. Isso porque, além de estar investindo em um bem, o valor estará sempre atualizado. As variações da carta de crédito acompanham  o segmento contratado.

Você compra à vista e seu crédito será reajustado para isso, de acordo com a correção anual: imóveis (INCC, 4,07%), Autos e Serviços (IPCA, 3,32%)..

Quando você recebe a carta de crédito, tem o poder de compra à vista do seu bem, possibilitando melhores negociações e economizando ainda mais.

Em tempos de crise econômica, faça um UP Consórcios 

A cada ano que passa os brasileiros têm considerado mais o consórcio para realizar a compra de um bem de alto valor. O consórcio é uma possibilidade de investir em um bem de forma parcelada. Ao contrário do que acontece com o financiamento, você não adquire o bem assim que o contrata. 

Pelo consórcio, você entra em um grupo em que vários outros consorciados investem mensalmente. Esse valor conjunto é aplicado para financiar os bens escolhidos pelos consorciados. 

A empresa de consórcio fica responsável pela formação, administração e entrega das cartas de crédito, que corresponde ao valor total do bem escolhido. Essas entregas são feitas nas assembleias, via sorteio ou lance.


Pelo consórcio, você pode investir em:


  • Automóveis: pode ser um carro zero km ou seminovo (com até 10 anos de uso, com aprovação via vistoria)
  • Imóveis: casa, apartamento, imóvel na planta, terrenos, empreendimento. Pode ser novo ou de um proprietário.
  • Serviços: categoria que inclui viagens, estudos, reforma, cirurgias, festas e casamento.

Sem juros, entrada ou parcelas intermediárias

Diferentemente do que acontece com o financiamento, o consórcio não realiza cobrança de juros. Todas as empresas de consórcio, porém, realizam a cobrança da taxa de administração, que a remunera por seus serviços de formação de grupos e entrega das cartas. Esse valor não ultrapassa 20% do total do bem.

O UP, porém, só realiza a cobrança da taxa de administração após a contemplação. Isso significa que, ao contratar uma carta de consórcio de automóveis, por exemplo, de R$ 50 mil, em 50 meses, você paga R$ 1 mil por mês. 

Ao ser sorteado nas assembleias, o valor da taxa de administração é diluído nas parcelas restantes. Caso você invista em um consórcio de imóveis, por exemplo, não precisa se preocupar com parcelas intermediárias ou em ter que pagar um alto valor de entrada - lembrando que as instituições financeiras cobram cerca de 5% de entrada para investir em uma casa ou apartamento.

Mensalidade de acordo com o seu orçamento 

A primeira etapa para contratar um consórcio é fazer uma simulação. Nela, você insere o valor total do seu bem (carta de crédito) e a quantidade de parcelas que deseja pagar.

O simulador dá total possibilidade de ajustar os valores de acordo com o seus rendimentos mensais. O ideal é que essa faixa não ultrapasse 30% dos rendimentos mensais, para evitar contratempos.

Organize-se para contemplação

Consórcio é a melhor forma de ter uma compra planejada. Além de participar dos sorteios realizados nas assembleias, o consorciado pode fazer a oferta de um lance para antecipar a compra de um bem.

O lance funciona da seguinte forma: você registra, antes da assembleia, um valor a mais que daria para ter o bem. Esse valor pode representar uma boa quantidade de parcelas restantes ou completar o que falta da carta de crédito

Se o seu valor for o maior, você é contemplado. Mas, como o UP só realiza a cobrança da taxa de administração após a contemplação, vale a pena esperar. Afinal, o valor não é retroativo, ou seja, não se cobra taxas de parcelas que já foram quitadas.

Portanto, não perca mais tempo! Faça já uma simulação no UP e invista no seu objetivo.

Simule seu consórcio agora mesmo!

Tem mais alguma dúvida sobre o assunto? Deixe seus questionamentos nos comentários! Ou entre em contato conosco


Até a próxima!

Simule seu consórcio agora mesmo!

Simule agora

Outras matérias relacionadas

05/2020

Tire suas dúvidas sobre o Imposto de Renda

Confira nossa postagem e tire suas principais dúvidas sobre consórcio no Imposto de Renda, tanto para contribuintes contemplados ou não contemplados!

05/2020

Conheça as Cirurgias Plásticas mais populares

A busca por realizar um procedimento estético pode ser alcançada por você.

05/2020

Está na hora de fazer uma cirurgia plástica?

Descubra a hora certa para fazer uma cirurgia plástica e saiba como planejar.

Entenda porque o consórcio é moderno

Entenda porque o consórcio é moderno

Bora contextualizar: tem gente que acha que consórcio é coisa de vó. E a verdade é que somos realmente muito EXPERIENTES! O segmento existe desde 1962 no Brasil.


Yasss, somos BOOMERS, mas com um pé na geração X vai... rsrsrs!


Hummm, não foi o suficiente pra te explicar como podemos ser modernos, bom vamos lá!


Consórcio é constituído por grupos de pessoas com objetivos comuns: a compra de um bem ou contratação de serviços. Não existe cobrança de juros, afinal o dinheiro é do grupo! Lógico que, para isso, existe uma administradora que organiza e garante toda essa operação.

Bom, estamos em 2020 e hoje não há nada mais fora de moda que pagar juros. Prontinho! É aqui que o consórcio se encaixa. É uma forma de compra coletiva. É a arte de poupar em grupo e é: SUSTENTÁVEL!

Quer mais? É puro colaborativismo! Soou moderno para você? Mas vou melhorar.

Aqui no UP você não paga NENHUMA TAXA ATÉ A CONTEMPLAÇÃO. Tem algo mais atual que NÃO PAGAR TAXA?

Se os outros consórcios já eram modernos, o UP veio para disrupção do sistema!


Além de TUDO ISSO, tem mais!


Essa questão é simples: Consórcio nada mais é que uma solução financeira moderna e econômica. Isso por si só já revela o quão esta solução é ideal para todos nós, sobretudo nesses tempos de crise econômica

Consórcio para sua realidade financeira

A vontade de conquistar bens e concretizar planos faz com que a maioria dos brasileiros se dedique ao trabalho por anos. É onde há esforço para juntar o suficiente ou até mesmo entrar em financiamentos extremamente longos, com juros elevados para alcançar tal objetivo. 

Nessa luta, fatores como instabilidade no cenário econômico do País, como é o caso da pandemia (coronavírus) presente nesse momento, e a falta de disciplina para guardar dinheiro influenciam para que tais objetivos fiquem cada vez mais distantes de serem conquistados. Mas listamos motivos importantíssimos para te animar em meio a tudo isso: vantagens de fazer um consórcio. Veja só! 

O consórcio não cobra juros

Com as taxas de juros elevadas, o financiamento se torna uma opção cada vez mais pesada para o bolso do brasileiro. 

Essa é uma desvantagem que o consórcio não tem, pois não cobra juros e outros encargos. Existe apenas uma taxa administrativa, calculada sobre o valor do crédito. É importante reforçar que, no UP Consórcios, a taxa de administração só é cobrada após a contemplação, isto é, quando você já dispõe do crédito para uso. 

Menos burocracia

O aumento da inadimplência nesse período de crise intensificou a burocracia e rigor das instituições financeiras no momento de liberar um financiamento. Já o consórcio é simples, qualquer pessoa pode fazer. Você só tem que comprovar sua renda  no momento da contemplação, então se tiver negativado, tem um tempo para melhorar a situação..

As parcelas cabem no seu bolso

No consórcio você não precisa ter dinheiro para dar de entrada ou adesão, o valor total do bem é dividido em parcelas iguais. Antes de optar por essa compra planejada e segura, você faz a simulação e decide o valor de parcela que quer pagar por mês, sem se preocupar com as taxas de juros.

É uma ótima forma de poupar dinheiro

O consórcio é uma ótima solução para preservar seu dinheiro. Isso porque, além de estar investindo em um bem, o valor estará sempre atualizado. As variações da carta de crédito acompanham  o segmento contratado.

Você compra à vista e seu crédito será reajustado para isso, de acordo com a correção anual: imóveis (INCC, 4,07%), Autos e Serviços (IPCA, 3,32%)..

Quando você recebe a carta de crédito, tem o poder de compra à vista do seu bem, possibilitando melhores negociações e economizando ainda mais.

Em tempos de crise econômica, faça um UP Consórcios 

A cada ano que passa os brasileiros têm considerado mais o consórcio para realizar a compra de um bem de alto valor. O consórcio é uma possibilidade de investir em um bem de forma parcelada. Ao contrário do que acontece com o financiamento, você não adquire o bem assim que o contrata. 

Pelo consórcio, você entra em um grupo em que vários outros consorciados investem mensalmente. Esse valor conjunto é aplicado para financiar os bens escolhidos pelos consorciados. 

A empresa de consórcio fica responsável pela formação, administração e entrega das cartas de crédito, que corresponde ao valor total do bem escolhido. Essas entregas são feitas nas assembleias, via sorteio ou lance.


Pelo consórcio, você pode investir em:


  • Automóveis: pode ser um carro zero km ou seminovo (com até 10 anos de uso, com aprovação via vistoria)
  • Imóveis: casa, apartamento, imóvel na planta, terrenos, empreendimento. Pode ser novo ou de um proprietário.
  • Serviços: categoria que inclui viagens, estudos, reforma, cirurgias, festas e casamento.

Sem juros, entrada ou parcelas intermediárias

Diferentemente do que acontece com o financiamento, o consórcio não realiza cobrança de juros. Todas as empresas de consórcio, porém, realizam a cobrança da taxa de administração, que a remunera por seus serviços de formação de grupos e entrega das cartas. Esse valor não ultrapassa 20% do total do bem.

O UP, porém, só realiza a cobrança da taxa de administração após a contemplação. Isso significa que, ao contratar uma carta de consórcio de automóveis, por exemplo, de R$ 50 mil, em 50 meses, você paga R$ 1 mil por mês. 

Ao ser sorteado nas assembleias, o valor da taxa de administração é diluído nas parcelas restantes. Caso você invista em um consórcio de imóveis, por exemplo, não precisa se preocupar com parcelas intermediárias ou em ter que pagar um alto valor de entrada - lembrando que as instituições financeiras cobram cerca de 5% de entrada para investir em uma casa ou apartamento.

Mensalidade de acordo com o seu orçamento 

A primeira etapa para contratar um consórcio é fazer uma simulação. Nela, você insere o valor total do seu bem (carta de crédito) e a quantidade de parcelas que deseja pagar.

O simulador dá total possibilidade de ajustar os valores de acordo com o seus rendimentos mensais. O ideal é que essa faixa não ultrapasse 30% dos rendimentos mensais, para evitar contratempos.

Organize-se para contemplação

Consórcio é a melhor forma de ter uma compra planejada. Além de participar dos sorteios realizados nas assembleias, o consorciado pode fazer a oferta de um lance para antecipar a compra de um bem.

O lance funciona da seguinte forma: você registra, antes da assembleia, um valor a mais que daria para ter o bem. Esse valor pode representar uma boa quantidade de parcelas restantes ou completar o que falta da carta de crédito

Se o seu valor for o maior, você é contemplado. Mas, como o UP só realiza a cobrança da taxa de administração após a contemplação, vale a pena esperar. Afinal, o valor não é retroativo, ou seja, não se cobra taxas de parcelas que já foram quitadas.

Portanto, não perca mais tempo! Faça já uma simulação no UP e invista no seu objetivo.

Simule seu consórcio agora mesmo!

Tem mais alguma dúvida sobre o assunto? Deixe seus questionamentos nos comentários! Ou entre em contato conosco


Até a próxima!

Últimas Postagens

Comprar um imóvel pensando na aposentadoria é um bom negócio?

Neste artigo vamos te mostrar como investir em imóveis vale a pena e como você pode obter bom retorno com isso, garantindo sua aposentadoria. Confira!

Qual a melhor forma de pagamento de um imóvel?

Comprar um imóvel está entre nossos principais objetivos e sem dúvidas é uma etapa marcante. Acesse e saiba qual a melhor forma de pagamento de um imóvel!

Para quem pagar o valor de corretagem imobiliária?

Numa negociação do imóvel, a comissão do corretor irá variar. Você sabe para quem pagar o valor da corretagem imobiliária? Acesse nossa postagem e saiba mais!

Tire suas dúvidas sobre o Imposto de Renda

Confira nossa postagem e tire suas principais dúvidas sobre consórcio no Imposto de Renda, tanto para contribuintes contemplados ou não contemplados!

Para que serve o apartamento decorado em um empreendimento imobiliário?

Para que serve o apartamento decorado em um empreendimento imobiliário? Caso você esteja pensando em comprar um apartamento, essa postagem é para você!

O que é a corretagem imobiliária?

Escrevemos este artigo para você compreender as principais responsabilidades e deveres que envolvem a corretagem imobiliária. Acesse e confira!
Próximo
1 / 29