Voltar
03/2021

Posso vender imóvel adquirido com consórcio?

Como nem todos os planos surgem para durarem para sempre, pode ser que após pagar as prestações do consórcio,  ter sido contemplado com a carta de crédito e comprado seu imóvel, decorado e até morado lá por um tempo, você decida que é hora de se jogar em outro objetivo. É nessa hora que você para e pensa: como funciona a venda de imóveis adquiridos com consórcio? E se o imóvel não estiver quitado

Acompanhe o conteúdo e tire todas as suas dúvidas agora mesmo! 

Posso vender imóvel adquirido com consórcio (em andamento)?

Não tem enrolação: você pode transferir o consórcio para a pessoa que comprar seu imóvel, mediante avaliação e aprovação prévia da administradora de consórcio, que irá realizar uma avaliação da capacidade financeira do interessado.

Ao ser aprovado o cadastro e feita a análise financeira, a pessoa que comprou o imóvel continuará pagando as prestações normalmente. Entretanto, é de escolha da pessoa optar por quitar a cota de consórcio antes de vender o imóvel.

Contrato

Se o caso é de um consórcio em andamento, é necessário verificar no contrato se é permitido a transferência de cota e se será necessário efetuar pagamento de taxas, para assim você efetivar a venda do seu imóvel

Venda da cota

De maneira natural, quem transfere as condições de contrato para outra pessoa deve procurar uma compensação financeira, tanto pelo gasto com as parcelas que já foram pagas, quanto pelas que virão. Nesse sentido, a venda da cota do consórcio pode ser realizada diretamente pelo consorciado.

Venda direta

Se tratando de venda direta, algumas precauções devem ser tomadas, principalmente na hora de transferir informações pessoais para pessoas estranhas, além dos detalhes mais específicos da cota de consórcio, como o número e o grupo pelo qual ela pertence.

Diante disso, enquanto o negócio não se efetiva, basta passar informações gerais referentes ao número de parcelas e aos valores que já foram pagos, sobre o prazo restante para o encerramento do grupo, o bem ou serviço que o consórcio está destinado a adquirir e o valor da carta de crédito.

Aqui, também vale ressaltar que é de responsabilidade da administradora de consórcio aprovar ou não a transferência, ou seja, o que será feito de acordo com a análise das informações cadastrais do comprador da cota de consórcio.

Você já deve estar ciente disso, mas reforçar nunca é demais: assine a transferência de consórcio só depois que o pagamento for realizado. Diante disso, o recomendado é que seja firmado um contrato entre as partes, em que seja registrado o que esteve no acordo verbal entre vocês, considerando os valores a serem pagos, além de formas e datas de pagamentos.

Negociação

A negociação não deve considerar somente o percentual do bem ou do serviço que já foi pago até a data em que a transferência for efetuada. Além disso, o valor atualizado da carta de crédito também precisa ser considerado.

Isso porque, se o crédito foi corrigido ao longo do período, naturalmente a cota terá um valor de mercado maior do que a quantia que foi paga por ela. Cotas contempladas devem ser negociadas de maneira especial, considerando não só a valorização do crédito como também a rapidez com que o comprador poderá obtê-lo, sem ter que dar lances, esperar por sorteios ou pelo encerramento do grupo. Esta é uma questão que merece ser reforçada nesse tipo de negociação.

posso-vender-imovel-adquirido-com-consorcio

Vender imóvel: como transferir o consórcio

Agora que você já sabe quais são os quesitos para se atentar para que a transferência de consórcio seja possível, é necessário solicitar à administradora o termo de transferência padrão da empresa e preenchê-lo com os dados da cota de consórcio, do cedente e do cessionário do contrato em questão.

Se tratando do termo de transferência devem ser anexados os documentos do vendedor e do comprador, que são exigidos pela administradora e que podem variar de acordo com a situação atual do consórcio.

Tendo esses documentos em mãos, é a hora de assinar o termo de transferência de consórcio que será apresentado à administradora, após as firmas reconhecidas.

Depois de apresentar os documentos, a administradora irá fazer a análise do cadastro do comprador. A transferência de consórcio será efetivada com a aprovação desse cadastro e o pagamento da taxa de transferência

Importante: o valor dessa taxa irá variar de administradora para administradora, e é importante que seja verificado junto à empresa.

Não tem crise para vender imóvel adquirido com consórcio 

Após a administradora de consórcio aprovar todos os trâmites que envolvem o comprador, a venda do imóvel pode ser feita diretamente por você, mas, para evitar qualquer problema futuro é indicado que a transação seja feita com o apoio da sua administradora de consórcios.

Além disso, é essencial que você faça um contrato paralelo sobre o que foi acordado com o comprador a respeito de valores e forma de pagamento que serão feitos para você. .

A venda de imóveis adquiridos com consórcio, são inclusive uma boa maneira de complementar a renda ou iniciar um negócio próprio com o valor adquirido – abrindo uma franquia ou algo totalmente pessoal e inovador (se aventure naquilo que você sempre quis, que tal começar agora?), o que vale mesmo é correr atrás de suas conquistas.

UP Consórcios possui excelentes oportunidades de investimentos para você! Não perca a chance de aumentar o patrimônio



Simule seu consórcio agora mesmo!

Simule agora

Outras matérias relacionadas

03/2021

Como funciona o reajuste anual da cota para valorização do crédito

Qualquer que seja o bem que se queira adquirir, planejamento é fundamental. Confira como funciona o reajuste anual da cota para valorização do crédito!

03/2021

O que é incorporação imobiliária?

Se você é uma pessoa que trabalha na área de construção civil, é bem provável que a incorporação imobiliária faça parte de seu cotidiano. Saiba mais!

03/2021

Como ter controle financeiro pessoal em tempos de crise econômica

Acredite, fazer um controle financeiro pessoal é fundamental e tem o poder de reverter os rumos de sua situação financeira. Acesse nossa postagem e saiba mais!

Posso vender imóvel adquirido com consórcio?

Posso vender imóvel adquirido com consórcio?

Como nem todos os planos surgem para durarem para sempre, pode ser que após pagar as prestações do consórcio,  ter sido contemplado com a carta de crédito e comprado seu imóvel, decorado e até morado lá por um tempo, você decida que é hora de se jogar em outro objetivo. É nessa hora que você para e pensa: como funciona a venda de imóveis adquiridos com consórcio? E se o imóvel não estiver quitado

Acompanhe o conteúdo e tire todas as suas dúvidas agora mesmo! 

Posso vender imóvel adquirido com consórcio (em andamento)?

Não tem enrolação: você pode transferir o consórcio para a pessoa que comprar seu imóvel, mediante avaliação e aprovação prévia da administradora de consórcio, que irá realizar uma avaliação da capacidade financeira do interessado.

Ao ser aprovado o cadastro e feita a análise financeira, a pessoa que comprou o imóvel continuará pagando as prestações normalmente. Entretanto, é de escolha da pessoa optar por quitar a cota de consórcio antes de vender o imóvel.

Contrato

Se o caso é de um consórcio em andamento, é necessário verificar no contrato se é permitido a transferência de cota e se será necessário efetuar pagamento de taxas, para assim você efetivar a venda do seu imóvel

Venda da cota

De maneira natural, quem transfere as condições de contrato para outra pessoa deve procurar uma compensação financeira, tanto pelo gasto com as parcelas que já foram pagas, quanto pelas que virão. Nesse sentido, a venda da cota do consórcio pode ser realizada diretamente pelo consorciado.

Venda direta

Se tratando de venda direta, algumas precauções devem ser tomadas, principalmente na hora de transferir informações pessoais para pessoas estranhas, além dos detalhes mais específicos da cota de consórcio, como o número e o grupo pelo qual ela pertence.

Diante disso, enquanto o negócio não se efetiva, basta passar informações gerais referentes ao número de parcelas e aos valores que já foram pagos, sobre o prazo restante para o encerramento do grupo, o bem ou serviço que o consórcio está destinado a adquirir e o valor da carta de crédito.

Aqui, também vale ressaltar que é de responsabilidade da administradora de consórcio aprovar ou não a transferência, ou seja, o que será feito de acordo com a análise das informações cadastrais do comprador da cota de consórcio.

Você já deve estar ciente disso, mas reforçar nunca é demais: assine a transferência de consórcio só depois que o pagamento for realizado. Diante disso, o recomendado é que seja firmado um contrato entre as partes, em que seja registrado o que esteve no acordo verbal entre vocês, considerando os valores a serem pagos, além de formas e datas de pagamentos.

Negociação

A negociação não deve considerar somente o percentual do bem ou do serviço que já foi pago até a data em que a transferência for efetuada. Além disso, o valor atualizado da carta de crédito também precisa ser considerado.

Isso porque, se o crédito foi corrigido ao longo do período, naturalmente a cota terá um valor de mercado maior do que a quantia que foi paga por ela. Cotas contempladas devem ser negociadas de maneira especial, considerando não só a valorização do crédito como também a rapidez com que o comprador poderá obtê-lo, sem ter que dar lances, esperar por sorteios ou pelo encerramento do grupo. Esta é uma questão que merece ser reforçada nesse tipo de negociação.

posso-vender-imovel-adquirido-com-consorcio

Vender imóvel: como transferir o consórcio

Agora que você já sabe quais são os quesitos para se atentar para que a transferência de consórcio seja possível, é necessário solicitar à administradora o termo de transferência padrão da empresa e preenchê-lo com os dados da cota de consórcio, do cedente e do cessionário do contrato em questão.

Se tratando do termo de transferência devem ser anexados os documentos do vendedor e do comprador, que são exigidos pela administradora e que podem variar de acordo com a situação atual do consórcio.

Tendo esses documentos em mãos, é a hora de assinar o termo de transferência de consórcio que será apresentado à administradora, após as firmas reconhecidas.

Depois de apresentar os documentos, a administradora irá fazer a análise do cadastro do comprador. A transferência de consórcio será efetivada com a aprovação desse cadastro e o pagamento da taxa de transferência

Importante: o valor dessa taxa irá variar de administradora para administradora, e é importante que seja verificado junto à empresa.

Não tem crise para vender imóvel adquirido com consórcio 

Após a administradora de consórcio aprovar todos os trâmites que envolvem o comprador, a venda do imóvel pode ser feita diretamente por você, mas, para evitar qualquer problema futuro é indicado que a transação seja feita com o apoio da sua administradora de consórcios.

Além disso, é essencial que você faça um contrato paralelo sobre o que foi acordado com o comprador a respeito de valores e forma de pagamento que serão feitos para você. .

A venda de imóveis adquiridos com consórcio, são inclusive uma boa maneira de complementar a renda ou iniciar um negócio próprio com o valor adquirido – abrindo uma franquia ou algo totalmente pessoal e inovador (se aventure naquilo que você sempre quis, que tal começar agora?), o que vale mesmo é correr atrás de suas conquistas.

UP Consórcios possui excelentes oportunidades de investimentos para você! Não perca a chance de aumentar o patrimônio



Últimas Postagens

FGTS para construir imóvel: entenda como isso é possível

Poucos sabem que com o consórcio é possível gastar menos do que por meio do financiamento, ainda mais podendo utilizar o FGTS. Saiba mais sobre isso!

10 sinais de que você precisa fazer um consórcio

O consórcio é a melhor maneira de você adquirir seu próximo bem por ser flexível ao seu orçamento. Vamos te dar todos os motivos que mostram as vantagens.

Como comprar um carro sem precisar juntar dinheiro

Se você tem dificuldades para juntar dinheiro, existe uma solução para revolucionar a sua vida: o UP Consórcios. Te contamos como funciona o processo.

Preciso da carta de crédito! Qual lance ofertar para ser contemplado no consórcio?

Está precisando da carta de crédito com urgência? Sabia que é possível ofertar um lance para ser contemplado no consórcio. A gente te explica o processo.

Entenda como funciona a restituição do Imposto de renda

As dúvidas sobre o Imposto de Renda são bem comuns, entre elas, como funciona a restituição do imposto de renda. Vamos te contar como funciona!

Vida de casados: qual a melhor forma de investir o FGTS do casal

Casar é uma grande decisão, que envolve juntar alguns bens e projetar outros. Com o consórcio de imóvel, é possível adquirir a casa própria sem dores de cabeça.
Próximo
1 / 87
Facebook - UP Consórcios
Instagram - UP Consórcios
Twitter - UP Consórcios
Linkedin - UP Consórcios
Youtube - UP Consórcios
Deezer - UP Consórcios
Spotify - UP Consórcios