WhatsUP - UP Consórcios
11/2021

10 hábitos saudáveis de finanças para desenvolver ainda esse ano!

Adquirir novos hábitos financeiros não é um feito que acontece da noite para o dia. Ou seja, demanda organização financeira. Para desenvolver comportamentos saudáveis, que vão beneficiar a vida e fornecer segurança para o futuro, é essencial dar o primeiro passo.

Com o dinheiro não acontece diferente. 

Para criar hábitos financeiros saudáveis, é fundamental não apenas começar mas, também, persistir. A principal observação é a seguinte: com o tempo tudo fica mais fácil!

Queremos te ajudar nesta jornada de educação financeira, por isso, listamos os 10 hábitos saudáveis de finanças para seguir firme em busca de seus objetivos! 

10 hábitos saudáveis de finanças para você ter sucesso!

1. Registre todos os gastos

O primeiro tópico inclui este hábito, e faz toda a diferença na vida financeira.

Quando você registra tudo o que sai da sua conta corrente e todas as transações realizadas por meio de cartão de crédito, então você passa a ter controle não só de quanto gasta, mas também identifica em que categorias estão as suas principais despesas.

É possível, assim, usar aplicativos de gerenciamento financeiro no celular ou, se você ainda é adepto(a) de anotações, vale se acostumar a andar com caderno e caneta para anotar os gastos, mesmo que eles sejam mínimos. Independente do método escolhido, é fundamental registrar toda despesa que tiver, além de apontar a qual área do orçamento ela pertence.

10-habitos-saudaveis-de-financas-para-desenvolver-ainda-esse-ano

2. Economize parte do salário

O hábito de economizar deve fazer parte da rotina de qualquer pessoa que se preocupa com seu futuro financeiro, sobretudo em tempos de crise econômica. 

Muitas pessoas, acabam ficando ansiosas com a ideia de guardar dinheiro por acharem que o salário que recebem não é alto o suficiente.

Contudo, este não é um argumento forte, visto que mesmo pessoas que não ganham tanto quanto gostaria podem começar a guardar parte das suas receitas, mesmo que seja pouco.

No plano ideal, é importante poupar, pelo menos, 15% do que você ganha para prioridades financeiras, como criar uma reserva de emergência ou investir para a aposentadoria.

Se você não puder reservar essa porcentagem, não se preocupe e não desista. Comece com uma quantia menor e aumente o valor com o passar do tempo. O mais importante é começar a poupar as finanças

3. Tenha uma reserva de emergência

Ter um fundo para gastos que não estavam previstos é um cuidado muito importante para manter a vida financeira saudável. Essa reserva, que deve corresponder ao valor das despesas de aproximadamente três meses, pode ser utilizada caso você tenha algum gasto inesperado, como uma doença na família ou um problema no carro.

Ter reserva de emergência permite que você consiga evitar recorrer a empréstimos em caso de despesas que não foram previstas. Para não perder parte do rendimento ou ter dificuldades na hora de sacar parte do dinheiro, é essencial se certificar de aplicar a quantia destinada exclusivamente para emergências em um investimento que ofereça liquidez.

4. Saiba escolher os melhores investimentos

Um hábito financeiro que também vale aplicar é ler sobre os melhores investimentos, acompanhar as notícias do mercado financeiro e escolher as melhores aplicações para o seu perfil e seus objetivos.

Uma coisa é certa: para quem quer criar hábitos financeiros positivos e não perder dinheiro, é fundamental ir além do senso comum. No cenário atual, por exemplo, a poupança, apesar de ser um produto popular, não é a melhor opção, mesmo para quem busca uma aplicação conservadora. Sempre faça pesquisas de tendências e projeções antes de escolher o melhor lugar para investir seu dinheiro.

5. Estude sobre finanças

Ter conhecimento é poder, e para ter uma vida financeira equilibrada e segura pode até não ser especialista em finanças, contudo, precisa criar o hábito de ler e de se informar sobre o assunto para fazer as melhores escolhas se tratando de investimento. 

Recursos como livros, sites e portais de notícias são excelentes pontos de partida para começar a ter mais conhecimento sobre finanças e ter acesso a informações que ajudarão a tomar decisões financeiras mais acertadas.

6. Monitore suas aplicações financeiras

Além de se informar sobre finanças, como foi dito acima, é fundamental acompanhar constantemente as aplicações financeiras. Afinal, se tratando de investimentos, pode ser que um que vale a pena um dia não seja tão promissor assim no outro.

Por isso, vale a pena ficar de olho no desempenho das suas aplicações e, sempre que possível, diversifique seus investimentos de acordo com os seus objetivos de vida (como se aposentar) e a quantia disponível para aplicar.

7. Fuja das compras por impulso

Consumidores que compram por impulso possuem grandes chances de se arrepender por gastar dinheiro em algo que, na verdade, pode nem ser tão necessário como parecia. Dessa maneira, evite esse arrependimento e utilize da reflexão sempre antes de adquirir qualquer item, por mais barato que ele seja.

Se não for uma compra urgente, que tal esperar, pelo menos, uma semana para comprar? 

Assim, você terá certeza se realmente está precisando do produto ou serviço.

8. Compare preços

A comparação de preços é um hábito indispensável para quem busca finanças saudáveis. Com a evolução da internet, isso ficou ainda mais fácil de ser feito. Antes de comprar qualquer produto, acesse sites como Buscapé e Google Shopping para ter certeza de que está pagando o melhor preço. A pesquisa é aliada de pessoas que querem ter hábitos saudáveis de finanças

9. Gaste com o que realmente importa

Atente-se: desenvolver bons hábitos financeiros não é simplesmente parar de gastar; pelo contrário, é gastar com o que realmente será importante para você. Dessa forma, o ideal é sempre avaliar se seu dinheiro está sendo investido em coisas que estão alinhadas com seus objetivos e metas de vida, sem se perder em gastos desnecessários.

Se você perceber que está gastando mais do que deve em situações que não são tão importantes, coloque o pé no freio e mude o comportamento.

10. Equilibre as finanças: viva com menos do que ganha

Para finalizar, por mais que seja desafiador, pessoas que gerenciam bem o próprio dinheiro, vivem com menos do que ganham. Esse é um hábito muito positivo, sobretudo para quem está começando a poupar. A lógica não é complicada de entender: sempre garanta que suas despesas sejam menores que as receitas. Se necessário, não deixe de cortar alguns gastos para alcançar esse objetivo.

Gostou do conteúdo? Continue nos acompanhando para mais dicas! O UP Consórcios é ideal para você que quer investir com segurança e ter a garantia de não perder dinheiro com juros abusivos.

Entre em contato para saber mais!



Outras matérias relacionadas

11/2021

Inadimplência Consórcio Contemplado: saiba como evitar

Se alguma situação prejudicar seu orçamento, existem algumas maneiras de organizá-lo! Confira os principais para evitar inadimplência consórcio contemplado.

11/2021

Como mudar a categoria e valor da carta de crédito

É comum que um consorciado queira mudar de categoria enquanto está pagando suas mensalidades. Saiba como mudar a categoria e valor de sua Carta de Crédito!

11/2021

O consórcio de imóveis está batendo recorde em adesões, entenda porquê

O consórcio de imóveis é um excelente tipo de investimento, principalmente por se tratar de uma modalidade segura e livre de burocracias. Entenda como funciona!

10 hábitos saudáveis de finanças para desenvolver ainda esse ano!

10 hábitos saudáveis de finanças para desenvolver ainda esse ano!

Adquirir novos hábitos financeiros não é um feito que acontece da noite para o dia. Ou seja, demanda organização financeira. Para desenvolver comportamentos saudáveis, que vão beneficiar a vida e fornecer segurança para o futuro, é essencial dar o primeiro passo.

Com o dinheiro não acontece diferente. 

Para criar hábitos financeiros saudáveis, é fundamental não apenas começar mas, também, persistir. A principal observação é a seguinte: com o tempo tudo fica mais fácil!

Queremos te ajudar nesta jornada de educação financeira, por isso, listamos os 10 hábitos saudáveis de finanças para seguir firme em busca de seus objetivos! 

10 hábitos saudáveis de finanças para você ter sucesso!

1. Registre todos os gastos

O primeiro tópico inclui este hábito, e faz toda a diferença na vida financeira.

Quando você registra tudo o que sai da sua conta corrente e todas as transações realizadas por meio de cartão de crédito, então você passa a ter controle não só de quanto gasta, mas também identifica em que categorias estão as suas principais despesas.

É possível, assim, usar aplicativos de gerenciamento financeiro no celular ou, se você ainda é adepto(a) de anotações, vale se acostumar a andar com caderno e caneta para anotar os gastos, mesmo que eles sejam mínimos. Independente do método escolhido, é fundamental registrar toda despesa que tiver, além de apontar a qual área do orçamento ela pertence.

10-habitos-saudaveis-de-financas-para-desenvolver-ainda-esse-ano

2. Economize parte do salário

O hábito de economizar deve fazer parte da rotina de qualquer pessoa que se preocupa com seu futuro financeiro, sobretudo em tempos de crise econômica. 

Muitas pessoas, acabam ficando ansiosas com a ideia de guardar dinheiro por acharem que o salário que recebem não é alto o suficiente.

Contudo, este não é um argumento forte, visto que mesmo pessoas que não ganham tanto quanto gostaria podem começar a guardar parte das suas receitas, mesmo que seja pouco.

No plano ideal, é importante poupar, pelo menos, 15% do que você ganha para prioridades financeiras, como criar uma reserva de emergência ou investir para a aposentadoria.

Se você não puder reservar essa porcentagem, não se preocupe e não desista. Comece com uma quantia menor e aumente o valor com o passar do tempo. O mais importante é começar a poupar as finanças

3. Tenha uma reserva de emergência

Ter um fundo para gastos que não estavam previstos é um cuidado muito importante para manter a vida financeira saudável. Essa reserva, que deve corresponder ao valor das despesas de aproximadamente três meses, pode ser utilizada caso você tenha algum gasto inesperado, como uma doença na família ou um problema no carro.

Ter reserva de emergência permite que você consiga evitar recorrer a empréstimos em caso de despesas que não foram previstas. Para não perder parte do rendimento ou ter dificuldades na hora de sacar parte do dinheiro, é essencial se certificar de aplicar a quantia destinada exclusivamente para emergências em um investimento que ofereça liquidez.

4. Saiba escolher os melhores investimentos

Um hábito financeiro que também vale aplicar é ler sobre os melhores investimentos, acompanhar as notícias do mercado financeiro e escolher as melhores aplicações para o seu perfil e seus objetivos.

Uma coisa é certa: para quem quer criar hábitos financeiros positivos e não perder dinheiro, é fundamental ir além do senso comum. No cenário atual, por exemplo, a poupança, apesar de ser um produto popular, não é a melhor opção, mesmo para quem busca uma aplicação conservadora. Sempre faça pesquisas de tendências e projeções antes de escolher o melhor lugar para investir seu dinheiro.

5. Estude sobre finanças

Ter conhecimento é poder, e para ter uma vida financeira equilibrada e segura pode até não ser especialista em finanças, contudo, precisa criar o hábito de ler e de se informar sobre o assunto para fazer as melhores escolhas se tratando de investimento. 

Recursos como livros, sites e portais de notícias são excelentes pontos de partida para começar a ter mais conhecimento sobre finanças e ter acesso a informações que ajudarão a tomar decisões financeiras mais acertadas.

6. Monitore suas aplicações financeiras

Além de se informar sobre finanças, como foi dito acima, é fundamental acompanhar constantemente as aplicações financeiras. Afinal, se tratando de investimentos, pode ser que um que vale a pena um dia não seja tão promissor assim no outro.

Por isso, vale a pena ficar de olho no desempenho das suas aplicações e, sempre que possível, diversifique seus investimentos de acordo com os seus objetivos de vida (como se aposentar) e a quantia disponível para aplicar.

7. Fuja das compras por impulso

Consumidores que compram por impulso possuem grandes chances de se arrepender por gastar dinheiro em algo que, na verdade, pode nem ser tão necessário como parecia. Dessa maneira, evite esse arrependimento e utilize da reflexão sempre antes de adquirir qualquer item, por mais barato que ele seja.

Se não for uma compra urgente, que tal esperar, pelo menos, uma semana para comprar? 

Assim, você terá certeza se realmente está precisando do produto ou serviço.

8. Compare preços

A comparação de preços é um hábito indispensável para quem busca finanças saudáveis. Com a evolução da internet, isso ficou ainda mais fácil de ser feito. Antes de comprar qualquer produto, acesse sites como Buscapé e Google Shopping para ter certeza de que está pagando o melhor preço. A pesquisa é aliada de pessoas que querem ter hábitos saudáveis de finanças

9. Gaste com o que realmente importa

Atente-se: desenvolver bons hábitos financeiros não é simplesmente parar de gastar; pelo contrário, é gastar com o que realmente será importante para você. Dessa forma, o ideal é sempre avaliar se seu dinheiro está sendo investido em coisas que estão alinhadas com seus objetivos e metas de vida, sem se perder em gastos desnecessários.

Se você perceber que está gastando mais do que deve em situações que não são tão importantes, coloque o pé no freio e mude o comportamento.

10. Equilibre as finanças: viva com menos do que ganha

Para finalizar, por mais que seja desafiador, pessoas que gerenciam bem o próprio dinheiro, vivem com menos do que ganham. Esse é um hábito muito positivo, sobretudo para quem está começando a poupar. A lógica não é complicada de entender: sempre garanta que suas despesas sejam menores que as receitas. Se necessário, não deixe de cortar alguns gastos para alcançar esse objetivo.

Gostou do conteúdo? Continue nos acompanhando para mais dicas! O UP Consórcios é ideal para você que quer investir com segurança e ter a garantia de não perder dinheiro com juros abusivos.

Entre em contato para saber mais!



Últimas Postagens

5 Curiosidades sobre o Consórcio de Moto

As motocicletas são muito úteis, especialmente em grandes cidades com tráfego intenso. Dá uma olhada nesse conteúdo que preparamos para você sobre consórcio!

Comprar imóvel na planta é rentável?

A preocupação das pessoas ao comprarem imóveis na planta é o risco envolvido. Afinal, ele não foi construído! Leia o conteúdo completo e tire suas dúvidas.

Consórcio Imobiliário x Financiamento: qual é melhor?

Está querendo comprar um imóvel, porém ainda tem dúvida entre consórcio imobiliário x financiamento? Acesse nosso conteúdo completo e tire suas dúvidas agora!

Comprar automóvel usado: cuidados e benefícios

Comprar automóvel usado pode custar significativamente menos do que um carro novo. Além disso, você pode ganhar mais! Saiba sobre os cuidados e benefícios!

Consórcio de imóvel na planta: como funciona?

Comprar imóvel na planta exige muito cuidado e atenção para evitar maus negócios. Há muitos detalhes para analisar e estudar. Acesse o conteúdo para saber mais!

Motivos para comprar apartamento decorado

Se optar por comprar um apartamento mobiliado, verá que não faltam vantagens! É hora de conferir algumas dicas de como escolher o melhor perfil para você!
Facebook - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Instagram - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Twitter - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Linkedin - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Youtube - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Deezer - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis
Spotify - UP Consórcios - O Melhor Consórcio de Automóveis