Voltar
01/2021

Principais diferenças entre Juros de financiamento x Taxas de consórcio

Não é de hoje que optar por entrar no consórcio é muito mais vantajoso do que fazer um financiamento. Dito isso, você pode estar se perguntando: mas qual é a diferença entre os juros de financiamento e taxas de consórcio? 

É exatamente sobre isso que queremos falar hoje!  

As vantagens do consórcio em relação ao financiamento são muitas, você não pode ficar de fora. A taxa do consórcio não é igual a juros, é somente o valor cobrado pela administradora para gestão dos grupos de consorciados, que é menor que qualquer valor cobrado pelos bancos. 

E se você tem alguma dúvida sobre  como funciona o consórcio, precisa saber que trata-se de um grupo composto por pessoas que têm o interesse em adquirir o mesmo bem, como um carro ou uma casa, ou contratar um serviço específico. Esse grupo é mantido pela administradora, empresa autorizada pelo Banco Central a administrar os valores que compõem a mensalidade do consórcio.

Principais diferenças entre Juros de Financiamento e Taxa do Consórcio

Além da burocracia no financiamento ser muito maior do que no consórcio, nos consórcios não há incidência de taxas de juros. As administradoras cobram somente uma taxa de administração. É essencial comparar as diferentes taxas cobradas entre as empresas, mas observe que elas, certamente, serão menores que os juros bancários.

A taxa no consórcio é o valor cobrado para gestão dos grupos de consorciados. O UP Consórcios é uma modalidade sem taxa de administração até a contemplação.

Como oferecemos um consórcio 100% livre de taxas? Não temos intermediários! Aqui a tecnologia trabalha a seu favor, oferecendo autonomia na contratação, sem pressão e com liberdade de escolha!

  • Para o perfeito funcionamento do grupo, a administradora investe o valor das mensalidades do consórcio em um fundo e realiza assembleias para os sorteios das cartas de crédito. Nas assembleias, o consorciado pode optar por ofertar lance e, assim, antecipar a conquista do bem que escolheu.
  • Para a formação, organização e gestão dos grupos de consorciados é cobrada a taxa de administração, ou seja, a remuneração destinada à empresa com a qual você fechou o consórcio. Além disso, a taxa é usada para garantir assessoria e atendimento aos consorciados durante todo o prazo do plano.

Valores cobrados na parcela do consórcio tradicional

Diferente dos juros de financiamento, - que vamos combinar, nunca dá para saber onde os valores vão parar (Deus me dibre!) - no consórcio, além da fatia correspondente à carta de crédito (ou seja, o valor do bem dividido pelo número de parcelas), a mensalidade de um consórcio convencional inclui valores como:

● Taxa de administração: valor arrecadado pela administradora para gerir os grupos de consorciados;

● Fundo comum: recursos destinados ao pagamento das cartas de crédito;

● Fundo de reserva: usado para cobrir uma eventual inadimplência;

● Seguro: valor opcional para eventualidades como quebra de garantia, seguro de vida e seguro-desemprego (que garante o pagamento de algumas mensalidades caso o consorciado perca o emprego, por exemplo).

Diferente do financiamento, não é preciso dar valor de entrada para investir na carta de crédito. Ah, e de novo, o consórcio não tem juros!

principais-diferencas-entre-juros-de-financiamento-x-taxas-de-consorcio
Temos um vídeo esclarecedor: Saiba quais são as taxas de consórcio cobradas no UP! 

Como funciona a taxa de consórcio 

A taxa de consórcio (taxa de administração) pode chegar a 30% do valor da carta de crédito contratada. Numa modalidade comum de consórcio, ela é diluída nas mensalidades.
Por exemplo, se você dividiu o valor da carta de crédito para 60 meses, apenas 0.50% do valor da parcela é cobrado mês a mês.
A taxa de consórcio costuma ser erroneamente confundida com os juros, prática comum no financiamento. A diferença é que o juros é uma cobrança variável e progressiva: quanto menor o valor de entrada para adquirir um bem, maiores serão os juros. Por isso, muitas vezes o consumidor acaba pagando o dobro (ou até mais) do valor do bem no financiamento.

Taxa de consórcio do UP Consórcios

O UP Consórcios apresenta uma forma inovadora de cobrar as mensalidades. Antes de tudo, não há cobrança de fundo de reserva, nem adesão em nenhum momento do plano.
Além disso, a taxa do UP Consórcios só é cobrada após a contemplação. Dessa forma, se o cliente solicitar uma carta de crédito no valor de R$ 100 mil, para pagamento em 100 meses, terá uma parcela de R$ 1.000 até a contemplação. Só depois de receber o bem a taxa administrativa passa a ser cobrada. Vamos a um exemplo:
Ao ser contemplado na assembleia, a taxa de administração vai incidir nas parcelas restantes. As taxas são: 0,35% para imóveis e automóveis e 0,45% para serviços. Usando o mesmo exemplo do auto de 50 mil em 50 meses, a parcela de R$ 1 mil será reajustada para R$ 1.175,00 a partir da contemplação, ou seja, você não paga taxa referente às parcelas antes da contemplação.
E, caso você invista em um consórcio de imóveis, por exemplo, não precisa se preocupar com parcelas intermediárias ou em ter que pagar um alto valor de entrada - lembrando que as instituições financeiras cobram no mínimo 20% de entrada para investir em uma casa ou apartamento. Além de tudo isso, o UP ainda traz outro diferencial: a  recompra garantida para a cota contemplada, onde você pode pegar as parcelas pagas corrigidas pelo índice oficial da Poupança e em dinheiro!
Com o UP Consórcios você pode adquirir bens (carros e imóveis) e contratar serviços (festas, viagens, cursos, reformas, estética, e tantos outros que você nem imagina), com planos entre 20 e 180 parcelas.
Faça uma simulação de consórcio! Chegou a hora de investir no seu objetivo de forma simples, ágil e acessível. ‍



Simule seu consórcio agora mesmo!

Simule agora

Outras matérias relacionadas

12/2020

Qual a vantagem de comprar um imóvel no seu lançamento?

A dúvida sobre comprar um imóvel novo ou usado é super comum. Confira nossa postagem e saiba qual a vantagem de comprar um imóvel no seu lançamento!

12/2020

Juros de financiamento x Taxas de consórcio

Entenda de uma vez por todas as diferenças entre juros de financiamento e taxas de consórcio.

12/2020

Consórcio em andamento: veja como funciona!

O consórcio é uma modalidade de compra de bens e serviços que está conquistando a confiança de brasileiros. Acesse e veja como funciona consórcio em andamento!

Principais diferenças entre Juros de financiamento x Taxas de consórcio

Principais diferenças entre Juros de financiamento x Taxas de consórcio

Não é de hoje que optar por entrar no consórcio é muito mais vantajoso do que fazer um financiamento. Dito isso, você pode estar se perguntando: mas qual é a diferença entre os juros de financiamento e taxas de consórcio? 

É exatamente sobre isso que queremos falar hoje!  

As vantagens do consórcio em relação ao financiamento são muitas, você não pode ficar de fora. A taxa do consórcio não é igual a juros, é somente o valor cobrado pela administradora para gestão dos grupos de consorciados, que é menor que qualquer valor cobrado pelos bancos. 

E se você tem alguma dúvida sobre  como funciona o consórcio, precisa saber que trata-se de um grupo composto por pessoas que têm o interesse em adquirir o mesmo bem, como um carro ou uma casa, ou contratar um serviço específico. Esse grupo é mantido pela administradora, empresa autorizada pelo Banco Central a administrar os valores que compõem a mensalidade do consórcio.

Principais diferenças entre Juros de Financiamento e Taxa do Consórcio

Além da burocracia no financiamento ser muito maior do que no consórcio, nos consórcios não há incidência de taxas de juros. As administradoras cobram somente uma taxa de administração. É essencial comparar as diferentes taxas cobradas entre as empresas, mas observe que elas, certamente, serão menores que os juros bancários.

A taxa no consórcio é o valor cobrado para gestão dos grupos de consorciados. O UP Consórcios é uma modalidade sem taxa de administração até a contemplação.

Como oferecemos um consórcio 100% livre de taxas? Não temos intermediários! Aqui a tecnologia trabalha a seu favor, oferecendo autonomia na contratação, sem pressão e com liberdade de escolha!

  • Para o perfeito funcionamento do grupo, a administradora investe o valor das mensalidades do consórcio em um fundo e realiza assembleias para os sorteios das cartas de crédito. Nas assembleias, o consorciado pode optar por ofertar lance e, assim, antecipar a conquista do bem que escolheu.
  • Para a formação, organização e gestão dos grupos de consorciados é cobrada a taxa de administração, ou seja, a remuneração destinada à empresa com a qual você fechou o consórcio. Além disso, a taxa é usada para garantir assessoria e atendimento aos consorciados durante todo o prazo do plano.

Valores cobrados na parcela do consórcio tradicional

Diferente dos juros de financiamento, - que vamos combinar, nunca dá para saber onde os valores vão parar (Deus me dibre!) - no consórcio, além da fatia correspondente à carta de crédito (ou seja, o valor do bem dividido pelo número de parcelas), a mensalidade de um consórcio convencional inclui valores como:

● Taxa de administração: valor arrecadado pela administradora para gerir os grupos de consorciados;

● Fundo comum: recursos destinados ao pagamento das cartas de crédito;

● Fundo de reserva: usado para cobrir uma eventual inadimplência;

● Seguro: valor opcional para eventualidades como quebra de garantia, seguro de vida e seguro-desemprego (que garante o pagamento de algumas mensalidades caso o consorciado perca o emprego, por exemplo).

Diferente do financiamento, não é preciso dar valor de entrada para investir na carta de crédito. Ah, e de novo, o consórcio não tem juros!

principais-diferencas-entre-juros-de-financiamento-x-taxas-de-consorcio
Temos um vídeo esclarecedor: Saiba quais são as taxas de consórcio cobradas no UP! 

Como funciona a taxa de consórcio 

A taxa de consórcio (taxa de administração) pode chegar a 30% do valor da carta de crédito contratada. Numa modalidade comum de consórcio, ela é diluída nas mensalidades.
Por exemplo, se você dividiu o valor da carta de crédito para 60 meses, apenas 0.50% do valor da parcela é cobrado mês a mês.
A taxa de consórcio costuma ser erroneamente confundida com os juros, prática comum no financiamento. A diferença é que o juros é uma cobrança variável e progressiva: quanto menor o valor de entrada para adquirir um bem, maiores serão os juros. Por isso, muitas vezes o consumidor acaba pagando o dobro (ou até mais) do valor do bem no financiamento.

Taxa de consórcio do UP Consórcios

O UP Consórcios apresenta uma forma inovadora de cobrar as mensalidades. Antes de tudo, não há cobrança de fundo de reserva, nem adesão em nenhum momento do plano.
Além disso, a taxa do UP Consórcios só é cobrada após a contemplação. Dessa forma, se o cliente solicitar uma carta de crédito no valor de R$ 100 mil, para pagamento em 100 meses, terá uma parcela de R$ 1.000 até a contemplação. Só depois de receber o bem a taxa administrativa passa a ser cobrada. Vamos a um exemplo:
Ao ser contemplado na assembleia, a taxa de administração vai incidir nas parcelas restantes. As taxas são: 0,35% para imóveis e automóveis e 0,45% para serviços. Usando o mesmo exemplo do auto de 50 mil em 50 meses, a parcela de R$ 1 mil será reajustada para R$ 1.175,00 a partir da contemplação, ou seja, você não paga taxa referente às parcelas antes da contemplação.
E, caso você invista em um consórcio de imóveis, por exemplo, não precisa se preocupar com parcelas intermediárias ou em ter que pagar um alto valor de entrada - lembrando que as instituições financeiras cobram no mínimo 20% de entrada para investir em uma casa ou apartamento. Além de tudo isso, o UP ainda traz outro diferencial: a  recompra garantida para a cota contemplada, onde você pode pegar as parcelas pagas corrigidas pelo índice oficial da Poupança e em dinheiro!
Com o UP Consórcios você pode adquirir bens (carros e imóveis) e contratar serviços (festas, viagens, cursos, reformas, estética, e tantos outros que você nem imagina), com planos entre 20 e 180 parcelas.
Faça uma simulação de consórcio! Chegou a hora de investir no seu objetivo de forma simples, ágil e acessível. ‍



Últimas Postagens

Qual é a importância do Consórcio na Crise Econômica?

O momento não tá fácil, por isso te mostraremos a importância do consórcio na crise econômica.

Conheça os melhores carros populares do momento!

Saibas quais são os carros populares do momento. Com certeza você gostaria de ter um desses.

Como comprar imóvel na praia (sem entrada e juros!!!)

Está pensando em comprar um imóvel na praia? Maravilha! A gente te conta como fazer.

Como funciona o consórcio de equipamentos?

Você sabe para que serve o consórcio de equipamentos? Nós te contamos como funciona.

Como funciona um plano de aposentadoria através do consórcio

Entenda como funciona um plano de aposentadoria através do consórcio, e fique despreocupado com o futuro.

Como funciona o consórcio náutico?

Entenda de uma vez por todas como funciona o consórcio náutico.
Próximo
1 / 69
Facebook - UP Consórcios
Instagram - UP Consórcios
Twitter - UP Consórcios
Linkedin - UP Consórcios
Youtube - UP Consórcios
Deezer - UP Consórcios
Spotify - UP Consórcios