Voltar
11/2020

É possível investir sem capital imediato?

Sim, é super possível investir sem capital imediato, e não precisamos nem chamar o Harry Potter para fazer mágica. É simples: através do Consórcio

O consórcio trata-se de uma modalidade de crédito para aquisição de bens e serviços, ele é organizado por um grupo, no qual todos os integrantes contribuem com uma quantia definida todo o mês durante certo período, criando uma poupança conjunta. A cada mês, até o final deste período, pessoas são contempladas e recebem o valor necessário  –   definido durante a contemplação –  para comprar o bem desejado.

Como investir sem capital imediato para comprar uma casa?

Diferente do financiamento de imóvel, o consórcio se consolida como uma alternativa interessante para quem não possui recursos para uma compra à vista e  não quer arcar com os juros altos. 

E é aí que entram as vantagens do Consórcio de Imóvel. A questão é: se você quer comprar um imóvel, mas planeja e quer começar a pagar aos poucos - e ainda sem juros e sem entrada - o consórcio de imóvel é perfeito para você. 

Há três perfis principais que estão no topo da lista de adeptos ao consórcio de imóveis:

  1. aqueles que não possuem urgência em se mudar e pretendem planejar a compra;
  2. aqueles que não têm disciplina para poupar o dinheiro que seria destinado à compra de um bem de alto valor
  3. aqueles que já possuem uma grana pra dar de entrada, mas não o suficiente para reduzir os juros do financiamento. 

Há alguns anos, melhor do que ter um carro ou uma casa, era investir o dinheiro para ter rendimento que pagasse o aluguel e ainda pudesse nos remunerar. Tudo isso mudou. Primeiro, vale considerar que brasileiro percebeu que o milagre da multiplicação não existe, principalmente porque hoje é reconhecido que o que mais importa é a segurança e o conforto de um lar. Os hábitos de consumo mudaram (estamos bem mais atentos), assim como nossas prioridades.

Agora, busca-se mais do que nunca estabilidade e conforto. E é neste contexto que, mais uma vez, o consórcio de imóvel é a solução ideal na crise econômica. Afinal, reúne em um único produto: ferramenta de poupança, modalidade de crédito e produto de investimento.

Além disso, o consórcio de imóvel vem sendo conhecido com uma poupança turbinada. Afinal, você começa poupando, mas pode transformar esta poupança em um objetivo realizado a partir da contemplação.

1) O consórcio de Imóvel não cobra juros

Com as taxas de juros elevadas, o financiamento de imóvel se torna uma opção cada vez mais pesada para o bolso do brasileiro. Dando espaço para que o consórcio seja visto como a melhor alternativa de crédito, e não à toa, já que não há cobrança de juros sobre o valor contratado.

Sem dúvidas este é o grande diferencial do consórcio: Juros ZERO! Existe apenas uma taxa administrativa que é diluída no total de parcelas.

2) Menos burocracia

O aumento da inadimplência nesse período de crise intensificou a burocracia e rigor das instituições financeiras no momento de liberar um financiamento. No consórcio é simples, qualquer pessoa pode fazer. Você passa pela análise de crédito somente no momento da contemplação e até lá você pode se organizar para ter o seu nome limpo.

3) As parcelas cabem no seu bolso

No consórcio de imóvel você não precisa ter dinheiro para dar de entrada, o valor total do bem é dividido em parcelas iguais. Antes de optar por essa compra planejada e segura, você pode ainda fazer uma simulação do valor de parcela que quer pagar por mês, sem se preocupar com as taxas de juros.

4) É uma ótima forma de poupar dinheiro

O consórcio é uma ótima solução para preservar seu dinheiro. Isso porque, além de estar investindo em um bem, o valor estará sempre atualizado. A valorização da carta de crédito acompanha o índice de acordo com o segmento contratado: INCC para imóveis e IPCA para auto e serviços. Quando você recebe a carta de crédito, tem o poder de compra à vista do seu bem, possibilitando melhores negociações e economizando ainda mais.

5) Contemplação por lance

Quem deseja antecipar a aquisição do bem, pode optar pelo lance.

Funciona da seguinte forma: até o dia anterior à Assembleia, você pode fazer a oferta do seu lance. 

Para definir o valor do lance, você pode fazer este cálculo pela quantidade de parcelas que deseja quitar da sua carta ou acompanhar os valores ofertados ao longo das assembleias, ofertando um percentual da sua carta de crédito mais competitivo.

Vale lembrar que registrar a oferta do valor antes da assembleia não significa que ele deve ser pago antes do sorteio. Somente após a contemplação, em até 5 dias úteis, que a oferta deve ser paga para a administradora de consórcio.

e-possivel-investir-sem-capital-imediato

Como se planejar para investir no Consórcio?

Não se preocupe, é muito mais fácil do que você imagina. Para ter um planejamento financeiro, e investir no consórcio, pense em 6 passos para você começar a visualizar o seu planejamento:

1. Defina suas prioridades;

2. Liste seus objetivos;

3. Faça um diagnóstico da sua vida financeira;

4. Estabeleça um orçamento pessoal;

5. Invista com sabedoria;

6. Comporte-se.

1) Entenda como funcionam suas finanças pessoais

Cada pessoa possui uma maneira própria de consumir e organizar o seu dinheiro. Enquanto alguns têm facilidade para poupar, outros sempre cedem às compras por impulso e ficam no vermelho antes mesmo do mês acabar. Para montar um bom planejamento financeiro pessoal, é necessário compreender a forma como você lida com o dinheiro e como funcionam suas finanças pessoais. Você gasta mais do que ganha? Tem reserva de emergência? Tem dívidas? São questões importantes neste momento. 

2) Defina seus objetivos financeiros

Após entender suas finanças, é o momento de definir seus objetivos financeiros. Nesta hora, é essencial ser realista. Não adianta estipular o objetivo de juntar R$ 100 mil em um ano se seu salário é de R$ 1 mil, certo? Procure pensar em algo possível de ser alcançado e desmembre o objetivo em metas de curto prazo. Se você quiser formar uma reserva de emergência de R$ 1,2 mil ao final de um ano, comece com a meta de juntar R$ 100 por mês.

3) Anote suas receitas e despesas

Anotar e acompanhar mensalmente suas receitas e despesas é outra dica fundamental para o planejamento financeiro. Quando você sabe quanto ganha, quanto gasta e, principalmente, onde gasta, consegue saber onde é possível e preciso cortar despesas, além de identificar potenciais oportunidades de economia.

4) Compare preços antes de comprar

Comparar preços antes de fazer uma compra é fundamental para evitar que você desperdice dinheiro pagando mais caro por algo, além de evitar as aquisições por impulso. Com a Internet, a tarefa fica muito mais fácil. Basta colocar o produto ou serviço que deseja comprar e ver os melhores preços disponíveis. Fique atento também à reputação da loja. Afinal, não adianta pagar mais barato e comprar em uma empresa que não é confiável.

5) Aprenda a poupar dinheiro

Aprender a poupar dinheiro começa por ter em mente um objetivo muito simples: você precisa gastar menos do que ganha. Pode parecer muito óbvio, mas muitos não conseguem atingir este objetivo dentro de um planejamento financeiro e se perdem. Resultado: ficam sempre no vermelho e precisam recorrer a empréstimos e afins para cobrir os rombos na conta. Aprender a poupar dinheiro exige avaliar as despesas de maneira objetiva, ter metas realistas e, sobretudo, determinação e persistência para mudar hábitos e economizar um pouco a cada mês até atingir seus objetivos financeiros.

6) Aprenda a investir dinheiro

Depois de aprender a poupar o seu dinheiro, é o momento de saber como investir o dinheiro que sobrou. Primeiro, entenda o seu perfil de investidor (conservador, ousado, moderado) e a quantia que tem disponível para investimento. Alinhe estas informações com seus objetivos financeiros e busque investimentos que sejam adequados a sua própria equação. Quem quer ter dinheiro para a aposentadoria pode preferir investimentos de longo prazo. Quem tem pavor de perder dinheiro (eu mesma) pode não se dar bem em um investimento mais arriscado como o mercado de ações, por exemplo.

UP Consórcios é um investimento seguro!

O consórcio é um investimento mais que seguro, do tipo ideal para quem não tem disciplina na hora de economizar. Além disso, é perfeito para quem tem um bom capital em mãos e busca aumentar seu patrimônio a custos baixos.

Diferentemente do que acontece com o financiamento, o consórcio não realiza cobrança de juros. Todas as empresas de consórcio, porém, cobram uma taxa de administração, que a remunera por seus serviços de formação de grupos e entrega das cartas. Esse valor não ultrapassa 20% do total do bem.
No UP Consórcios você encontra as menores parcelas do mercado. Mais que moderno e digital, o UP é um consórcio transparente e o único consórcio sem nenhuma taxa até a contemplação. O melhor de tudo é que ele pode ser contratado online, sem intermediários. 

Simule, compare e compre. E o melhor: sem juros, sem taxas de adesão, fundo reserva e administrativa até a contemplação.

 


Simule seu consórcio agora mesmo!

Simule agora

Outras matérias relacionadas

10/2020

O que é carta contemplada no consórcio?

Entenda o que é Carta Contemplada no Consórcio e a aquisição do seu bem.

10/2020

Como planejar uma viagem em família?

Organizar uma Viagem em Família é necessário, só que, até a viagem mais simples, exige planejamento. Acesse e saiba como planejar uma viagem em família!

10/2020

Como planejar suas finanças para alcançar objetivos em 2021

Saiba como planejar suas finanças para alcançar objetivos em 2021! Clique para ber as dicas para evitar entrar em mais um ano no vermelho.

É possível investir sem capital imediato?

É possível investir sem capital imediato?

Sim, é super possível investir sem capital imediato, e não precisamos nem chamar o Harry Potter para fazer mágica. É simples: através do Consórcio

O consórcio trata-se de uma modalidade de crédito para aquisição de bens e serviços, ele é organizado por um grupo, no qual todos os integrantes contribuem com uma quantia definida todo o mês durante certo período, criando uma poupança conjunta. A cada mês, até o final deste período, pessoas são contempladas e recebem o valor necessário  –   definido durante a contemplação –  para comprar o bem desejado.

Como investir sem capital imediato para comprar uma casa?

Diferente do financiamento de imóvel, o consórcio se consolida como uma alternativa interessante para quem não possui recursos para uma compra à vista e  não quer arcar com os juros altos. 

E é aí que entram as vantagens do Consórcio de Imóvel. A questão é: se você quer comprar um imóvel, mas planeja e quer começar a pagar aos poucos - e ainda sem juros e sem entrada - o consórcio de imóvel é perfeito para você. 

Há três perfis principais que estão no topo da lista de adeptos ao consórcio de imóveis:

  1. aqueles que não possuem urgência em se mudar e pretendem planejar a compra;
  2. aqueles que não têm disciplina para poupar o dinheiro que seria destinado à compra de um bem de alto valor
  3. aqueles que já possuem uma grana pra dar de entrada, mas não o suficiente para reduzir os juros do financiamento. 

Há alguns anos, melhor do que ter um carro ou uma casa, era investir o dinheiro para ter rendimento que pagasse o aluguel e ainda pudesse nos remunerar. Tudo isso mudou. Primeiro, vale considerar que brasileiro percebeu que o milagre da multiplicação não existe, principalmente porque hoje é reconhecido que o que mais importa é a segurança e o conforto de um lar. Os hábitos de consumo mudaram (estamos bem mais atentos), assim como nossas prioridades.

Agora, busca-se mais do que nunca estabilidade e conforto. E é neste contexto que, mais uma vez, o consórcio de imóvel é a solução ideal na crise econômica. Afinal, reúne em um único produto: ferramenta de poupança, modalidade de crédito e produto de investimento.

Além disso, o consórcio de imóvel vem sendo conhecido com uma poupança turbinada. Afinal, você começa poupando, mas pode transformar esta poupança em um objetivo realizado a partir da contemplação.

1) O consórcio de Imóvel não cobra juros

Com as taxas de juros elevadas, o financiamento de imóvel se torna uma opção cada vez mais pesada para o bolso do brasileiro. Dando espaço para que o consórcio seja visto como a melhor alternativa de crédito, e não à toa, já que não há cobrança de juros sobre o valor contratado.

Sem dúvidas este é o grande diferencial do consórcio: Juros ZERO! Existe apenas uma taxa administrativa que é diluída no total de parcelas.

2) Menos burocracia

O aumento da inadimplência nesse período de crise intensificou a burocracia e rigor das instituições financeiras no momento de liberar um financiamento. No consórcio é simples, qualquer pessoa pode fazer. Você passa pela análise de crédito somente no momento da contemplação e até lá você pode se organizar para ter o seu nome limpo.

3) As parcelas cabem no seu bolso

No consórcio de imóvel você não precisa ter dinheiro para dar de entrada, o valor total do bem é dividido em parcelas iguais. Antes de optar por essa compra planejada e segura, você pode ainda fazer uma simulação do valor de parcela que quer pagar por mês, sem se preocupar com as taxas de juros.

4) É uma ótima forma de poupar dinheiro

O consórcio é uma ótima solução para preservar seu dinheiro. Isso porque, além de estar investindo em um bem, o valor estará sempre atualizado. A valorização da carta de crédito acompanha o índice de acordo com o segmento contratado: INCC para imóveis e IPCA para auto e serviços. Quando você recebe a carta de crédito, tem o poder de compra à vista do seu bem, possibilitando melhores negociações e economizando ainda mais.

5) Contemplação por lance

Quem deseja antecipar a aquisição do bem, pode optar pelo lance.

Funciona da seguinte forma: até o dia anterior à Assembleia, você pode fazer a oferta do seu lance. 

Para definir o valor do lance, você pode fazer este cálculo pela quantidade de parcelas que deseja quitar da sua carta ou acompanhar os valores ofertados ao longo das assembleias, ofertando um percentual da sua carta de crédito mais competitivo.

Vale lembrar que registrar a oferta do valor antes da assembleia não significa que ele deve ser pago antes do sorteio. Somente após a contemplação, em até 5 dias úteis, que a oferta deve ser paga para a administradora de consórcio.

e-possivel-investir-sem-capital-imediato

Como se planejar para investir no Consórcio?

Não se preocupe, é muito mais fácil do que você imagina. Para ter um planejamento financeiro, e investir no consórcio, pense em 6 passos para você começar a visualizar o seu planejamento:

1. Defina suas prioridades;

2. Liste seus objetivos;

3. Faça um diagnóstico da sua vida financeira;

4. Estabeleça um orçamento pessoal;

5. Invista com sabedoria;

6. Comporte-se.

1) Entenda como funcionam suas finanças pessoais

Cada pessoa possui uma maneira própria de consumir e organizar o seu dinheiro. Enquanto alguns têm facilidade para poupar, outros sempre cedem às compras por impulso e ficam no vermelho antes mesmo do mês acabar. Para montar um bom planejamento financeiro pessoal, é necessário compreender a forma como você lida com o dinheiro e como funcionam suas finanças pessoais. Você gasta mais do que ganha? Tem reserva de emergência? Tem dívidas? São questões importantes neste momento. 

2) Defina seus objetivos financeiros

Após entender suas finanças, é o momento de definir seus objetivos financeiros. Nesta hora, é essencial ser realista. Não adianta estipular o objetivo de juntar R$ 100 mil em um ano se seu salário é de R$ 1 mil, certo? Procure pensar em algo possível de ser alcançado e desmembre o objetivo em metas de curto prazo. Se você quiser formar uma reserva de emergência de R$ 1,2 mil ao final de um ano, comece com a meta de juntar R$ 100 por mês.

3) Anote suas receitas e despesas

Anotar e acompanhar mensalmente suas receitas e despesas é outra dica fundamental para o planejamento financeiro. Quando você sabe quanto ganha, quanto gasta e, principalmente, onde gasta, consegue saber onde é possível e preciso cortar despesas, além de identificar potenciais oportunidades de economia.

4) Compare preços antes de comprar

Comparar preços antes de fazer uma compra é fundamental para evitar que você desperdice dinheiro pagando mais caro por algo, além de evitar as aquisições por impulso. Com a Internet, a tarefa fica muito mais fácil. Basta colocar o produto ou serviço que deseja comprar e ver os melhores preços disponíveis. Fique atento também à reputação da loja. Afinal, não adianta pagar mais barato e comprar em uma empresa que não é confiável.

5) Aprenda a poupar dinheiro

Aprender a poupar dinheiro começa por ter em mente um objetivo muito simples: você precisa gastar menos do que ganha. Pode parecer muito óbvio, mas muitos não conseguem atingir este objetivo dentro de um planejamento financeiro e se perdem. Resultado: ficam sempre no vermelho e precisam recorrer a empréstimos e afins para cobrir os rombos na conta. Aprender a poupar dinheiro exige avaliar as despesas de maneira objetiva, ter metas realistas e, sobretudo, determinação e persistência para mudar hábitos e economizar um pouco a cada mês até atingir seus objetivos financeiros.

6) Aprenda a investir dinheiro

Depois de aprender a poupar o seu dinheiro, é o momento de saber como investir o dinheiro que sobrou. Primeiro, entenda o seu perfil de investidor (conservador, ousado, moderado) e a quantia que tem disponível para investimento. Alinhe estas informações com seus objetivos financeiros e busque investimentos que sejam adequados a sua própria equação. Quem quer ter dinheiro para a aposentadoria pode preferir investimentos de longo prazo. Quem tem pavor de perder dinheiro (eu mesma) pode não se dar bem em um investimento mais arriscado como o mercado de ações, por exemplo.

UP Consórcios é um investimento seguro!

O consórcio é um investimento mais que seguro, do tipo ideal para quem não tem disciplina na hora de economizar. Além disso, é perfeito para quem tem um bom capital em mãos e busca aumentar seu patrimônio a custos baixos.

Diferentemente do que acontece com o financiamento, o consórcio não realiza cobrança de juros. Todas as empresas de consórcio, porém, cobram uma taxa de administração, que a remunera por seus serviços de formação de grupos e entrega das cartas. Esse valor não ultrapassa 20% do total do bem.
No UP Consórcios você encontra as menores parcelas do mercado. Mais que moderno e digital, o UP é um consórcio transparente e o único consórcio sem nenhuma taxa até a contemplação. O melhor de tudo é que ele pode ser contratado online, sem intermediários. 

Simule, compare e compre. E o melhor: sem juros, sem taxas de adesão, fundo reserva e administrativa até a contemplação.

 


Últimas Postagens

Guia sobre o Consórcio Imobiliário

Tudo o que você precisa saber sobre consórcio imobiliário.

Quer pagar sua Cirurgia Plástica aos poucos e todo mês? Saiba como!

Quer fazer sua cirurgia plástica, mas não tem o valor e nem crédito? Com consórcio você pode pagar todos os meses com parcelas que cabem no seu bolso.

Como funciona o processo de Descontemplação da carta de crédito

Existe a opção de descontemplação de crédito? Sim, existe. E te explicamos como funciona.

Estou desempregado! Posso fazer um consórcio de imóvel?

Com a situação atual, muitas pessoas acabaram se vendo numa situação de desemprego. A pergunta é: ainda assim posso fazer um consórcio de imóvel?

Dicas para ganhar dinheiro sem sair de casa

Nada melhor do que ganhar dinheiro sem sair de casa, não é mesmo? Te damos algumas dicas de como conseguir multiplicar a renda.

O que é Criolipólise? Conheça o tratamento de beleza mais procurado no Brasil

Conhece o procedimento não invasivo que pode te ajudar a ter o corpo dos sonhos? Entenda o que é Criolipóse.
Próximo
1 / 60
Facebook - UP Consórcios
Instagram - UP Consórcios
Twitter - UP Consórcios
Linkedin - UP Consórcios
Youtube - UP Consórcios
Deezer - UP Consórcios
Spotify - UP Consórcios