Voltar
12/2020

Estou desempregado! Posso fazer um consórcio de imóvel?

O principal objetivo de quem escolhe fazer consórcio é obter aprovação da carta contemplada. Quem está desempregado consegue fazer um consórcio de imóvel?

SIM! E sabe por que? Porque o consórcio de imóvel pode ser feito por qualquer interessado, desde que essa pessoa consiga  manter os pagamentos em dia para participar das assembleias

Também será necessário passar por procedimentos de análise para receber a carta de crédito quando for contemplado, algo que está nas regras de muitas administrados. 

Estamos em uma crise profunda, do tipo salve-se quem puder? Não! Nós do UP entendemos que é natural que muitas pessoas entrem em dívidas, porém, isso não se torna um empecilho para fazer um consórcio. Vamos mostrar a face mais linda do consórcio: aquela que  dá oportunidade para você seguir com suas conquistas, apesar dos efeitos da crise econômica. 

Estou desempregado! Posso um consórcio de imóvel?

A visão é a seguinte: o consórcio é democrático, xuxuzinho, e oferece tudo que a gente precisa.  Ele por si só já é uma maneira de poupar em grupo para realizar uma compra planejada, seja de um bem ou serviço. Ao final de um consórcio de imóveis, por exemplo, todos os participantes têm o crédito necessário, disponibilizado em uma carta para compra do bem. Quando é contemplado, o consorciado parte para a aquisição de um imóvel.

O consórcio é mais humano, fala sério! Todos que participam do consórcio devem pagar uma mensalidade, sem juros (real oficial), referente ao crédito que será acumulado. Aqueles que estão com os pagamentos em dia podem participar da assembleia e dos sorteios de contemplação, que acontecem todo mês.

Nela, a pessoa sorteada recebe a carta de crédito naquele mês e assim sucessivamente, até que todos do grupo sejam contemplados. Porém, quem atrasa os pagamentos pode ficar de fora da assembleia e, como consequência, dos sorteios. Portanto, o mais importante de tudo é avaliar sua capacidade de pagamento antes de entrar em um consórcio. Do contrário, ficará de fora dos sorteios.

Não queremos que você desista da conquista da casa própria por nenhum motivo! 

Mas afinal, posso participar das assembleias mesmo desempregado?

Sim! Mesmo que você esteja negativado, desempregado, no vermelho, poderá participar normalmente das assembleias (faça isso!), desde que as mensalidades estejam em dia. Ou seja, o mais importante, como já falamos acima, é estar com o seu pagamento em dia — quem atrasa mais as parcelas não participa do sorteio de contemplação.

Entretanto, se você está com restrição no nome, pode ser que tenha que apresentar um comprovante de renda ou contar com a ajuda de um devedor solidário (que garanta o pagamento naquele mês que as contas apertaram) antes de obter aprovação da carta contemplada para conseguir realizar a compra de determinado bem (que que cê tá querendo, diz aí: carro, casa?) ou a contratação do serviço (aquela eurotrip, intercâmbio, festa de casamento…). Se isso acontecer, o departamento de finanças da administradora de consórcio está pronto para te auxiliar da melhor forma. 

Para que a carta de crédito seja aprovada, é feita uma análise que leva em conta também o histórico do consumidor e suas dívidas. Diante disso, fazer consórcio com restrição no nome pode atrapalhar o recebimento da carta de crédito. Mas tudo é planejamento, e você pode terminar o consórcio com o nome limpo, certo? Essa é a ideia do consórcio, você conseguir investir dentro das suas condições! 

estou-desempregado-posso-fazer-um-consorcio-de-imovel

Como se planejar para pagar o consórcio de imóvel em dia

Ao fazer consórcio com restrição no nome não esqueça que as parcelas devem ser pagas até o vencimento para participar das assembleias e obter aprovação da carta contemplada. Melhor, para que nada fique comprometido de forma alguma, independentemente das condições do seu CPF. Até porque essas pendências podem ser resolvidas antes de você ser contemplado, como já disse acima. 

Se durante o consórcio sua situação ficar ainda mais apertada, é possível tentar renegociar com a administradora o valor da carta de crédito. E assim, você pode ter uma redução no valor das parcelas mensais.

Por outro lado, está sentindo que não vai dar realmente para pagar as mensalidades do consórcio? Você pode repassar a cota do consórcio para outra pessoa. Entretanto, nessa situação também vale consultar a administradora para se informar sobre as condições. Afinal, cada empresa tem suas próprias regras. 

Organize as dívidas sem se preocupar

Não é para se preocupar mais, ok? Durma tranquilo. Você pode fazer um consórcio mesmo que esteja com restrição no nome. Pois, seu crédito não será analisado enquanto você não for contemplado. O fundamental é que você mantenha seus pagamentos em dia e tente lidar com as demais despesas da melhor maneira possível.

Entretanto, vale destacar que por mais que você esteja com dívidas, cancelar um consórcio no meio nunca é a opção mais interessante. Até porque o valor não é devolvido imediatamente e há a cobrança de multas. 

Se estiver com nome sujo, organize para limpar seu nome: o consórcio te apoia nisso!

Para limpar o nome, ser aprovado em análises de crédito e ter uma vida mais tranquila, é fundamental seguir alguns passos básicos de educação financeira. O primeiro passo é conhecer todos os seus débitos, ou seja, saber onde e o que está devendo. Faça essa lista facilmente na internet. Feito isso, você vai precisar organizar as finanças: cortar gastos desnecessários e planejar o que será pago de maneira mais rápida.

Você pode entrar em contato com as empresas credoras e tentar fazer uma negociação dos débitos. É bem provável que uma proposta seja passada para que esse pagamento seja quitado. Negocie bem e se prepare para começar a pagar — pode ser que leve alguns meses, porém com disciplina e controle sobre o dinheiro você consegue tirar seu nome da restrição.

Poupar todos os meses

Poupar dinheiro é poupar paciência, poupar sua sanidade mental. Quando seu nome estiver limpo, com saldo positivo, que tal criar o hábito de poupar todos os meses? Comece assim que possível, mesmo que seja uma pequena quantia. Todo o dinheiro que você poupar pode se tornar uma reserva de emergência para que no próximo desafio financeiro você não fique, mais uma vez, com o nome sujo. Você pode aplicar sua poupança no consórcio e triplicar seus bens! Mas esse é assunto para outro dia. 

Para concluir, o que importa é que é possível sim fazer consórcio com restrição no nome. Mas se não houver o pagamento das parcelas do consórcio, ou seja, se elas não estiverem em dia, lembre-se de que você ficará impedido de participar das assembleias e sorteios mensais. Ou seja: não poderá obter aprovação da carta contemplada até que os pagamentos estejam atualizados.

O importante é: emergências financeiras acontecem. Mas é fundamental assumir uma responsabilidade como um consórcio, levando em consideração todas as condições contratadas. Faça simulação de consórcio aqui no UP e se prepare para tirar os planos do papel com total segurança e tranquilidade! 




Simule seu consórcio agora mesmo!

Simule agora

Outras matérias relacionadas

12/2020

Com o Consórcio de Viagem você vai chegar no país que quiser!

Já pensou em fazer uma viagem mas nunca conseguiu guardar dinheiro para isso? Conheça o Consórcio de Viagem do UP e faça a viagem que você sempre quis!

12/2020

Como planejar uma viagem em família?

Organizar uma Viagem em Família é necessário, só que, até a viagem mais simples, exige planejamento. Acesse e saiba como planejar uma viagem em família!

12/2020

Entenda por que investir em consórcio de imóvel é muito mais seguro

Você já sabe o que fazer para investir em consórcio de imóvel? Te mostramos que é possível!

Estou desempregado! Posso fazer um consórcio de imóvel?

Estou desempregado! Posso fazer um consórcio de imóvel?

O principal objetivo de quem escolhe fazer consórcio é obter aprovação da carta contemplada. Quem está desempregado consegue fazer um consórcio de imóvel?

SIM! E sabe por que? Porque o consórcio de imóvel pode ser feito por qualquer interessado, desde que essa pessoa consiga  manter os pagamentos em dia para participar das assembleias

Também será necessário passar por procedimentos de análise para receber a carta de crédito quando for contemplado, algo que está nas regras de muitas administrados. 

Estamos em uma crise profunda, do tipo salve-se quem puder? Não! Nós do UP entendemos que é natural que muitas pessoas entrem em dívidas, porém, isso não se torna um empecilho para fazer um consórcio. Vamos mostrar a face mais linda do consórcio: aquela que  dá oportunidade para você seguir com suas conquistas, apesar dos efeitos da crise econômica. 

Estou desempregado! Posso um consórcio de imóvel?

A visão é a seguinte: o consórcio é democrático, xuxuzinho, e oferece tudo que a gente precisa.  Ele por si só já é uma maneira de poupar em grupo para realizar uma compra planejada, seja de um bem ou serviço. Ao final de um consórcio de imóveis, por exemplo, todos os participantes têm o crédito necessário, disponibilizado em uma carta para compra do bem. Quando é contemplado, o consorciado parte para a aquisição de um imóvel.

O consórcio é mais humano, fala sério! Todos que participam do consórcio devem pagar uma mensalidade, sem juros (real oficial), referente ao crédito que será acumulado. Aqueles que estão com os pagamentos em dia podem participar da assembleia e dos sorteios de contemplação, que acontecem todo mês.

Nela, a pessoa sorteada recebe a carta de crédito naquele mês e assim sucessivamente, até que todos do grupo sejam contemplados. Porém, quem atrasa os pagamentos pode ficar de fora da assembleia e, como consequência, dos sorteios. Portanto, o mais importante de tudo é avaliar sua capacidade de pagamento antes de entrar em um consórcio. Do contrário, ficará de fora dos sorteios.

Não queremos que você desista da conquista da casa própria por nenhum motivo! 

Mas afinal, posso participar das assembleias mesmo desempregado?

Sim! Mesmo que você esteja negativado, desempregado, no vermelho, poderá participar normalmente das assembleias (faça isso!), desde que as mensalidades estejam em dia. Ou seja, o mais importante, como já falamos acima, é estar com o seu pagamento em dia — quem atrasa mais as parcelas não participa do sorteio de contemplação.

Entretanto, se você está com restrição no nome, pode ser que tenha que apresentar um comprovante de renda ou contar com a ajuda de um devedor solidário (que garanta o pagamento naquele mês que as contas apertaram) antes de obter aprovação da carta contemplada para conseguir realizar a compra de determinado bem (que que cê tá querendo, diz aí: carro, casa?) ou a contratação do serviço (aquela eurotrip, intercâmbio, festa de casamento…). Se isso acontecer, o departamento de finanças da administradora de consórcio está pronto para te auxiliar da melhor forma. 

Para que a carta de crédito seja aprovada, é feita uma análise que leva em conta também o histórico do consumidor e suas dívidas. Diante disso, fazer consórcio com restrição no nome pode atrapalhar o recebimento da carta de crédito. Mas tudo é planejamento, e você pode terminar o consórcio com o nome limpo, certo? Essa é a ideia do consórcio, você conseguir investir dentro das suas condições! 

estou-desempregado-posso-fazer-um-consorcio-de-imovel

Como se planejar para pagar o consórcio de imóvel em dia

Ao fazer consórcio com restrição no nome não esqueça que as parcelas devem ser pagas até o vencimento para participar das assembleias e obter aprovação da carta contemplada. Melhor, para que nada fique comprometido de forma alguma, independentemente das condições do seu CPF. Até porque essas pendências podem ser resolvidas antes de você ser contemplado, como já disse acima. 

Se durante o consórcio sua situação ficar ainda mais apertada, é possível tentar renegociar com a administradora o valor da carta de crédito. E assim, você pode ter uma redução no valor das parcelas mensais.

Por outro lado, está sentindo que não vai dar realmente para pagar as mensalidades do consórcio? Você pode repassar a cota do consórcio para outra pessoa. Entretanto, nessa situação também vale consultar a administradora para se informar sobre as condições. Afinal, cada empresa tem suas próprias regras. 

Organize as dívidas sem se preocupar

Não é para se preocupar mais, ok? Durma tranquilo. Você pode fazer um consórcio mesmo que esteja com restrição no nome. Pois, seu crédito não será analisado enquanto você não for contemplado. O fundamental é que você mantenha seus pagamentos em dia e tente lidar com as demais despesas da melhor maneira possível.

Entretanto, vale destacar que por mais que você esteja com dívidas, cancelar um consórcio no meio nunca é a opção mais interessante. Até porque o valor não é devolvido imediatamente e há a cobrança de multas. 

Se estiver com nome sujo, organize para limpar seu nome: o consórcio te apoia nisso!

Para limpar o nome, ser aprovado em análises de crédito e ter uma vida mais tranquila, é fundamental seguir alguns passos básicos de educação financeira. O primeiro passo é conhecer todos os seus débitos, ou seja, saber onde e o que está devendo. Faça essa lista facilmente na internet. Feito isso, você vai precisar organizar as finanças: cortar gastos desnecessários e planejar o que será pago de maneira mais rápida.

Você pode entrar em contato com as empresas credoras e tentar fazer uma negociação dos débitos. É bem provável que uma proposta seja passada para que esse pagamento seja quitado. Negocie bem e se prepare para começar a pagar — pode ser que leve alguns meses, porém com disciplina e controle sobre o dinheiro você consegue tirar seu nome da restrição.

Poupar todos os meses

Poupar dinheiro é poupar paciência, poupar sua sanidade mental. Quando seu nome estiver limpo, com saldo positivo, que tal criar o hábito de poupar todos os meses? Comece assim que possível, mesmo que seja uma pequena quantia. Todo o dinheiro que você poupar pode se tornar uma reserva de emergência para que no próximo desafio financeiro você não fique, mais uma vez, com o nome sujo. Você pode aplicar sua poupança no consórcio e triplicar seus bens! Mas esse é assunto para outro dia. 

Para concluir, o que importa é que é possível sim fazer consórcio com restrição no nome. Mas se não houver o pagamento das parcelas do consórcio, ou seja, se elas não estiverem em dia, lembre-se de que você ficará impedido de participar das assembleias e sorteios mensais. Ou seja: não poderá obter aprovação da carta contemplada até que os pagamentos estejam atualizados.

O importante é: emergências financeiras acontecem. Mas é fundamental assumir uma responsabilidade como um consórcio, levando em consideração todas as condições contratadas. Faça simulação de consórcio aqui no UP e se prepare para tirar os planos do papel com total segurança e tranquilidade! 




Últimas Postagens

Qual é a importância do Consórcio na Crise Econômica?

O momento não tá fácil, por isso te mostraremos a importância do consórcio na crise econômica.

Conheça os melhores carros populares do momento!

Saibas quais são os carros populares do momento. Com certeza você gostaria de ter um desses.

Como comprar imóvel na praia (sem entrada e juros!!!)

Está pensando em comprar um imóvel na praia? Maravilha! A gente te conta como fazer.

Como funciona o consórcio de equipamentos?

Você sabe para que serve o consórcio de equipamentos? Nós te contamos como funciona.

Como funciona um plano de aposentadoria através do consórcio

Entenda como funciona um plano de aposentadoria através do consórcio, e fique despreocupado com o futuro.

Como funciona o consórcio náutico?

Entenda de uma vez por todas como funciona o consórcio náutico.
Próximo
1 / 69
Facebook - UP Consórcios
Instagram - UP Consórcios
Twitter - UP Consórcios
Linkedin - UP Consórcios
Youtube - UP Consórcios
Deezer - UP Consórcios
Spotify - UP Consórcios